A Operadora Oi confirmou ao Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE/AC) que a pane no sistema de internet ocasionada na tarde de hoje (10) entre Tarauacá e Cruzeiro do Sul se deu em virtude de um ato de vandalismo. A operadora disse que os cabos foram cortados.

Em um e-mail enviado à Secretaria de Tecnologia da Informação do TRE-AC, a Oi Operadora confirmou o ato criminoso. Não se sabe quem praticou tal ato, mas uma investigação deve ser aberta pela Polícia Federal, já que se trata de informações ligadas às telecomunicações, em que milhões de dados de usuários podem ter sido prejudicados com o pane ou até vazados.

Dayse Simões, chefe de serviços gerenciados da Oi informou que “cortaram o cabo” e que para isso a equipe teve que fazer o trabalho de cabeamento. Foram 250 metros danificados, além de ser necessário “confeccionar emendas”, o que atrasou o retorno da conexão, com horário previsto para ser restabelecido às 19 horas de hoje.

A informação de que a rede sofreu sabotagem já foi comunicada à relatora do caso, a juíza Mirla Regina e a secretária Judiciária, Luciana Arruda.

“Dra. Mirla Regina – Juíza da Corte Eleitoral Acriana e Sra. Luciana Arruda – Sec Judiciária informamos-lhes que a Empresa Oi nos comunica, na mensagem da Sra. Dayse Simões, abaixo, que foi vandalismo a causa do rompimento dos cabos de comunicação de fibra óptica no trecho Tarauacá/Cruzeiro do Sul, com prazo até às 19h para reparar o dano”, diz o e-mail enviado à magistrada.

Comentários