O crime aconteceu neste final de semana em uma Fazenda localizada na BR 364, na altura do quilometro 20 entre os municípios de Tarauacá e Feijó.

De acordo com informações a vítima identificada apenas pelo apelido de “Gipura” era caseiro da Fazenda de propriedade de um médico dentista da cidade de Tarauacá e na propriedade morava um adolescente de 17 anos, que tinha uma pequena anomalia em uma das orelhas.

Na noite de sexta-feira (14) e madrugada de sábado (15) a vítima, o menor e outros empregados teriam consumido bebida alcoólica e o caseiro passou a falar da anomalia do menor com ironia o deixando constrangido.

17-03-14-homicidio-tarauiaca-1
Adolescente ficou revoltado pelo fato do caseiro da Fazenda ironizar a anomalia que o menor sofre na orelha.
Menor confessa que esperou vitima ficar de costas para atacar a pauladas e facadas.
Menor confessa que esperou vitima ficar de costas para atacar a pauladas e facadas.

Por volta das 6 horas da manhã de sábado, depois que o caseiro deu milho para as galinhas e subiu uma pequena rampa, o menor aproveitou que a vítima ficou de costas para ele, e o atacou duas pauladas na cabeça em seguida desferiu dois golpes de faca, sendo que o ultimo golpe ele teria deixado a faca cravada entre as costelas da vítima que morreu no local.

A Polícia Militar foi avisada do crime e uma guarnição do 7º Batalhão formada pelo Sargento Juvenil e o Soldado S. Costa foram ao local do crime onde conseguiram apreender o adolescente que confessou o crime e foi conduzido a Delegacia de polícia Civil, posteriormente foi apresentado ao Conselho Tutelar a Promotoria da Infância e Juventude e deverá ser transferido para o Centro Socioeducativo do município de Feijó.

Quando colegas de trabalho tentaram socorrer “Gipura” ele já estava morto. Foram duas pauladas e duas facadas.
Quando colegas de trabalho tentaram socorrer “Gipura” ele já estava morto. Foram duas pauladas e duas facadas.

Comentários