fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Petecão cobra solução para a crescente onda de violência do Acre

Publicado

em

Plenário do SenadoA violência está chegando aos municípios do interior e na zona rural, locais que eram considerados tranquilos se comparados às estatísticas atuais

Brasília – O senador Sérgio Petecão (PSD) usou a tribuna do Senado, nesta terça-feira (4), para relatar a crescente onda de violência que assola o Acre. Petecão lamentou a insegurança que “tem reinado” no estado.

“A população está com medo. As pessoas estão se sentindo totalmente insegura. Estamos vendo coisas no meu estado que nunca aconteceram. Só assistíamos algumas cenas tão violentas em filmes, na televisão e em noticiários nacionais”, afirmou.

Petecão chamou ainda atenção para a entrada de droga que ocorre pela fronteira. “Precisamos endurecer o jogo com as autoridades bolivianas. Temos uma fronteira muito extensa que serve de entrada de droga no país. O tráfico dessa droga aumenta os índices de violência. É muito melhor combater a droga na fronteira do que nos morros e nas favelas.”

O parlamentar disse que irá requerer ajuda das autoridades federais. “Vamos encaminhar um expediente ao Ministério da Justiça para que alguma coisa possa ser feita. Infelizmente, o estado está perdendo a guerra para os bandidos. Os índices são assustadores e a nossa população tem que conviver com um clima de verdadeiro terror.”

O senador ressaltou que a atual realidade do estado não é a versão contata pelas autoridades do governo, “como se estivéssemos vivendo em paz”. A realidade do Acre é de terror na população.

Comentários

Acre

Idoso atropelado ao tentar atravessar avenida Sobral para chegar em forró

Publicado

em

No domingo à noite, Antônio Flávio Carneiro Ferreira da Silva, de 63 anos, foi atropelado na Avenida Sobral, no bairro Aeroporto Velho, Rio Branco.

Testemunhas relatam que ele tentou atravessar a avenida fora da faixa de pedestres e foi surpreendido por uma motocicleta. O idoso sofreu ferimentos graves, incluindo um traumatismo craniano, fratura na perna esquerda e cortes profundos na cabeça e na boca, além de escoriações.

Populares prestaram socorro, chamando a polícia e uma ambulância do Samu, que o levou para o pronto-socorro em estado estável. A perícia foi realizada no local, e o veículo envolvido foi liberado após as investigações.

Comentários

Continue lendo

Acre

Grave acidente de moto deixa jovem motociclista ferida na Capital do Acre

Publicado

em

Uma colisão envolvendo uma motociclista e um carro deixou Amanda Katrine Araújo Feitosa, de apenas 26 anos, está em recuperação após o incidente que aconteceu por volta das 15h00, no cruzamento das ruas Via Parque com a Pernambuco, no bairro do Bosque.

De acordo com as autoridades de trânsito, Amanda estava seguindo pela rua Pernambuco no sentido centro-bairro, pilotando sua motocicleta modelo Honda/Titan, placa NAG-8B45. O que parecia ser um domingo comum logo se tornou um pesadelo quando ela alegadamente atravessou o sinal vermelho. Nesse momento, um carro modelo Chevrolet/Onix, placa QLW-3J15, que seguia no sentido centro/bairro na Via Parque.

O impacto da colisão foi devastador, arremessando Amanda violentamente ao chão, onde sua cabeça bateu com força no asfalto, deixando-a inconsciente. Felizmente, a motorista do veículo envolvido permaneceu no local e imediatamente solicitou a assistência da ambulância e da Polícia de Trânsito.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) agiu prontamente, enviando uma ambulância de suporte avançado para prestar os primeiros socorros à jovem vítima. Após receber os cuidados necessários e ser estabilizada, Amanda foi transportada para o pronto-socorro de Rio Branco. Apesar da gravidade da colisão, ela foi descrita como estando em estado de saúde estável, embora tenha sofrido fraturas na perna direita e no braço esquerdo.

A Polícia de Trânsito também compareceu ao local para isolar a área e permitir que os peritos realizassem seu trabalho. Após a conclusão das investigações periciais, o veículo envolvido no acidente foi devolvido à proprietária, enquanto a motocicleta de Amanda foi removida por um guincho.

Comentários

Continue lendo

Acre

Acre vai apresentar atrativos naturais e culturais na maior feira de turismo da América Latina

Publicado

em

Com muitos atrativos naturais e o turismo de base comunitária do estado a serem divulgados, o governo do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo (Sete), e o programa REDD+ Early Movers (REM) têm estreia marcada na 50ª edição da maior feira de turismo da América Latina, a ABAV Expo 2023.

Organizado pela Associação Brasileira de Agências de Viagens, o evento será realizado de quarta-feira, 27, a sexta, 29, no Rio de Janeiro (RJ), reunindo as principais personalidades do turismo do Brasil e do mundo.

No estande do Acre serão apresentados regiões do estado com óculos 3D. Foto: Ilustração Wagner Lucena, Cidade Publicidade e Sebrae Acre

Da comitiva acreana, participarão agentes do turismo de base comunitária do Parque Nacional Serra do Divisor, Comunidade Croa e representantes dos povos Puyanawa e Yawanawa. Gestores e equipes da Sete, do Programa REM, do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SebraeAC) e da Cidade Publicidade também estarão presentes com projetos inovadores.

No estande, apresentam produtos as cooperativas Cooperacre e Coopfarinha, e os empreendimentos Miragina, Florisa Vinhos da Amazônia, Cachaça Acreaninha, Artesanato Novo Crochê, Café Náuas, Farofa Gourmet e Casa do Artesão.

Secretário Marcelo Messias está confiante em obter bons resultados em negócios e parcerias na ABAV Expo 2023. Foto: Neto Lucena/Secom

Segundo o gestor da Sete, Marcelo Messias, a participação no evento é primordial para divulgar os destinos turísticos do Acre, as culturas indígenas, os empreendimentos e agências de turismo, além da culinária local.

“Teremos um estande com muitos atrativos, apresentando o etnoturismo e as culturas indígenas, além de participar das rodadas de negócios. Também apresentaremos os principais pontos de turismo, como a Serra do Divisor e o Croa, com óculos 3D, em parceria com o Sebrae Acre e Cidade Publicidade, em que as pessoas poderão vivenciar como são essas localidades e os festivais indígenas com visão 360°. Vai ser bem bacana”, adianta o gestor.

O destino turístico de base comunitária, com o apoio do Programa REM, é essencial para manter a floresta em pé, como acrescenta a diretora de Empreendedorismo da Sete, Bianca Marques. “O programa REM visa fortalecer o turismo de base comunitária, que por sua vez coloca a população como protagonista e apoia o modelo de sustentabilidade ambiental e social necessária para o desenvolvimento desses territórios”, destaca.

Comentários

Continue lendo

Em alta