Alexandre Lima

Um casal que se deslocava em uma moto para sua casa localizada na parte alta da cidade de Brasiléia, tiveram que esperar um pouco, devido terem que ficar algumas horas no hospital de Brasiléia para realizar alguns procedimentos médicos.

O motivo dar-se-á ao fato que aconteceu por volta das 19h30 desta quarta-feira, dia 22. O piloto Leonardo Rodrigues do Nascimento (19) que estava com sua namorada na garupa (nome não divulgado), já estava quase em frente da Unidade de Saúde Simão Mansour, quando um cão cruzou em sua frente, não dando tempo de desviar.

Com o impacto, o casal caiu na avenida, onde sofreram ferimentos leves, mas, infelizmente, o cão não resistiu e morreu. Uma equipe de socorristas dos Bombeiros foi acionada e os levaram para o hospital e receberam os primeiros socorros.

Em tempo, Brasiléia já deveria ter um centro de zoonoses na regional, desde meados de 2012, época da ex-prefeita Leila Galvão, órgão esse que serviria para orientar os donos de cães a não deixarem soltos pelas ruas, ou seriam retirados pelos agentes municipais.

Não seria a primeira vez que os cães soltos pelas ruas, causam acidentes, muitos desse graves que deixam sequelas para toda a vida. A pauta do Centro de Zoonoses vem sendo debatido na Câmara de Brasiléia, onde os edis pedem providencias , uma vez que o trânsito tem se intensificado.

Comentários