fbpx
Conecte-se conosco

Brasil

Associação diz que uso de anabolizantes pode causar danos permanentes

Publicado

em

Problemas na saúde podem não ser notados no início da utilização

Anabolizantes, saúde, corpo, força, reposição

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (Sbem) alerta que o uso, sem acompanhamento médico, de testosterona – comumente chamada de anabolizante – pode ser perigoso e causar danos irreparáveis no corpo humano. O uso da substância tornou-se um grande problema de saúde pública e os casos de complicações estão cada vez mais frequentes. Nesta semana, a Polícia Federal (PF) realizou apreensões de substâncias usadas para fabricação de anabolizantes.

“O uso de anabolizantes gera efeitos colaterais, tanto em homens e mulheres, como o aumento de acnes, queda do cabelo, distúrbios da função do fígado, tumores no fígado, explosões de ira ou comportamento agressivo, paranóia, alucinações, psicoses, coágulos de sangue, retenção de líquido no organismo, aumento da pressão arterial e risco de adquirir doenças transmissíveis”, destaca a Sbem.

Segundo o médico Renato Redorat, membro da Sbem e coordenador de Endocrinopatias Associação Brasileira de Medicina e Saúde Sexual, os problemas na saúde, causados pelo uso de hormônios sem orientação médica podem não ser notados no início da utilização.

“Quando você usa em doses acima do normal, os malefícios podem não acontecer no primeiro uso. Mas podem levar a malefícios no futuro: alterações cerebrais, comportamentais, agressividade, infertilidade. A dificuldade de você ter um filho lá na frente, muitas vezes, não é pensada pelo paciente”, destaca.

O médico ressalta que o uso do hormônio testosterona, sem indicação médica, pode levar a problemas tanto em homens como em mulheres, mas nas pessoas do sexo feminino, os problemas podem ser maiores.

“Há malefícios e isso quando usado no homem. Imagina nas mulheres que hoje, no Brasil, são mais da metade dos usuários. Essas características serão mais deletérias para elas do que elas mesmo possam imaginar. Quando a gente faz reposição hormonal nas mulheres trans, nós sabemos que o uso da testosterona, mesmo em doses fisiológicas [equiparáveis às produzidas pelo organismo naturalmente], não vão gerar certos benefícios pelo uso em si, justamente pela base desse corpo, uma base feminina”.

O Ministério da Saúde lista uma série de efeitos adversos da substância, como tremores, acne severa, aumento da pressão sanguínea, tumores no fígado e pâncreas, aumento da agressividade, que pode resultar em comportamentos violentos. A pasta ainda cita efeitos crônicos causados pelo consumo indevido dos anabolizantes, como redução na quantidade de esperma, calvície, crescimento irreversível das mamas, e impotência sexual.

Operação da PF

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (28) a Operação Minotauro, que combate um esquema de venda ilegal de anabolizantes. Os policiais cumpriram 22 mandados de busca e apreensão em seis estados. As ações ocorreram em São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais, Espírito Santo e no Ceará.

As investigações da Polícia Federal em São José dos Campos apontaram que dezenas de encomendas vindas da Holanda e da China continham testosterona em pasta, usada para fabricar os anabolizantes.

Edição: Fernando Fraga

Comentários

Continue lendo

Brasil

TSE altera data do concurso da Justiça Eleitoral para 8 de dezembro; inscrições seguem até quinta

Publicado

em

Ao todo, o TSE e 26 tribunais regionais eleitorais (TREs) oferecerão 412 vagas para 21 cargos das carreiras de analista e de técnico judiciário, ambos de nível superior de ensino, em diversas especialidades.

O prazo para o pagamento da taxa é até 9 de agosto. O candidato deverá usar a Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança), gerada na conclusão do preenchimento da ficha de inscrição online. Foto: assessoria

Com assessoria

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) alterou a data de realização do seu concurso público. Assim, as provas serão aplicadas no dia 8 de dezembro. A alteração foi informada em edital publicado nesta terça-feira (16).

Segundo o tribunal, a mudança dará mais segurança e prazo para os candidatos se prepararem. “A mudança de data tem o objetivo de dar maior segurança aos candidatos e prazo para a preparação para as provas, assegurando o tempo necessário para a apuração dos resultados e garantir a pronta nomeação após a conclusão do certame.”

