fbpx
Conecte-se conosco

Geral

Rebanho bovino cresce mais de 14% no Acre e chega a 4,6 milhões de cabeças

Publicado

em

Regional do Baixo Acre tem participação em 54% no quantitativo de cabeças. Dados são da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O rebanho bovino do Acre cresceu pelo quinto ano consecutivo e chegou a mais de 4,6 milhões de cabeça em 2022. Os dados da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), foram divulgados nesta quinta-feira (21) e seguiu a tendência de alta apresentada em 2021, quando o quantitativo era de pouco mais de 4 milhões.

O efetivo, segundo o levantamento, cresceu 14,5%, sendo este um desempenho acima do patamar observado nos últimos quatro anos, que se estabelecia abaixo de 8,4%.

As regionais do Acre com os percentuais de participações no número de rebanho bovino do estado são:

  • Baixo Acre: 54% do rebanho bovino (2.519,796 cabeças);
  • Alto Acre: 20% (925.892 cabeças);
  • Purus: 13% (601.397 cabeças);
  • Tarauacá/Envira: 10% (543.289 cabeças); e
  • Juruá: 3% (135.007 cabeças).

 

Observou-se, no estudo, que apesar de a regional do Juruá ser a que menos tem participação no quantitativo geral, esta apresentou crescimento de 32% no rebanho com relação a 2021.

Em 2022, os cinco maiores rebanhos bovinos estão em Rio Branco, com mais de 619 mil; Sena Madureira, com mais de 486 mil; e Senador Guiomard, com mais de 486 mil. Em seguida, vem Porto Acre (367.660) e Brasiléia (352.222).

A soma dos cinco primeiros resultam em 48% do rebanho estadual, ou seja, quase metade do quantitativo de 2022.

Carne de ave

 

O segundo maior rebanho é de galináceos com 2,572 milhões de cabeças, registrando queda de 1,75% em relação a 2021, totalizando o segundo ano de queda do efetivo. No ano em questão, tinha-se o total de 2,6 milhões e, em 2020, o estado contava com quase 2,8 milhões de cabeças.

Apesar da queda, o levantamento aponta que a demanda por frango e ovos fe galinha permaneceu aquecida.

A regional do Baixo Acre foi a que mais teve participação no quantitativo final: 36%, com mais de 924 mil cabeças. O maior efetivo é de Brasiléia, com mais de 377 mil, com presença da avicultura de corte.

Suínos

 

O terceiro maior é o de suínos, com 157.390 cabeças. O crescimento, segundo o IBGE, foi de 4,9%. Em 2021, o número era de 150 mil.

Neste, a regional Tarauacá/Envira ficou em primeiro lugar com 32%, o equivalente a 50.290 cabeças. Somente em Feijó, que faz parte desta regional, foram mais de 30 mil.

Produtos de origem animal

 

A pesquisa também indicou que em relação à produção dos produtos de origem animal, que inclui leite, ovos de galinha, ovos de codorna e mel de abelha, houve uma alta de 16,7% do valor da produção, que totalizou R$105,7 milhões. Em 2021, o valor era de R$90,6 milhões. Leite e ovos de galinha responderam por aproximadamente 99,5% do valor de produção gerado.

A produção de leite no estado acreano foi de cerca de 35,1 milhões de litros, sendo que os municípios de Acrelândia, Senador Guiomard, Plácido de Castro e Epitaciolândia respondem por 54% da produção.

Já a de ovos de galinha, o quantitativo foi de 7,8 milhões de dúzias, um crescimento de 18,2%. O destaque foi para Senador Guiomard, responsável por mais de 1 milhão de dúzias.

6º ano de queda na produção de peixes

 

A despesa do peixe criado em cativeiro (piscicultura) totalizou em 2022 cerca de mais de 2,5 milhões de quilos, isto representa uma queda de 13% em relação a 2021.

A despesa cai desde 2017 e, segundo os dados, é intensificada pelos aumentos dos custos de produção e da concorrência com a produção de outros estados.

Tambaqui é a principal espécie, respondendo por 40% da despesca, seguida da Pirapitinga (15%), Curimatã e Curimbatá (13%), dentre outras espécies.

