fbpx
Conecte-se conosco

Geral

Prefeitura vai investir R$ 280 milhões em obras na cidade de Rio Branco; “Guardei dinheiro pra isso”, diz Bocalom

Publicado

em

A Prefeitura de Rio Branco apresentou na manhã desta sexta-feira, 6, no auditório da Fieac, o pacote de investimentos para obras durante este ano

Comentários

Geral

Ação rápida: Investigadores da DHPP prendem acusado de homicídio em Rio Branco

Publicado

em

Lucas Cauã de Lima Oliveira de 19 anos, estava em via pública e armado com um revólver, quando foi preso por investigadores da Delegacia de Homicídios.

Ciborgue, como é conhecido, ainda teria tentado uma reação, mas acabou rendido pelos agentes da DHPP.

Ele, estava com a prisão preventiva decretada, por ter rompido a tornozeleira eletrônica. Lucas Cauã cumpria pena por roubo.

No momento da ação dos investigadores o acusado portava este revolver calibre 38, munições e drogas.

Com a prisão de Lucas foi possível também elucidar um homicídio, ocorrido na semana passada, em Rio Branco.

Quando foi interrogado pelo Delegado Cristiano Bastos, Ciborgue confessou, que foi o autor do assassinato de Ricardo Leite de Araújo, de 42 anos.

A vítima, que era usuária de drogas, foi assassinada a tiros, na noite a última quinta-feira, 21.

O crime aconteceu no Ramal Bom Jesus, região da Vila Acre.

De acordo com informações da polícia, a vítima estava em casa, quando foi chamada por um desconhecido, mas ao chegar no portão acabou executado a tiros.

Lucas declarou ao delegado, que a vítima tinha uma dívida de drogas, além de ser suspeita de executar furtos na região, por isso acabou assassinada.

A Delegacia de Homicídios agora terá o prazo de dez dias para finalizar o inquérito do caso.

Matéria relacionada:

Foragido da Justiça é morto a tiros na região da Vila Acre, em Rio Branco

Comentários

Continue lendo

Geral

Presidente da Câmara de Brasiléia e vereadores acompanham Programa Mais Saúde em Ação Itinerante Rural

Publicado

em

O Presidente da Câmara Municipal de Brasiléia, Marcos Tibúrcio, acompanhado dos vereadores Elenilson Cruz e Leonir de Castro, estiveram presente em mais uma edição do Programa Mais Saúde em Ação Itinerante Rural, realizado na manhã deste sábado, 16.

O evento aconteceu no quilômetro 59 da BR 317 (Estrada do Pacífico), com mais 53 quilômetros de ramal, no seringal Pacuara, na residência do Senhor Zima, proprietário da Colônia 5 Irmãos.

Com a oferta de diversos serviços de saúde para a população em geral, os locais receberam atendimentos médicos, psicológicos, palestras, atendimentos odontológicos, vacinas contra a Covid-19, vacinas de rotina, distribuição de medicamentos, testes rápidos de hepatite, sífilis, HIV e PCCU.

Também esteve presente na atividade, o deputado estadual, Tadeu Hassem; o secretário de saúde, Francélio Barbosa; a secretária de educação, Francisca Oliveira; a representante do OPM, Suly Guimarães; o secretário adjunto de agricultura, Mário Jorge; profissionais de saúde e a comunidade local.

Comentários

Continue lendo

Geral

Pastor é indiciado por estupro de vulnerável contra 9 vítimas no Acre

Publicado

em

O acusado, de 46 anos, negou os crimes – FOTO: REPRODUÇÃO/ILUSTRAÇÃO

Por Sandra Assunção 

Um pastor evangélico foi indiciado por estupro de vulnerável e importunação sexual contra nove crianças e adolescentes na Comunidade Bagé, zona rural de Marechal Thaumaturgo.

O acusado, de 46 anos, negou os crimes e disse à polícia que a denúncia parte de uma mulher que frequenta a sua congregação e estaria perseguindo-o.

“Foram nove vítimas ouvidas, mas tem mais. A gente mandou intimação via rádio, lá é um lugar de difícil acesso, mas não compareceram. Ele abusava das fiéis, chegava nas casas quando os pais não estavam, algumas são crianças, praticava alguns atos libidinosos, agarrava à força. Em alguns casos, chegava alguém na casa e flagrava”, contou o delegado responsável pelas investigações, Marcílio Laurentino.

A autoridade policial já descartou que as denúncias sejam fruto de perseguição, já que as vítimas identificadas não têm relação umas com as outras. O pastor aguarda agora as ações do Poder Judiciário, que deve decidir sobre o prosseguimento do processo e a possível prisão do acusado.

Comentários

Continue lendo

Em alta