fbpx
Conecte-se conosco

Geral

Idoso tenta passar com carro em alagação e é amarrado para não ser levado pela correnteza

Publicado

em

O representante comercial Jair Silva, de 35 anos, levou um susto hoje pela manhã ao receber uma ligação avisando que seu pai estava agarrado a um poste de energia na tentativa de não ser arrastado pela forte correnteza do Igarapé São Francisco, que transbordou inundando a Avenida Getúlio Vargas, em Rio Branco.

Segundo informações de Jair, o idoso achou que conseguiria trafegar pela avenida, que está alagada, e acabou boiando na correnteza. Não restando outra alternativa, o homem pulou do interior do veículo e se agarrou ao único ponto que não flutuava no local; um poste de energia.

Funcionários do Instituto de Educação Lourenço Filho flagraram o desespero do homem que, mesmo agarrado ao poste, tinha dificuldade para se segurar diante da correnteza. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas diante da demora, uma mulher que a reportagem não conseguiu identificar pulou na água e amarrou a vítima ao poste até que ele fosse retirado de lá. Mais tarde, com o pai já em segurança, Joel diz ter levado 40 minutos para conseguir amarrar o carro também ao poste.

Já durante a tarde, voluntários com cordas, e carros altos ajudaram na retirada do veículo.

Veja o vídeo:

 

Comentários

Continue lendo

Geral

Procedente: Empresário é condenado no Acre Por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro

Publicado

em

O empresário Eliezer de Souza Brito, preso pela Polícia Federal durante a operação “ Tricoat”, foi condenado a mais de 40 anos de prisão.

A decisão foi do Juiz da Vara de Delitos de Organizações Criminosas da Comarca de Rio Branco.

“Varão”, como é mais conhecido, foi considerado culpados  pelos crimes de tráfico interestadual de drogas e lavagem de dinheiro por 11 vezes, por meio da prática de pulverização de valores em ilícitos em contas de pessoas físicas, ou seja, o réu depositava dinheiro oriundo do tráfico de drogas em contas de terceiros, para dificultar a investigação.

A soma das penas totalizou 40 anos 9 meses e 27 dias de prisão. O regime da pena é o fechado.

O empresário foi preso em abril do ano passado durante a 2ª fase da Operação “Tricoat”, deflagrada pela Polícia Federal.

A ação, que apurava os crimes de tráfico interestadual de drogas e lavagem de dinheiro, ocorreu no Acre e também em outros seis estados.

A investigação, que começou em 2022, apontou um esquema de envio de drogas via terrestre para seis estado, principalmente da região nordeste.

Na época, a Policia Federal cumpriu  24 mandados de busca e apreensão e dois de prisão preventiva.

Para lavar os valores provenientes dos crimes, Eliezer, segundo a denúncia, utilizava um comercio aqui da capital e simulava o funcionamento regular do estabelecimento para justificar o dinheiro e bens obtidos com o lucro do tráfico de drogas.

Três dias após  a operação ser realizada, um advogado que teria tentando extorquir o empresário  foi preso.

Um estagiário da Vara de Delitos de Organizações Criminosas, que vazou a informação da prisão de Eliezer  para o advogado, também chegou a ser preso pela Polícia Federal.

A defesa do empresário ainda pode recorrer da decisão.

Comentários

Continue lendo

Geral

PF deflagra a Operação Fake Money para apurar crime de moeda falsa

Publicado

em

Na ação, mais de R$ 19 mil em cédulas falsas foram apreendidas

Na ação, mais de R$ 19 mil em cédulas falsas foram apreendidas

Nesta terça-feira (11/6), a Polícia Federal deflagrou, a Operação Fake Money para apurar crime de moeda falsa. Na ação, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, expedidos pela 7º Vara Federal de Porto Velho, em desfavor de pessoas envolvidas na negociação de notas falsas.

A ação conjunta com a Coordenação de Seguranças dos Correios resultou, além do cumprimento dos mandados, na apreensão de R$ 19 mil em cédulas falsas.

As investigações tiveram início após a prisão em flagrante, no dia 30/4, de um homem que encomendou R$ 1 mil em dinheiro falso. Na apuração, ficou demonstrado que houve a participação de outros suspeitos e que a origem das notas era de outro estado da federação.

Diante dos fatos, os suspeitos poderão responder pelo crime contra a fé pública, na modalidade de adquirir moeda falsa.

Comentários

Continue lendo

Geral

Estudantes de Direito da (UAP/Cobija), visitam Polícia Civil do Acre para entender atuação da Polícia Judiciária Brasileira

Publicado

em

“Somos países vizinhos e irmãos, e essa proximidade permite que novos horizontes se abram para nossos acadêmicos da UAP Cobija/Pando/Bolívia.

Os estudantes foram recepcionados pelo delegado titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Alcino Ferreira Júnior, que apresentou os fluxos de atuação da PCAC. Durante a visita, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer de perto as atividades de delegados, escrivães e agentes de polícia, com a esperança de que essa experiência os inspire a se tornarem futuros investigadores de polícia ou promotores em seu país de origem.

O delegado Alcino Ferreira ministrou uma palestra explicativa detalhando os diversos trabalhos desenvolvidos pela instituição. Além disso, foi exibido um vídeo ilustrando a atuação da PCAC, oferecendo uma visão abrangente e detalhada das operações policiais.

O vice-reitor da UAP, destacou a importância fundamental desta visita técnica para os acadêmicos, ressaltando a troca de experiências como um componente crucial para o aprendizado dos estudantes de direito. “Somos países vizinhos e irmão”. Foto: assessoria

“Esta iniciativa demonstra o compromisso da PCAC com a educação e a formação de futuros profissionais da justiça, fortalecendo os laços entre Brasil e Bolívia através de intercâmbios acadêmicos e experiências práticas”, disse Alcino Ferreira Júnior.

Oscar Felipe, vice-reitor da UAP, destacou a importância fundamental desta visita técnica para os acadêmicos, ressaltando a troca de experiências como um componente crucial para o aprendizado dos estudantes de direito. “Somos países vizinhos e irmãos, e essa proximidade permite que novos horizontes se abram para esses estudantes. Somos gratos ao pelo delegado-geral Dr. Henrique Maciel, facilitou a visita, abrindo as portas da DEIC para os acadêmicos da UAP”, concluiu.

Durante a visita, os alunos tiveram a oportunidade de conhecer de perto as atividades de delegados

Comentários

Continue lendo