Comentários

Geral

Homem leva vários tiros em Rio Branco como disciplina  do tribunal do crime –

Publicado

em

Um autônomo identificado por Emanoel da Silva Souza, 41 anos, foi vítima de uma tentativa de homicídio por meio de disparos de arma de fogo e coronhadas, na noite desta quinta-feira, 30, a tentativa de homicídio aconteceu na Avenida Nova Iguaçu, no bairro Vitória, na parte alta de Rio Branco.

A própria vítima informou que trabalha na limpeza de terrenos e, ao chegar em casa após mais um dia de trabalho, resolveu sair para comprar carne. Ao retornar, Emanoel foi abordado por quatro homens encapuzados e armados, e recebeu uma coronhada na cabeça e em seguida foi atingido por três tiros, sendo um na perna esquerda, um na coxa direita e outro na perna direita, que chegou a quebrar o osso da canela. Após a ação, os acusados fugiram do local.

Pessoas que passavam encontraram o homem caído na rua e rapidamente acionaram a polícia e uma ambulância. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) enviou uma ambulância de suporte básico, para prestar os primeiros atendimentos e os socorristas estabilizaram o quadro clínico da vítima. O homem foi encaminhado ao pronto-socorro de Rio Branco, em estado de saúde considerado estável.

Policiais militares do 3° Batalhão colheram as informações para tentar procurar pelos acusados de agredir a vítima, mas eles não foram encontrados até o momento.

Emanoel disse para os policiais militares que era usuário de drogas, mas não estava devendo dinheiro nas bocas de fumo e não sabia o porquê ele estava recebendo uma “disciplina” do “tribunal do crime”.

Agentes de Polícia Civil da Equipe de Pronto Emprego (EPE) colheram as primeiras informações e o caso será investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Comentários

Continue lendo

Geral

Perigo dentro de casa – Criança passa por cirurgia após corte profundo em vaso sanitário quebrado; IMAGENS CHOCANTES

Publicado

em

O médico acreano falou detalhes sobre o caso e deixou um alerta aos responsáveis

O professor da Universidade Federal do Acre e médico cirurgião, Pablo Ruan, compartilhou um vídeo de uma lesão delicada de uma criança que sofreu um acidente no banheiro de sua casa no Acre. De acordo com as informações do vídeo, a criança estava brincando no banheiro, subiu no vaso sanitário e caiu, resultando em um corte profundo na perna devido ao material do vaso sanitário.

Em conversa com o portal ContilNet, o médico confirmou que o caso aconteceu no estado. Nos comentários, vários internautas ficaram chocados com a situação. “É chocante demais ver. Como que pode fazer um estrago desse?!”, disse uma internauta, “Dá agonia só de ver esse vídeo, imagina a dor…”, disse outra. “Nossa, arrepiei toda aqui. Chega as perna estão trêmulas”, disse uma terceira.

Na legenda da publicação, o médico falou detalhes sobre o caso e deixou um alerta aos responsáveis: “Mantenham muito cuidado com crianças sozinhas em banheiros.”

 

“Essa criança brincava no banheiro, subiu no vaso sanitário e caiu. Quando caiu sofreu essa lesão no próprio vaso.

Como cirurgiões estaremos sempre prontos pra diminuir os danos que o paciente sofre, mas mantenham muito cuidado com crianças sozinhas em banheiros.

Comentários

Continue lendo

Geral

Ciclista fica ferida após escorregar e cair de sua bicicleta em Rio Branco

Publicado

em

Giugliane de Souza Feitosa, 32 anos, ficou ferida na tarde desta quinta-feira (30), após escorregar e cair da própria bicicleta em um posto de combustíveis na rua Major Gesner, no Distrito Industrial, em Rio Branco.

Populares informaram que a vítima estava trafegando em uma bicicleta, mas quando passou por um posto de combustíveis, escorregou na canaleta de contenção do posto e caiu.

A vítima na queda, bateu a cabeça e desmaiou, recebeu ajuda de populares que acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Uma ambulância de suporte básico esteve no local e solicitou apoio de uma ambulância avançada. A vítima teve o quadro clínico estabilizado e foi encaminhada ao pronto-socorro de Rio Branco, em estado de saúde estável.

 

Comentários

Continue lendo

Em alta