Com essa mudança, o prazo para a nomeação dos aprovados passou para julho de 2025. “Esses prazos decorreram da necessidade que os realizadores do certame precisam para ultimar todas as providências e fases do concurso, além de formular as alterações decorrentes da ampliação do número de vagas inicialmente oferecidas”, explicou o TSE.

Inicialmente, o concurso estava previsto para ocorrer no dia 22 de setembro.

Inscrições

As inscrições para o concurso unificado da Justiça Eleitoral terminam na próxima quinta-feira (18), às 18 horas, no horário oficial de Brasília. Ao todo, o TSE e 26 tribunais regionais eleitorais (TREs) oferecerão 412 vagas para 21 cargos das carreiras de analista e de técnico judiciário, ambos de nível superior de ensino, em diversas especialidades.

A taxa de inscrição é R$ 130, para quem quer concorrer aos cargos de analista judiciário, e R$ 85, para os de técnico judiciário.

O prazo para o pagamento da taxa é até 9 de agosto. O candidato deverá usar a Guia de Recolhimento da União (GRU Cobrança), gerada na conclusão do preenchimento da ficha de inscrição online, no site do Cebraspe.

O concurso irá preencher vagas de cargos efetivos dos quadros de pessoal da Justiça Eleitoral, além da formação de cadastro reserva. O cargo com a maior oferta é o de técnico judiciário – área administrativa, com 208 vagas.

Comentários

Continue lendo

Brasil

Polícia divulga foto e pede apoio para localizar mulher por suposta participação na morte de dentista

Publicado

em

Durante as investigações, os policiais descobriram que Raquele teve participação no assassinato do dentista e a Justiça determinou a prisão temporária.

Polícia Civil está a procura de Raquele Leme Machado, por suposto envolvimento na morte do dentista Clei Bagattini. Foto: assessoria

A Polícia Civil está a procura de Raquele Leme Machado, por suposto envolvimento na morte do dentista Clei Bagattini. O crime aconteceu no consultório da vítima, no município de Vilhena, no dia 12 deste mês.

Maicon S.R., foi apontado como o autor dos disparos que tiraram a vida do dentista em seu local de trabalho. O criminoso invadiu o consultório e atirou várias vezes contra Clei.

Após o crime, Maicon fugiu pela BR-364 sentido Porto Velho, mas parou em um pesque-pague em Jaru, na Linha 627, após um cerco policial.

Ele reagiu, acabou atingindo um policial militar, com um tiro. Maicon conseguiu escapar do cerco e não foi localizado até o momento.

Uma grande operação policial foi montada para tentar prender Maicon.

Durante as investigações, os policiais descobriram que Raquele teve participação no assassinato do dentista e a Justiça determinou a prisão temporária.

Qualquer informação sobre o paradeiro dos dois foragidos, devem ser repassaras para a Polícia Militar, no 190, ou Polícia Civil, no 197.

O dentista Clei Bagattini. O crime aconteceu no consultório da vítima, no município de Vilhena, no dia 12 deste mês. Foto: assessoria

Comentários

Continue lendo

Brasil

PF combate grilagem de terras no sul do Amazonas

Publicado

em

Elementos colhidos na referida operação apontaram para a existência de matrículas possivelmente fraudulentas, registradas no cartório de Pauini/AM, utilizadas por grileiros na região

Material apreendido na diligência será submetido a análise pela equipe de investigação e a perícia criminal. Foto: assessoria

A Polícia Federal deflagrou a Operação Tabellarius nesta terça-feira (16), para reprimir a grilagem de terras na região sul do Amazonas. A investigação é um desdobramento da Operação Brazilian Cricket, deflagrada em junho deste ano, que teve como objetivo desarticular organização criminosa formada por empresários, servidores do INCRA e outros operadores responsáveis por fraudes em cartórios e em sistemas informatizados da União, além de estelionato e lavagem de dinheiro.

Os elementos colhidos na referida operação apontaram para a existência de matrículas possivelmente fraudulentas, registradas no cartório de Pauini/AM, utilizadas por grileiros na região. Um mandado, expedido pela 7ª Vara Federal do Amazonas, foi cumprido na cidade.

O material apreendido na diligência será submetido a análise pela equipe de investigação e a perícia criminal, podendo surgir novos fatos e pessoas investigadas.

Comentários

Continue lendo