Conecte-se conosco

Flash

BMW que matou mulher em racha tem documento atrasado há 2 anos e condutor possui 28 multas e 2 processos por inadimplência

Publicado

em

O jornal ac24horas.com buscou detalhes do condutor da BMW 328 envolvida no racha que acabou tirando a vida de Jonhliane Paiva de Souza, de 30 anos, na manhã dessa quinta-feira (6).

Por Thais Farias

O trágico acidente aconteceu na Avenida Antônio da Rocha Viana, em Rio Branco.

O fisioterapeuta Ícaro José da Silva Pinto, de 33 anos, dirigia o carro de luxo que está no nome de seu pai, o advogado aposentado e ex-juiz eleitoral do Acre, José Teixeira Pinto.

A reportagem descobriu que a taxa de licenciamento da BMW que atingiu a vítima não é paga desde 2018.

Segundo o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), a falta de licenciamento é uma infração gravíssima e acarreta uma série de problemas para o condutor, como apreensão do veículo, multa e perda de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

_______________

Além disso, Ícaro é detentor de 28 multas registradas em seu nome, conforme consta nos arquivos obtidos com exclusividade pelo ac24horas.

_______________

A maioria consta como pagas. Duas delas sofridas com outra BMW, modelo X1. Em uma das multas gravíssimas, aplicada quando o mesmo dirigia uma Toyota RAV4, o agente de trânsito descreve sobre o motorista: “quando o condutor percebeu que seria abordado, o mesmo saiu em arrancada brusca e tentou se evadir, mas foi feito acompanhamento e conseguimos abordá-lo. Na fuga, o mesmo cometeu várias outras infrações de trânsito”.

Em um momento de extrema tristeza e revolta, a família da jovem Jhonliane Paiva de Souza, de 30 anos, realizou o seu sepultamento na manhã de ontem sexta-feira (7), no Cemitério Morada da Paz. A jovem foi velada apenas pela família, em uma despedida com poucas pessoas, por conta da pandemia do coronavírus.

Após a batida que culminou na morte de Jonhliane, a BMW foi recolhida e levada para o pátio do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (Detran/AC). A Delegacia da 1ª Regional da Polícia Civil ficou responsável por apurar o caso.

Em entrevista concedida à Rede Amazônica Acre, o delegado Alex Danny afirmou que já foram coletadas as provas no local do acidente, realizada perícia e a polícia também pegou as imagens das câmeras de segurança próximas do local. A polícia também solicitou a situação do veículo para fazer outras perícias.

Processos contra Ícaro

Fora da órbita do trânsito, o fisioterapeuta Ícaro Pinto, envolvido no acidente durante um racha, também tem uma ficha problemática. Ele responde a dois processos por falta de pagamento.

O primeiro é um processo movido pelo condomínio Portal da Amazônia III, onde ele é proprietário de um apartamento. O imóvel diz que Ícaro deve R$ 6.473,70 provenientes de 14 meses de taxa de condomínio, o que resultou numa ação de execução de título extrajudicial.

O condomínio alega que Ícaro, sendo proprietário e possuidor do apartamento, é conhecedor do dever legal de contribuir com as despesas condominiais, mas que mesmo assim, vinha se eximindo do pagamento. A inadimplência é referente às despesas condominiais de setembro de 2018, janeiro a dezembro de 2019 e janeiro e março de 2020.

“Diante da recalcitrância, não restou alternativa senão a via judicial para garantir o direito que assiste o condomínio. Uma vez descumprida as obrigações previstas na convenção, surge ao condomínio a possibilidade jurídica de exigir o seu cumprimento forçado, bem como de receber pelos gastos que por ventura teve que despender para viabilizar o respectivo cumprimento”, afirmam os advogados do imóvel em documento. O valor atualizado da dívida foi atualizado para R$ 8.105,63 em junho de 2020.

Já a outra ação movida contra Ícaro partiu de um dentista de Rio Branco. O filho do ex-juiz eleitoral do Acre fez um tratamento dentário que custou R$ 14 mil. Deste valor, R$ 2 mil foram pagos e o restante seria pago em 12 parcelas de R$ 1 mil, com vencimento todo dia 5.

No entanto, o dentista teve de entra com uma ação na justiça porque os pagamentos em boleto não foram realizados.

“Em 11 de maio de 2018, iniciou tratamento dentário, que durou quase 6 meses e totalizou o valor de R$ 14.400 para ser pago durante o tratamento. Nas datas combinadas, Ícaro não efetuou o pagamento e também não atende mais as ligações”, descreveu o dentista nos autos. O tratamento incluiu instalação de implantes, oito lentes de contato e coroas.

Entenda

O condutor da BMW 328 estaria participando de um racha na Avenida Antônio da Rocha Viana quando atingiu a mulher de 30 anos que estava dirigindo uma motocicleta modelo Biz em direção ao seu trabalho. Jonhliane morreu após ser atropelada e arrastada por vários metros pela BMW.

Comentários

Flash

Vice-prefeito Carlinhos do Pelado leva mensagem governamental à Câmara de Brasiléia

Publicado

em

O vice-prefeito Carlinhos do Pelado participou nesta quinta-feira, 2, da Primeira Sessão Ordinária do 3⁰ ano legislativo da câmara municipal de Brasiléia, no ato, representando a prefeita Fernanda Hassem.

Carlinhos fez a apresentação da mensagem governamental, onde enfatizou as conquistas nesses seis anos de gestão, e ações da prefeitura para o ano de 2023.

“Durante os seis anos em que estivemos à frente da prefeitura de Brasiléia, vivenciamos anos de dificuldades mas também de conquistas realizadas, com o auxílio de muitas mãos e, sobretudo, dos membros do Poder Legislativo. As diversidades são diárias, mas nossa vontade de trabalhar é ainda maior”, afirmou.

