Gladson encontra-se em Brasília articulando a vinda da vacina da Covid-19, bem como a liberação de recursos.
Por Astério Moreira

Após tomar conhecimento pela reportagem do ac24horas.com da afirmação do senador Márcio Bittar de que os conflitos entre ele e o MDB tem solução, o governador Gladson Cameli telefonou para afirmar que tem feito de tudo para que a sigla permaneça com ele. “Minha conversa será necessariamente com o senador Márcio e o deputado federal Flaviano Melo”, disse.

Sobre o atrito com o prefeito Mazinho Serafim declarou ser praticamente impossível a convivência com ele.

Segundo revelou o governador, ele está conversando com todo mundo. “Falei com o senador Sérgio Petecão, foi uma excelente conversa, mostrei a ele o espaço que tem no meu governo”. Disse que as conversas com os partidos aliados vão continuar. “Uma coisa tem que ficar clara, quem não está comigo está contra mim”.

Sobre a saída de Ribamar Trindade do Gabinete Civil, afirmou que ele deverá mesmo ir para o TCE. “A Casa Civil terá um papel bem menor dentro da nova estrutura de governo, a Secretaria criada vai gerenciar as atividades do governo”, adiantou. Negou que o secretário de Saúde, Alysson Bestene, irá para a Casa Civil.

NICOLAU TERÁ PLENOS PODERES NA ARTICULAÇÃO POLÍTICA

O governador Gladson Cameli também disse que conversou com o presidente da Assembleia, deputado Nicolau Júnior (PP), delegando a ele a escolha do novo líder (o deputado Gerlen Diniz deve continuar), bem como a articulação do relacionamento dos deputados com o Palácio Rio Branco. “Quando o assunto for Assembleia e governo quem fala é o deputado Nicolau”, concluiu.

Comentários