fbpx
Conecte-se conosco

Cotidiano

Presidente avalia temporada e projeta 2023 do Rio Branco-AC sem calendário nacional

Publicado

em

Valdemar Neto acredita que Estrelão poderia ter chegado mais longe na Série D se tivesse apoio, fala sobre má campanha no estadual e pensa em time caseiro para próxima temporada

O presidente do Rio Branco-AC, Valdemar Neto, falou com exclusividade ao ge esta semana, após a eliminação do clube nas oitavas de final do Campeonato Brasileiro Série D. O Alvirrubro acabou derrotado pelo ASA nos pênaltis por 5 a 4, após empates de 0 a 0 nos jogos de ida e volta.

Com a temporada do futebol profissional finalizada – a realização da Copa Verde ainda é dúvida –, o Estrelão precisa juntar os cacos e trabalhar pensando já no próximo ano, quando o clube terá apenas o Campeonato Acreano no calendário.

Valdemar Neto, presidente do Rio Branco-AC — Foto: Reprodução/Instagram

Valdemar Neto, presidente do Rio Branco-AC — Foto: Reprodução/Instagram

Na conversa com o ge, o dirigente avaliou o 2022 do Rio Branco-AC no futebol profissional, citou possíveis falhas que resultaram em consequências negativas no decorrer do ano, lamentou a falta de apoio financeiro e citou o que projeta para o último ano de mandato na presidência.

Início ruim cm pior campanha da história no Acreano

– A gente montou um plantel relativamente grande já pensando em todas essas competições. Tive muito azar porque o inverno é muito complicado, foi muito complicado jogar no Florestão. Acho que prejudicou muito os clubes e um dos maiores prejudicados foi o Rio Branco. Começamos o ano com o mesmo treinador (Marcelo Brás) pelo fato de ter sido campeão do ano anterior e talvez isso, de repente, foi um dos erros. Não sei se é um erro porque eu tinha que ser coerente pelo fato de ter sido campeão e eu tinha que dar uma outra oportunidade no ano seguinte. Mas acredito que o Brás se perdeu, perdeu o elenco durante o campeonato estadual. Os jogadores deixaram de correr por ele. Quando tem um treinador que os jogadores não estão correndo por eles, se torna muito difícil ter êxito.

Falta de comprometimento de alguns atletas

– E depois aquele negócio do eu ganho quando eu quero. O elenco do Rio Branco estava muito nisso daí, então acho que faltou encarar o estadual da maneira como é pra ser encarado e não houve esse comprometimento.

Participação positiva na Série D, mas com déficit financeiro

– Quando a gente perdeu o estadual mandei nove ou 10 jogadores embora porque precisava fazer isso pra dar um choque no pessoal. Trouxe o Ciel, o Lessa (André) e o Marcão. E fizemos uma boa campanha (na Série D). Acho que dava pra chegar mais longe, se tivesse o apoio do governo, se a prefeitura tivesse horando com o combinado. As coisas seriam diferentes porque eu teria trazido mais três reforços que eram os jogadores que eu imaginava que a gente iria precisa no mata-mata, como de fato precisou. Não teve apoio e não teve condições de trazer financeiramente falando. Então, avalio positivo porque se a gente for ver, dos 16 clubes que passaram (para as oitavas de final), a menor folha salarial era a do Rio Branco. Nós brigamos com folha salarial de 500. Esse do ASA, os cinco homens da defesa pagam a folha salarial do Rio Branco. Eles receberam um milhão e meio de apoio do governo. Nós não recebemos nada.

O Rio Branco vai ter que se endividar pra botar jogadores pra casa.

— Valdemar Neto, presidente do Rio Branco-AC

– Enquanto o governo e a prefeitura não ajudar, acredito que não seja o Rio Branco, é nenhum (clube ter melhores resultados). Tem que fazer como o Humaitá fez, pega, ganha (o estadual), mete seiscentos e poucos mil no bolso. Manda embora os melhores jogadores, joga com prata da casa, pega três, quatro porradas, não tem mais jeito de classificar, vai embora cada um pra sua casa, e o cara coloca, pelo menos, 500 mil no bolso. No outro ano faz a mesma coisa e assim vai vivendo. E quem perde com isso é o futebol acreano.

