Conecte-se conosco

Acre

Idosa de 65 anos morre após dar entrada em hospital do AC com lesão na cabeça e polícia investiga

Publicado

em

Idosa estava na zona rural com o marido e foi atendida pelos bombeiros. Corpo deve passar por necrópsia.

A Polícia Civil está investigando a morte de Maria das Dores Saraiva, de 65 anos, que ocorreu na segunda-feira (14) em Sena Madureira, no interior do Acre. A idosa foi levada ao hospital João Câncio após ser resgatada na zona rural.

De acordo com a polícia, o marido da mulher chamou o resgate após ela começar a passar mal na colônia onde estavam. Com isso, ela chegou ao hospital com os bombeiros, que foram até o ramal 40 para transportar a mulher.

Ela chegou na unidade pela manhã e morreu à tarde. No entanto, o médico legista da cidade constatou que ela estava com uma lesão na cabeça e alguns hematomas no corpo. Por conta disso, o delegado pediu que o corpo fosse levado para o Instituto Médico Legal (IML) para passar por uma necrópsia.

A Polícia Civil chegou a ouvir o marido, que contou que os dois chegaram a ter um desentendimento, mas que depois ficou tudo bem. Porém, o homem disse não lembrar de alguns detalhes porque estava sob o efeito de bebida alcoólica. “Estamos aguardando o resultado pra saber a causa da morte”, resumiu o delegado Leonardo Ribeiro, que está à frente do caso.

O resgate

 

Como o local é de difícil acesso, os bombeiros foram acionados para resgatar a idosa. Os cabos Arlys Diniz e Costa foram até o ramal e foram informados, no primeiro momento, que a mulher estaria passando mal por problemas de pressão.

“O que foi repassado é que era uma senhora que estava passando mal na zona rural do município. Chegamos ao local e o esposo dela já estava descendo a escada com ela consciente ainda, mas com um boné na cabeça. Aferi a pressão dela, que estava muito baixa e o esposo foi dando apoio à ela durante todo o percurso e sempre a gente conversando para que ela não dormisse”, conta.

O cabo contou ainda que todo o atendimento durou quase 3 horas, entre ir até o local e levá-la ao hospital, onde chegou consciente e conversando.

Comentários

Acre

Viatura capota na estrada com dois PMs que saiam do plantão

Publicado

em

Na manhã deste sábado, 26, dois policiais militares acabaram se envolvendo em um acidente na rodovia AC-40 em Senador Guiomard.

De acordo com informações repassadas à reportagem do ac24horas, os dois estavam de plantão na barreira entre a divisa de Plácido de Castro com a Bolívia, desde às 19 horas da noite de sexta-feira, 25. Após o plantão, os PMs voltavam para o município de Senador Guiomard quando acabaram capotando a viatura na estrada.

Uma outra equipe da Polícia Militar prestou socorro e encaminhou os militares – sargento Nunes e soldado Freitas ao hospital de Senador Guiomard, no interior do Acre, onde passam por exames de imagem.

Contudo, apesar do susto, os militares se encontram em estado de saúde estável.

Comentários

Continue lendo

Acre

Saúde do Estado realizou mais de 10 mil procedimentos voltados às pessoas com autismo no Acre

Publicado

em

A marca superior a 10 mil procedimentos voltados à pessoa com deficiência intelectual, com ênfase no Transtorno do Espectro Autista (TEA), é mais uma conquista do governo do Acre. O projeto inovador da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) levou assistência médica especializada para menores como Luiz Miguel da Silva, de 5 anos. O jovem foi acompanhado, na manhã desta sexta-feira, 25, em Cruzeiro do Sul, na edição que marca o encerramento do empreendimento que trouxe dignidade e mais qualidade de vida aos acreanos.

Mais de 10 mil procedimentos voltados à pessoa com autismo foram realizados no Acre, em 2022. Foto: Marcos Santos/Secom

“A falta de conhecimento nos leva a não saber lidar com esse transtorno. Essa porta que o governo abriu nos enche de esperança. Creio que, a partir de agora, o nosso dia a dia vai melhorar”, pontuou a mãe de Luiz Miguel, Ana Carolina Silva, ao ouvir do especialista o diagnóstico sobre os transtornos que afetam o desenvolvimento e o comportamento do filho.

De abril a novembro deste ano, a equipe multiprofissional, formada por pediatra, neuropediatra, geneticista especialista em saúde da família, neuropsicólogo, terapeuta ocupacional, fonoaudiólogo, nutricionista, enfermeiro e assistente social realizou 1.617 consultas médicas, 2.017 avaliações e 10.880 procedimentos em dez dos vinte e dois municípios do estado.

O projeto levou dignidade a crianças de dez dos vinte e dois municípios acreanos. Foto: Marcos Santos/Secom

Os números refletem a dedicação e o compromisso da gestão estadual em melhorar a vida dos acreanos. “A população é grata e sempre elogia o projeto, fruto de muito esforço da equipe da Sesacre, da secretária Paula Mariano e do governador Gladson Cameli.  Atendemos in loco e, com isso, facilitamos a vida de pessoas que teriam que se deslocar para outra região em busca de ajuda. Para que o benefício contemple mais pessoas, o governo planeja dar continuidade aos serviços nos próximos anos”, informou Catiana Rodrigues, coordenadora regional da Sesacre.

Parte da equipe que compõe o Saúde Itinerante Especializado. O programa possibilita aos acreanos assistência médica gratuita e bem pertinho de casa. Foto: Marcos Santos/Secom

A iniciativa contou com parceria das prefeituras municipais.

Comentários

Continue lendo

Acre

Saúde realiza encontro de encerramento da programação do Novembro Roxo

Publicado

em

O contato pele a pele é algo inerente e necessário ao ser humano, o toque, o calor humano se faz importante principalmente para os recém-nascidos, em especial os prematuros. Abordando esta temática, encerrou-se nesta sexta-feira, 25, a programação de atividades alusivas ao Novembro Roxo, de combate à prematuridade.

Encontro reuniu funcionários e mães do método cangurú. Foto: cedida

O encontro, que reuniu mamães e servidores da Maternidade Bárbara Heliodora, foi realizado no auditório da unidade.

“Fizemos uma pequena celebração para homenagear os nossos servidores, agradecer todo o empenho, bem como uma conversa com as mães do método canguru e amostra dos resultados de trabalho na unidade de terapia intensiva neonatal”, relatou a gerente do Sistema Assistência à Saúde da Mulher e da Criança (Sasmc), Laura Pontes.

Além disso, o evento contou com a convidada da Universidade Federal do Acre (Ufac), Cláudia Pinto, que abordou os efeitos fisiológicos durante o contato pele a pele.

“Nós sabemos dos benefícios adquiridos quando a criança tem o contato pele a pele com os pais e, principalmente, quando chega na fase canguru ele ganha peso rápido, a parte emocional fica elaborada. São diversos os benefícios”, destacou Laura Pontes.

Comentários

Continue lendo

Em alta