Katiusia foi socorrida por familiares e levada em carro particular ao hospital de Brasiléia - Foto: Alexandre Lima
Katiusia foi socorrida por familiares e levada em carro particular ao hospital de Brasiléia – Foto: Alexandre Lima

Acidente entre moto deixa mulher ferida e foi socorrida em carro particular

Alexandre Lima

Um acidente envolvendo duas motos próximo ao meio-dia desta segunda-feira (2), deixou uma mulher ferida na perna esquerda, sem gravidade. Segundo Weliton Campos Siqueira, o condutor da moto modelo Honda, placa DVG5883, trafegava pela Avenida Rolando Moreira, quando resolveu virar à esquerda dando sinal.

Neste momento, vinha no mesmo sentido rumo à ponte, pilotando uma moto modelo Kingo placa boliviana, NF 1656, Katiusia Costa, que tentava ultrapassar pelo lado esquerdo, indo de encontro à moto que estava na frente.

Mulher ficou por longos minutos no chão quente a espera de uma ambulância que não chegou - Foto: Alexandre Lima
Mulher ficou por longos minutos no chão quente a espera de uma ambulância que não chegou – Foto: Alexandre Lima

Sem poder evitar o choque, Katiusia caiu no asfalto sentindo dores na perna. Pessoas que presenciaram o acidente, tentaram ligar por muitas vezes ao hospital, Bombeiros e UPA de Epitaciolândia, pedir que uma ambulância fosse até o local para resgatar a mulher.

Por longos minutos, a mulher ficou caída no asfalto quente com dores, recebendo ajuda de terceiros enquanto esperava uma ambulância que não chegou. Somente com a chegada de familiares, foi possível colocar dentro do carro particular e a conduzir até o hospital.

Em contato com o hospital de Brasiléia, foi confirmado que não tinha ambulância disponível, por isso que não foi possível o regate por parte do SAMU. Katiusia não corria risco de morte, pois, não sofreu ferimentos graves em sua perna e usou sua página social na internet para agradecer o apoio que recebeu de terceiros na rua.

Weliton ficou no local até a chegada de policiais militares e do perito criminal para que esclarecimentos sobre o acidente. Até o fechamento desta matéria (19h32), foi avisado que não tinha ambulância no hospital Raimundo Chaar, sendo necessário chamar a da cidade de Assis Brasil para levar pacientes à Capital.

Weliton ficou no local do acidente a espera do perito e policiais - Foto: Alexandre Lima
Weliton ficou no local do acidente a espera do perito e policiais – Foto: Alexandre Lima

Comentários