2023 sem calendário nacional

– Eu sempre gostei de competição nacional. De estadual eu não gosto não. Gosto de brigar com quem é bom. Desde quando eu lutava jiu-jitsu gostava de me testar e sempre fui assim. Gosto de me testar em competição nacional, estadual não serve de parâmetro. Mas, infelizmente, a gente não tem o calendário (nacional). Pra 2023 vou fazer um time caseiro, sem pretensão de ganhar o estadual, a não ser se mudar o quadro. Terminar minha obra, o que me propus a fazer, o ginásio, dar uma estrutura melhor para o Rio Branco caminhar sozinho e poder, em pouco tempo, não depender mais de governo, de nenhum órgão desses.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Brasiléia realiza 2ª Conferência Regional do Alto Acre dos direitos da pessoa LGBTQIA+

Publicado

em

A Prefeitura de Brasileia, através da Secretaria de Assistência Social, realizou nesta terça-feira 28, a 2ª Conferência Regional do Alto Acre dos Direitos da População LGBTQIA+. O evento contou com a participação dos municípios de Assis Brasil, Brasiléia, Epitaciolândia e Xapuri, reunindo o poder público e a sociedade civil para discutir e promover os direitos da comunidade LGBTQIA+ na região.

Durante a conferência, foram debatidos quatro eixos principais que norteiam as políticas públicas voltadas para a população LGBTQIA+. Além das discussões, houve a eleição dos delegados que representarão a região na 4ª Conferência Estadual das Pessoas LGBTQIA+, onde serão abordadas estratégias e ações para a inclusão e proteção dos direitos dessa comunidade em nível estadual.

Participarou representando a prefeita Fernanda Hassem, a secretária de Cultura, Enage Peres, representando a secretária municipal de Assistência social, Lucélio Borges, presidente do conselho estadual LGBTQIA+, Daniel Lopes, representando a secretaria estadual de assistência social, Nilceia Santos, representante do Ministério Publico, Solene Costa.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

PREVISÃO DO TEMPO: quarta-feira (29) sem chuvas no Acre

Publicado

em

A temperatura pode variar entre 14ºC e 28ºC

Nesta quarta-feira (29), o dia começa com tempo encoberto em grande parte do Acre. Poucas nuvens nas microrregiões de Rio Branco e Brasiléia.

Durante a tarde e à noite, poucas nuvens no Vale do Acre. Sem previsão de chuva nas cidades de Epitaciolândia, Tarauacá e demais municípios do Acre.

A temperatura mínima fica em torno de 14°C, em Sena Madureira, e a máxima prevista é de 28ºC, em Acrelândia. A umidade relativa do ar varia entre 40% e 90%.

As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Decisão do Campeonato Estadual será disputada no dia 15/06

Publicado

em

O departamento de esportes da secretaria de Educação confirmou para o dia 15 de junho, no ginásio Álvaro Dantas, a decisão do Campeonato Estadual de Futsal Feminino entre Assermurb e Calafate. A programação terá também a disputa pelo terceiro lugar do torneio entre Atlético e Villa City.

“Fechamos essa data e as equipes ainda terão um bom período de preparação para disputar o título. O objetivo é promover uma grande festa”, comentou Marcelo Fontenele.

5 mil em premiação

Segundo Marcelo Fontenele, serão distribuídos 5 mil reais em premiação para os três primeiros colocados.

“O campeão vai receber três mil reais e o vice um mil e quinhentos. O terceiro lugar vai receber quinhentos reais e sem dúvida teremos uma premiação expressiva na competição”, afirmou um dos componentes da equipe de organização.

Comentários

Continue lendo