DSC_1129

A deputada estadual Eliane Sinhasique (PMDB) questionou, na manhã desta quinta-feira (18), na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), a falta de pediatras em unidades de saúde do município e do Estado. Segundo a parlamentar, os clínicos gerais se recusam a consultar as crianças.

“Estamos há um ano e três meses sem pediatra na UPA do Tucumã. Tem um aviso na parede que diz: os clínicos gerais se recusam a atender as crianças. Estão certos, não é a especialidade deles. Criança tem que ser atendida por pediatra”, declarou.

Além da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Tucumã, a UPA da baixada da Sobral, os postos de saúde dos bairro Placas e Vila Ivonete estão sem o profissional especializado em pediatria.

A peemedebista denuncia ainda que a Unidade de Saúde da Conquista, inaugurada no dia 14 de abril deste ano, está fechada.

“De que adianta fazer a estrutura se você não tem profissional para trabalhar. Não seria mais inteligente usar esses recursos para colocar profissionais nas unidades já existentes?”, questionou.

Sinhasique diz que a saúde básica tem que funcionar para que Hospitais de emergência atendam somente casos graves. “Se não tem médico nos postos e nem nas UPAs, a pessoa vai buscar atendimento básico no Pronto Socorro que, diga-se de passagem, também não tem médicos suficientes”, frisou.

A parlamentar finalizou dizendo que esperava mais da gestão do governador Tião Viana que é médico infectologista. “Temos um governador que é médico, mas não está dando conta da saúde do Estado”.

Comentários