Desde maio, ponte opera em meia pista após desmoronamento.

ponte

Os motoristas que precisam atravessar a ponte do Rio Tarauacá, na cidade de mesmo nome, distante 400 quilômetros de Rio Branco, estão preocupados com as condições da rodovia. Devido ao desmoronamento de um aterro que danificou a estrada em maio deste ano, a ponte está parcialmente interditada, permitindo o tráfego de um carro por vez. De acordo com os motoristas, a ponte não oferece segurança necessária para atravessar.

“Não dá segurança para gente. Está rachando, pode despencar. Espero que arrume o mais breve possível para passar mais segurança para a gente. Passamos sempre carregado, com 30 a 40 toneladas de barro e é perigoso”, reclama o caminhoneiro, Gleyson Oliveira, de 26 anos.

A reforma do trecho danificado estava sendo feito pelo Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre). No local interditado, foram utilizados sacos para evitar o desmoronamento.

Entenda o caso
O acesso à ponte do Rio Tarauacá, na BR-364, localizada a 400 quilômetros de Rio Branco (AC), continua provisório e com tráfego apenas em meia pista. A medida segue desde o desmoronamento de um aterro que danificou a entrada da ponte e causou a interdição da rodovia em maio deste ano. O Departamento de Estradas e Rodagens do Acre (Deracre) está realizando obras de contenção no local.

Com informações do G1/AC

Comentários