Uma moradora do município de Epitaciolândia que pediu para não ser identificada por enquanto, foi vítima de um golpe após descobrir que teve seu CPF foi clonado e teve o seu Auxílio Federal invadido.

Segunda a titular, ainda chegou a receber a primeira parcela no mês de maio passado, mas, quando tentou acessar o aplicativo, acusava que o seu CPF já havia sido cadastrado e não conseguia acessar.

A partir daí começou vários contatos com a Caixa através do aplicativo e não conseguia um retorno satisfatório através dos atendentes. Após inúmeras tentativas com atualização e sem obter resultado, a titular se dirigiu até a agencia da Caixa em Brasiléia para buscar alguma solução.

Para sua surpresa, descobriu que alguém teria cadastrado o seu CPF e com a senha criada, estava acessando e fez dois pagamentos de boletos no valor de quase R$ 600 reais. Comprovando que havia alguém aplicando um golpe, a conta foi bloqueada.

Beneficiária procurou agência em Brasiléia e descobriu que foi vítima de golpistas.

Uma queixa foi registrada na Polícia Federal pelo banco, para rastrear e tentar identificar e prender os golpistas. A mulher que é mãe e cuida sozinha de filhos, lamentou o episódio, pois, está desempregada e o auxílio vem ajudando no sustento da casa.

Em tempo, as autoridades vêm trabalhando outros casos onde pessoas estão cobrando taxas para realizar transações no auxilio emergencial em nome de outras pessoas sem procuração. Tal atividade é considerada ilegal e o fato pode ser denunciado através do número 190.

Comentários