traficante_01

Por Jairo Carioca – Fonte: ac24horas

Policia Civil do município de Marechal Thaumaturgo, cidade localizada na confluência dos Rios Amônia e Juruá, prendeu por volta das 6 horas da manhã deste sábado (30), no Porto da Cidade, o maior traficante do município de Porto Walter, conhecido como Adão. Ele foi pego com aproximadamente 1,5 kg de cocaína pura. Essa foi a maior apreensão de drogas registrada no município.

Adão do Nascimento Azevedo, 34 anos, vinha sendo monitorado desde o dia em que chegou à cidade, por volta de uma semana. Os policiais civis Geovane e J. Menezes acompanham toda a sua movimentação desde o pagamento do carregamento até o momento em que o comerciante se preparava para descer o Rio Juruá, no Porto de Marechal Thaumaturgo com destino ao município de Porto Walter.

A INVESTIGAÇÃO

Segundo os agentes que concederam entrevista exclusiva ao ac24horas momentos após a apreensão, os traficantes no trecho de Marechal Thaumaturgo utilizam os Rios Juruá e Amônia e picadas por dentro da Floresta para a entrega da droga nos municípios de Porto Walter e Cruzeiro do Sul.

Adão era conhecido no mundo do crime pela perícia de navegação nessa região sem nunca ter sido pego em flagrante. Ele morou em Marechal Thaumaturgo, onde foi chefe dos garis e ampliou o seu circo de amizade.

Na manhã deste sábado, Adão foi pego em flagrante quando tentava embarcar em uma canoa de pequeno porte no Porto do Rio Amônia, com 1,5 kg de cocaína pura. Ele não resistiu à ordem de prisão e foi encaminhado para o Posto Policial da cidade.

Em depoimento aos agentes policiais que lavraram o flagrante, Adão disse que é comerciante na cidade de Porto Walter, não deu informação com relação ao destino da droga e nem da origem do carregamento. Não há previsão para o seu encaminhamento até o presídio em Cruzeiro do Sul.

Rota de traficantes é antiga

A rota de entrada de drogas pelo município de Marechal Thaumaturgo é investigada desde 1998. A agência brasileira de Inteligência (Abin), não descartou em investigação feita na região, a presença de traficantes remanescentes do Movimento Revolucionário Tupac Amaru (MRTA). Através de depoimentos de seringueiros que moram nos rios utilizados em navegação pelo crime organizado, há informações que haveria pessoas supostamente ligadas às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Tráfico de drogas em Thaumaturgo

Autoridades de Marechal Thaumaturgo que não quiseram revelar seus nomes, afirmam que nos últimos anos, cresceu o número de jovens e pessoas envolvidas com o tráfico de drogas. O município foi identificado através de recente pesquisa do Imazon, como uma das cinco cidades da Amazônia, piores em desenvolvimento social.

A zona urbana conta com apenas dois policiais civis e um contingente de oito policiais militares. A base do Exército ajuda a monitorar uma área de 74.965,471 km² e engloba os municípios de Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Marechal Thaumaturgo e Cruzeiro do Sul.

Comentários