O referido serviço se faz de forma deficitária a longos anos, não havendo nenhum ato concreto de melhoria por parte da gestão pública da Secretaria de Saúde em mudar tal quadro.

 Marcos Venicios

O médico Paulo Henrique Valadares, 54 anos, foi a Delegacia de Polícia da 1ª Regional registrar um Boletim de Ocorrência na manhã deste domingo, 23, devido o único aparelho de endoscopia do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb) está quebrado, ao apresentar falhas na captura de imagens, impossibilitando a realização de exames de pacientes.

De acordo com  B.O registrado, a situação do Huerb é tão crítica, que existe deficiência na manutenção técnica do aparelho, bem como o fornecimento de insumos  necessário para o pleno funcionamento. O referido serviço se faz de forma deficitária a longos anos, não havendo nenhum ato concreto de melhoria por parte da gestão pública da Secretaria de Saúde em mudar tal quadro.

“O descaso crônico com do referido serviço não só compromete a qualidade técnica dos exames e procedimentos como também aumenta o risco de intercorrências envolvendo os usuários e fragiliza a equipe técnica do ponto de vista profissional e legal”, aponta trecho da denúncia registrada na Delegacia.

_________

O profissional da saúde relata ainda que a falta deste serviço põe em risco de morte dezenas de pacientes da Unidade Hospitalar.

_________

A reportagem tentou contato com a Secretaria de Saúde, por meio de sua assessoria, mas não obteve retorno. O espaço fica aberto para as devidas manifestações.

Comentários