O deputado estadual Antonio Pedro (DEM) comentou sobre a visita realizada a equipe que tem realizado pesquisas para a implantação do anel viário de Brasileia e Epitaciolândia. A obra é considerada estratégica para o tráfego na Rodovia Interoceânica, no acesso ao Peru, e prevê dez quilômetros de estrada contornando os dois municípios, além de uma ponte de via dupla com 240 metros sobre o rio Acre. O projeto retira os veículos de carga que fazem exportação pela BR-317 do tráfego nas cidades, preservando as vias urbanas e melhorando a qualidade de vida na região.

“Essa obra é muito importante, pois se constitui no último elo que permitirá a integração do Brasil com os portos do oceano Pacífico, após a inauguração da ponte sobre o rio Madeira, que está em fase de conclusão. O corredor rodoviário internacional coloca o Acre em posição privilegiada com a consolidação da rota comercial entre os dois países”, disse.

O democrata lembra que os recursos já estão garantidos há muito tempo, faltando somente o sinal verde do Dnit para execução. Frisa ainda que o governo do Estado corre contra  o tempo para não perder os valores empenhados. “Sabemos do empenho do governador Gladson Cameli em correr atrás dos recursos para a execução da obra. Os valores já estão empenhados faltando apenas a liberação para que as obras sejam iniciadas. Importante que isso aconteça com a maior urgência possível para que não corramos o risco de perder esses valores”, finalizou.

Comentários