Vários jovens se juntaram para brincar na praça Ugo Poli, no centro de Brasiléia – Foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima

Moradores do centro da cidade de Brasiléia, mediações da Praça Ugo Poli, percebendo a falta de espaços para a prática de esporte, resolveram improvisar. A moradora Herlane Rabelo Ribeiro, que vinha utilizando a mesma para caminhar, teve uma ideia para que seus filhos e colegas brincassem.

Com uma rede de vôlei, bola e pouca tinta, improvisaram uma quadra de vôlei para os adolescentes entre duas palmeiras. Em poucos dias, os cerca de 10 jovens cresceu para mais de 30, praticamente todos os dias.

Quadra foi improvisada entre duas palmeira na praça – Foto: Alexandre Lima

“Via meus filhos ociosos junto com seus colegas. Foi quando tive a ideia para que pudéssemos praticar esporte e brincar ao mesmo tempo. Até eu participo e perdi peso, daí resolvi realizar um torneiro entre eles e conseguimos um pequeno apoio da Prefeitura, que ajudou na confraternização. Nossos filhos adoraram e vamos pensar em algo no futuro”, disse Herlane.

Mesmo com o tempo ruim, os jovens participaram do pequeno campeonato com times de três jogadores, onde a intenção era unir e que todos praticassem esporte, fazendo com que saíssem da ociosidade. A confraternização aconteceu no coreto da praça, com um pequeno churrasco e refrigerante para todos.

Confraternização aconteceu no coreto da praça – Foto: Alexandre Lima

Comentários