“Querem ganhar sem disputar o jogo”, afirmou garantindo que entre as ocorrências listadas pelo TCE não há nenhuma que desabone a maneira como administra o município.

Bira Vasconcelos diz que os processos existentes no Tribunal de Contas do Estado são procedimentos formais que se referem a pendências naturais para qualquer administrador público. “São erros comuns que não caracterizam dolo contra o erário público. Eu estou tranquilo quanto a isso”, afirmou.
Por Raimari Cardoso

Com o nome na lista de possíveis inelegíveis encaminhada por força da Lei da Ficha Limpa pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o prefeito de Xapuri, Ubiracy Vasconcelos (PT), se manifestou na tarde desta segunda-feira, 17, sobre a repercussão dada ao assunto pela imprensa e por adversários políticos.

Em entrevista ao canal do jornalista Leonildo Rosas, no YouTube, o petista lembrou que alguns veículos erraram ao dar como certa a inelegibilidade dos nomes que constam na lista do TCE, entre eles o seu. “A competência para isso é do Legislativo, que julga as contas. O tribunal apenas fornece as informações para que isso possa acontecer ou não”, explicou.

O prefeito afirmou também que a informação enviesada foi usada por futuros concorrentes que, segundo ele, têm a intenção de vencê-lo no tapetão. “Querem ganhar sem disputar o jogo”, afirmou garantindo que entre as ocorrências listadas pelo TCE não há nenhuma que desabone a maneira como administra o município.

Bira Vasconcelos diz que os processos existentes no Tribunal de Contas do Estado são procedimentos formais que se referem a pendências naturais para qualquer administrador público. “São erros comuns que não caracterizam dolo contra o erário público. Eu estou tranquilo quanto a isso”, afirmou.

As ocorrências relacionadas ao prefeito de Xapuri informadas pelo TCE somam o total de nove e constam de 7 multas por razões diversas e 2 irregularidades em prestação de contas.

____________________

Na lista, também aparecem nomes de outros políticos conhecidos de Xapuri, como o do presidente da Câmara de Vereadores, Ronaldo Ferraz (MDB), do vereador Gessi Nascimento (PSD) e do ex-prefeito Vanderley Viana (MDB).

____________________

Sobre as eleições deste ano, Vasconcelos afirmou que ainda não é hora de fazer política, apesar de reconhecer que seus adversários já estão fazendo, mesmo com o município atravessando a pior fase desde o início da pandemia do coronavírus. “A hora vai chegar logo, mas ainda estou voltado para a situação da pandemia e preocupado em salvar vidas”, ponderou.

Por fim, o prefeito petista disse que está aberto a alianças com outros partidos, além do PSB, mesmo aqueles que pensem de uma maneira um pouco diferente. “Os partidos perderam a força nos últimos anos e o eleitor está acreditando mais nas pessoas”.

Concluiu o assunto dizendo, em tom bem humorado, que se até o governador Gladson Cameli quiser abraçá-lo será bem-vindo.

Comentários