Os trabalhos foram dirigidos pelo presidente da Casa, vereador Marquinhos Tibúrcio. “Estamos voltando do recesso e nossas expectativas são muitas, temos muito o que fazer. Sabemos que o poder Executivo tem feito muito para ajudar a população. Estamos aqui para continuar trabalhando em prol de melhorias para o município”, falou.

Comentários

Continue lendo

Flash

Aleac dá início ao ano legislativo com mensagem governamental no plenário

Publicado

em

A Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deu início aos trabalhos legislativos do ano de 2023 nesta quarta-feira, 2, em sua sede, no Centro de Rio Branco.

Aos 24 deputados estaduais, o governador Gladson Cameli fez a leitura da tradicional mensagem governamental, que marca o início dos trabalhos do Poder Legislativo acreano.

O governador pontuou também a colaboração bilateral entre governos estadual e federal, e que foi bem recebido nas tratativas e encontros para firmar parcerias. Foto: Diego Gurgel/Secom

Em sua declaração, Cameli parabenizou os deputados reeleitos e os que estão em seu primeiro mandato, e falou sobre manter a união entre os poderes.

“Harmonia, respeito e colaboração são os princípios que devem nortear as relações entre o Executivo e o Legislativo”, declarou.

A nova mesa diretora, eleita com unanimidade entre os parlamentares, é composta pelo presidente da Aleac, o deputado Luiz Gonzaga, o primeiro secretário, o deputado Nicolau Júnior, e o segundo secretário, o deputado Chico Viga.

“Acredito que a governabilidade só é estabelecida e consolidada com diálogo. O nosso governo tem agido assim desde o início com todos os poderes, categorias profissionais, classes sociais e econômicas”, frisou o chefe de Estado.

O evento contou ainda com a presença da vice governadora, Mailza, a defensora-geral Simone Santiago, a desembargadora-presidente do Tribunal de Justiça, Waldirene Cordeiro, e do procurador-geral de justiça do Ministério Público, Danilo Lovisaro. Foto: Diego Gurgel/Secom.

O presidente da Aleac, Luiz Gonzaga, declarou ao início da sessão que a Assembleia vai continuar aperfeiçoando projetos e propostas para melhorar a vida da população acreana.

O que eles disseram

“Meu mandato sempre foi em prol da população. Dedico a minha vida a cuidar das pessoas. Como deputada, quero fazer muito mais pelas pessoas do nosso Acre. Tenho a honra de ser a primeira mulher a ser líder do governo acreano. Quero todos ao meu lado, construindo e mudando a realidade das mulheres no nosso estado”
Michelle Melo, deputada estadual e líder do governo na Aleac

“Nós transformamos Manoel Urbano, juntamente com o governador Gladson. O governo sempre cumpriu o que prometeu neste município do interior. Obras, reformas, asfaltamento, então quero somar aqui nesta casa, para continuar melhorando a vida das pessoas”
Tanizio Sá, deputado estadual

“Atuei durante dois anos como líder do governo, e agora a deputada Michele pode contar comigo. A liberdade e apoio do governador foi o que contribuiu para essa gestão que foi tão bem avaliada”
Pedro Longo, deputado estadual

“Esse é um momento importante, e é um privilégio estar aqui hoje. Temos muito a fazer em prol da população, principalmente da nossa Rodrigues Alves, onde o governador já disse que temos parte do recurso para essa obra tão importante para a população”
Maria Antônia, deputada estadual 

Foto: Diego Gurgel/Secom.

Comentários

Continue lendo

Flash

Deputados e Senadores escolhem Alan Rick como coordenador da bancada do Acre

Publicado

em

Um dia após ser empossado como Senador da República, Alan Rick foi escolhido coordenador da Bancada Federal do Acre, no Congresso Nacional. O parlamentar já exerceu o cargo de vice-coordenador, em 2015, e coordenador, em 2016. “Fico muito honrado pela escolha dos colegas da nossa Bancada. Nosso primeiro passo é fazer uma grande reunião com o Governo do Estado e AMAC, que auxilia nossos municípios, para que possam garantir a execução dos quase R$ 700 milhões em recursos que trabalhamos, arduamente, para enviar ao Estado anualmente. ”

Na reunião desta quinta-feira, 02, os sete deputados e dois senadores presentes aclamaram o nome do parlamentar, sem a necessidade de votação. “Alan já tem histórico de trabalho no acompanhamento das emendas, ele gosta de atuar nesta área, tem equipe e estrutura preparadas. Me senti representada por ele como prefeita e tenho certeza que será assim como deputada”, disse a Deputada Federal Socorro Neri.

Os parlamentares do Acre também definiram pela criação do Estatuto da Bancada com as regras sobre mandato e outros detalhes. Ficou acertado que haverá alternância no comando do colegiado com senadores e deputados se sucedendo alternadamente. Na próxima reunião, ainda com data a ser definida, será escolhido o vice-coordenador.

A função principal da Bancada Federal é definir a destinação dos recursos das emendas de bancada ao Orçamento Geral da União, todos os anos. Em 2022, os congressistas indicaram R$ 284 milhões que serão executados este ano.

Participaram da reunião as deputadas Socorro Neri (PP) e Meire Serafim (União), o Senador Márcio Bittar (União) e os Deputados Federais Coronel Ulysses (União), Zezinho Barbary (PP), Gerlen Diniz (PP), Dr. Eduardo Velloso (União) e Roberto Duarte (Republicanos). A Deputada Federal Antônia Lúcia (Republicanos) e o Senador Petecão (PSD) confirmaram presença, mas não compareceram.

Comentários

Continue lendo

Em alta