Conecte-se conosco

Cotidiano

Opinião: fala de Putin deixa Rússia ainda mais longe de Paris 2024

Publicado

em

Opinião: fala de Putin deixa Rússia ainda mais longe de Paris 2024

Pronunciamento leva a crer que guerra vai longe e, com os pré-olímpicos em andamento, as Olimpíadas chegando e a punição mantida, país fica cada vez mais distante de Paris 2024

Na última quarta-feira, o presidente da Rússia Vlamidir Putin convocou mais 30 mil reservistas, aumentou o tom contra o Ocidente e deixou claro que o confronto com a Ucrânia, iniciado há sete meses, ainda deve se estender bastante. Trazendo essa informação para o mundo esportivo, a fala deixa a Rússia ainda mais distante de participar das Olimpíadas de 2024.

Atletas da Rússia no desfile na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio, sob o nome ROC e bandeira diferente — Foto: Michael Kappeler/picture alliance via Getty Images

Atletas da Rússia no desfile na cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio, sob o nome ROC e bandeira diferente — Foto: Michael Kappeler/picture alliance via Getty Images

Desde fevereiro, praticamente todas as Federações Internacionais proibiram a participação de atletas russos de suas competições, impedindo até mesmo que compitam com uniformes e bandeiras neutros. As únicas exceções, entre os esportes olímpicos, são o tênis e o ciclismo, que os competidores podem participar do evento, mas sem a bandeira russa. Neste período, a nação ficou, inclusive, fora dos Jogos Paralímpicos de Inverno, realizados na China.

A fala de Putin deixa claro o anseio do país em seguir na invasão à Ucrânia. Inicialmente, especialistas cogitavam que a guerra rápida, sem muita resistência do lado ucraniano, mas logo se viu que o conflito seria longo. E, ao que tudo indica, nenhuma Federação Internacional, nem os Comitês Olímpicos e Paralímpicos, devem tirar a punição enquanto a guerra não terminar.

Medvedev é um dos únicos esportistas russos a atuar em 2022 — Foto: Getty Images

Medvedev é um dos únicos esportistas russos a atuar em 2022 — Foto: Getty Images

Os Pré-Olímpicos já estão rolando e os russos, claro, fora dessas disputas. Os primeiros eventos classificatório para Paris 2024 nas ginásticas artística e rítmica, modalidades em que o país é uma superpotência, já foram realizados. Pior: se o critério de classificação for levado a risca, o país sequer poderá participar do pré-olímpico de 2023, já que só os 24 primeiros colocados do Mundial de 2022 estarão neste torneio.

O histórico recente da Rússia é bem conturbado por conta de um escândalo de doping que até o Estado esteve envolvido, através do Ministério do Esporte. O país não pôde disputar as Olimpíadas e as Paralimpíadas de Tóquio, em 2021 com seus uniformes e bandeira do país, inclusive sequer o hino era tocado nas cerimônias de medalha. Os atletas competiram com o nome de Comitê Olímpico Russo (nas Olimpíadas) e Comitê Paralímpico Russo (paralimpíadas).

Equipe da Rússia comemora ouro no nado artístico por equipes das Olimpíadas de Tóquio — Foto: REUTERS/Marko Djurica

Equipe da Rússia comemora ouro no nado artístico por equipes das Olimpíadas de Tóquio — Foto: REUTERS/Marko Djurica

Equipe da Rússia comemora ouro no nado artístico por equipes das Olimpíadas de Tóquio — Foto: REUTERS/Marko Djurica

A Rússia é uma das maiores potências esportivas. Competindo como “Comitê Olímpico Russo” nas Olimpíadas de Tóquio, conquistou 20 ouros, 28 pratas e 23 bronzes, totalizando 71 pódios, e ficando em quinto no quadro geral. Os destaques foram os esportes de combate, como wrestling, boxe, taekwondo e esgrima, as modalidades plásticas, casos de nado artístico e ginástica, além dos esportes coletivos como basquete, handebol e vôlei.

Faltam 22 meses para as Olimpíadas de Paris, menos de dois anos. O tempo está passando, o evento cada vez mais próximo, e a punição para a Rússia parece não estar nem perto de acabar.

Comentários

Cotidiano

Copinha Arasuper de Futsal com 6 partidas na Assincra

Publicado

em

A fase de classificação da 8ª Copinha Arasuper de Futsal terá mais seis partidas neste sábado, 28, a partir das 8 horas na Assincra/CT Edson, no bairro do Aviário.

“Não temos ginásios em Rio Branco e a solução foi promover as partidas no CT Edson. A estrutura é excelente e certamente teremos mais uma grande rodada”, disse o coordenador da Copinha, Auzemir Martins.

2ª rodada da Copinha

Sub 14

Escola do Flamengo x Amigos Solidários

Santa Cruz x B2 Esportes

Sub 12

Amigos Solidários x Escola do Flamengo

Flamenguinho x Rei Artur

Sub 10

Escola do Flamengo x Águias do Norte

Xavier Maia x Flamenguinho

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Rio Branco e São Francisco disputam amistoso no José de Melo

Publicado

em

Giovanni é um dos titulares do São Francisco para o amistoso

Rio Branco e São Francisco fazem neste sábado, 28, a partir das 8 horas, no José de Melo, um amistoso como parte das preparações para as disputas da Copa Verde e do Campeonato Estadual.

O São Francisco enfrenta o Atlético no torneio regional e o Rio Branco fará o primeiro confronto contra o Princesa do Solimões, do Amazonas.

No Estadual, o São Francisco terá o Vasco no primeiro duelo e o Rio Branco jogará contra Plácido de Castro.

Primeiro teste

O Rio Branco fará o primeiro teste e o técnico Ulisses Torres vai avaliar os atletas. O desempenho no treinamento vai definir a postura da diretoria no mercado de contratações.

“Começamos a trabalhar a parte tática no início da semana e cobrar um bom futebol neste momento seria um exagero”, disse Ulisses Torres.

São Francisco

Com mais tempo de preparação, o São Francisco vai para o amistoso com uma responsabilidade maior. O treinador Erismeu Silva vai começar a realizar os ajustes e definir os titulares.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Vasco e Andirá Sub 17 empatam em jogo amistoso no campo B

Publicado

em

Léo Raches quer realizar uma grande campanha na Copa do Brasil

Vasco e Andirá Sub 17 empataram por 0 a 0 na tarde desta sexta, 27, no campo B da Federação de Futebol, em um duelo preparatório para a temporada de 2023. O Vasco vai jogar o Estadual e o Andirá estará na disputa da Copa do Brasil Sub 17.

Excelente treinamento

Para o técnico do Andirá, Léo Raches, foi mais um treinamento importante para os ajustes na equipe.

“O primeiro tempo foi muito forte e achei que os garotos sentiram. Na segunda etapa atuamos melhor. Esses treinamentos são excelentes porque vamos jogar um torneio de alto nível”, declarou Léo Raches.

Vasco em formação

Segundo o técnico Pedro Balu, o Vasco é um time em formação e a meta é chegar com time competitivo na estreia do Estadual contra o São Francisco no dia 25 de fevereiro, no Florestão.

“O treino foi importante para realizar as observações. Ainda temos um bom tempo de trabalho”, comentou o treinador.

Comentários

Continue lendo

Em alta