O diretor de arrecadação da Secretaria Estadual de Fazenda (Sefaz), Israel Monteiro de Souza informa que os motoristas que pagaram o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) em parcela única, ganharão um desconto de 10% sobre o valor devido. Porém, quem optar por parcelar em três vezes não terá o benefício.

“Por enquanto, estamos aguardando a nova tabela atualizada da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), que traz os preços médios de veículos no mercado nacional”, destacou.

Apesar da queda de mais de 20% nas vendas dos veículos novos e os valores depreciados dos usados, a Sefaz espera arrecadar pouco mais de R$ 60 milhões, com a cobrança do tributo da frota de veículos que circula pelos municípios acreanos. No ano passado o Departamento de Gestão Tributária da Sefaz contabilizou quase R$ 60 mi, que correspondeu a um crescimento nominal de 14,5% em comparação com o mesmo período do ano passado.

Em 2015, o tributo gerou uma receita estimada em torno de R$ 57.626.566, 28, segundo balanço do Departamento de Gestão Tributária. A alíquota cobrada pelo governo do Acre é uma das menores do país, pois corresponde por apenas 2% do valor de mercado do veículo, enquanto em outros estado este percentual chega aos 4%. Em contrapartida, os taxistas e mototaxistas são isentos do pagamento do tributo, conforme a Lei n°298/2015.

O diretor de arrecadação explicou que os donos de veículos poderão consultar o site institucional para escolher a modalidade que quer pagar o IPVA. Acrescentou ainda que a nova tabela com os prazos das placas para o recolhimento do tributo, já foram publicadas no Diário Oficial Estado, mas o prazo da isenção encerra no fim deste mês.

“Cerca de 50% dos recursos pagos pelos motoristas são destinados aos 22 municípios acreanos, com base na frota existente”, finalizou.

A Tribuna

Comentários