A vítima identificada, Lázaro Nascimento dos Anjos (34), estava empurrando a moto quando aconteceu a tragédia - Foto: Alexandre Lima
A vítima identificada, Lázaro Nascimento dos Anjos (34), estava empurrando a moto quando aconteceu a tragédia – Foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima e Almir Andrade

Uma fatalidade ocorrida na noite desta quinta-feira, dia 19, registrou a morte de um homem que estava empurrando sua moto pela BR 317, sentido Xapuri/Epitaciolândia, já faltando cerca de três quilômetros para chegar na fronteira, por volta das 19h30.

Presidente do Sindicato das Indústrias de Panificação do Estado do Acre (Sindpan), Abrahão Assis Felício - Foto: Divulgação/Fieac
Presidente do Sindicato das Indústrias de Panificação do Estado do Acre (Sindpan), Abrahão Assis Felício – Foto: Divulgação/Fieac

Segundo foi apurado, a vítima identificada como Lázaro Nascimento dos Anjos (34), vinha empurrando sua moto pela lateral da BR devido a mesma ter acabado a gasolina. A chuva e a mal sinalização foram fatores cruciais para a tragédia que culminou no atropelamento e morte do motoqueiro.

O carro que atropelou, vinha sendo conduzido pelo empresário e presidente reeleito do Sindicato das Indústrias de Panificação do Estado do Acre (Sindpan), Abrahão Assis Felício (62), que se deslocava para a fronteira no veículo Mitsubishi placas NAF 3377, onde iria participar da feira de negócios promovido pela Prefeitura e Sebrae neste final de semana.

Segundo Seu Abrahão, que vinha na companhia de assessoras, só viu a tragédia quando um carro que vinha sentido contrário passou por ele e que teve parte de sua visão afetada pelo farol. Quando percebeu, já estava encima do motoqueiro e não teve como evitar a batida.

O corpo de Lázaro foi lançado para a lateral da estrada, mas, não teve tempo de ser socorrido e foi a óbito no local. Também foi confirmado algumas fraturas pelo corpo pelo perito criminal e policiais que foram até o local da tragédia.

Foi informado que o motorista que acionou as autoridades através do 190 (Emergência) e foi conduzido à delegacia de Epitaciolândia onde seria ouvido pelas autoridades. Também foi dito que havia uma outra pessoa com a vítima que foi levada para o hospital de Brasiléia, identificado apenas pelo nome de Alberto, não corre risco de morte.

IMG_6818_1

Comentários