dilma_lula

A Tribuna

A presidente Dilma Rousseff confirma até esta sexta-feira a presença na inauguração do Projeto Agroindustrial Dom Porquito, em Brasileia, parceria Público-Privada-Comunitária do governo do Acre. O governador Tião Viana foi informado de que a presidente estaria compatibilizando a agenda para vir ao Estado.

Dilma viria no avião presidencial até Rio Branco na segunda-feira pela manhã e do aeroporto se deslocaria para Brasiléia em helicóptero do Exército.

Também está confirmada a presença do ex-presidente Lula, que chega domingo à noite à capital e vai à segunda pela manhã até o local da inauguração, da Estrada do Pacífico, em Brasileia. Governadores de Rondônia, Amazonas, Tocantins, Piauí, Bahia, Ceará e Minas Gerais também devem acompanhar o ato, chegando em aviões dos governos estaduais, pousando em Assis Brasil e seguindo em carros do governo acreano para o frigorífico industrial. A confirmação deve acontecer também nesta sexta-feira. A entrega do moderno frigorífico está marcada para as 10 horas do dia 30.

Exportação para Ásia e mais de mil empregos até 2019

O projeto Agroindustrial Dom Porquito, especializado em industrialização de suínos é uma Parceria Público-privada comunitária, com investimentos da ordem de R$ 50 milhões, Até 2019, quando o projeto alcançará a capacidade máxima, vai gerar mil empregos diretos e fomentar as exportações de carne suína para várias regiões, além de abastecer o mercado da Amazônia e do país.

Já este ano, 350 empregos estão sendo gerados de forma direta, sendo 150 no trabalho com os animais no abate, que chegará ainda este anos a 1.600 suínos por dia. A criação é feita hoje por 26 pequenos produtores especialmente treinados pelo Ministério da Agricultura e Pecuária, com o apoio do Governo do Estado, Federação da Agricultura e Federação das Indústrias do Acre. Outros 29 produtores estão sendo preparados para entrar no projeto nas próximas semanas e a proposta será alcançar cem produtores em galpões especialmente preparados até 2017

Segundo um dos sócios do empreendimento, o empresário Paulo Santoyo, Já estão fechados contratos de exportação, via Estradado pacífico, para a Bolívia, Peru, Vietnã e Hong-Kong, estando previstos contratos com a China, Rússia e Cuba, O Dom Porquito, que já tem o Selo de Inspeção Federal (SIF) será um dos poucos frigoríficos brasileiros certificados para o mercado russo e chinês.

A exportação para esses grandes mercados deve começar já em 2016, quando já serão 500 empregos diretos gerados. Um detalhe especial é que a empresa investiu em tecnologia para que o maquinário industrial pudesse ser operado por mulheres, com equipamento mais leve e moderno. Isso permitirá que a mão de obra feminina seja aproveitada no empreendimento.  A Seaprof atua no treinamento dos pequenos produtores e no controle de qualidade das matrizes, O governo federal financia o projeto por meio da SUDAM e dos agentes BASA, Caixa e Banco do Brasil.

Sábado e domingo os produtores de Brasileia e região participam de um seminário sobre Cadeias Produtivas para pequenos produtores, d de palestras sobre microcrédito, ministradas pelos agentes financeiros federais.

Comentários