Conecte-se conosco

Geral

Justiça solta Youssef pela segunda vez em menos de 24 horas

Publicado

em

Doleiro recebeu duas ordens de soltura e uma de prisão no mesmo dia

Brasília – Doleiro Alberto Youssef depõe na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Fundos de Pensão (Valter Campanato/Agência Brasil)

Em um dia de reviravoltas para Alberto Youssef, o juiz Eduardo Fernando Appio, da 13ª Vara Federal em Curitiba, decidiu cumprir a decisão de segunda instância e mandou soltar o doleiro, um dos delatores da Operação Lava Jato. Foi a segunda decisão de soltura proferida em menos de 24 horas.

A decisão foi tomada após o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre, conceder novo habeas corpus a favor do doleiro. Horas antes, o desembargador Marcelo Malucelli, do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), sediado em Porto Alegre, havia entendido haver ilegalidade na decretação da prisão, ocorrida ontem (20), e determinou sua soltura.

No entanto, Appio decretou nova prisão de Youssef mesmo após a determinação do TRF4. Ao manter a prisão, o juiz argumentou que novos documentos justificaram a decisão. Porém, em uma nova decisão, o magistrado da 13ª Vara Federal em Curitiba determinou a soltura do doleiro. Foram três decisões a respeito da liberdade do delator da Operação Lava Jato ao longo desta terça-feira (21). Duas pela liberdade e uma pela manutenção da sua prisão.

Ao decretar ontem (20) a prisão de Youssef, Appio levou em conta informações prestadas pela Receita Federal sobre o patrimônio do doleiro. De acordo com a decisão, Youssef não devolveu aos cofres públicos todos os valores desviados e possui vida incompatível com a “situação da imensa maioria dos cidadãos brasileiros”. Segundo a Receita, ele tentou ainda comprar um helicóptero e um avião.

Defesa

A defesa de Alberto Youssef sustenta que a prisão é ilegal por ter sido decretada de ofício, ou seja, sem requerimento do Ministério Público Federal (MPF).

Além disso, a defesa argumenta que o processo que deu origem à representação fiscal da Receita Federal estava suspenso e que o doleiro está usando tornozeleira eletrônica, fatos que afastariam a necessidade de prisão preventiva.

Edição: Marcelo Brandão

Comentários

Geral

Prefeitos de Assis Brasil e Plácido de Castro firmam cooperação com cidade catarinense

Publicado

em

Por Raimari Cardoso

Troca de experiências, compartilhamento de informações, fomento do associativismo e do cooperativismo, e o fortalecimento das parcerias público-privadas, são alguns dos objetivos de um acordo de cooperação formalizado entre os prefeitos Jerry Correia, de Assis Brasil, e Camilo da Silva, de Plácido de Castro, no Acre, com o prefeito da cidade catarinense de São Lourenço do Oeste, Agustinho Assis Menegatti.

O protocolo de intenções foi celebrado na sede da Prefeitura de São Lourenço do Oeste, por onde os prefeitos acreanos passaram como integrantes de uma missão do Programa Protagonismo Empresarial, organizada pelo Sebrae do Acre em parceria com a Federação das Associações Comerciais e o governo do Estado, segundo matéria da Agência de Notícias do Acre assinada por Jéssica Monteiro.

De acordo com Marcos Clay Silva, diretor de Administração e Finanças da Secretaria de Estado de Governo (Segov), a missão busca um modelo ideal de parceria público-privada para implantação no Acre. “Esta é uma região do Sul do Brasil com tradição em associativismo, onde as cooperativas têm certo protagonismo, gerando emprego e distribuição de renda”, explica Marcos Clay.

A missão que teve início na segunda-feira, 22, e terminou na sexta, 26, percorreu seis municípios do noroeste de Santa Catarina e um do Sul do Paraná. Participam da caravana 32 pessoas entre lideranças das associações comerciais, vereadores, o deputado da Assembleia Legislativa (Aleac), Tanízio Sá, e representantes das secretarias de Governo (Segov), de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict) e de Agricultura (Seagri).

Comentários

Continue lendo

Geral

Polícia Civil prende faccionados responsáveis por espancamento de mulher em Sena Madureira

Publicado

em

Na última sexta-feira, 26, agentes da Polícia Civil, que atuam na Delegacia de Sena Madureira, em conjunto com Departamento de Polícia de Capital e Interior (DPCI) e o 8° Batalhão da Polícia Militar, desencadearam uma operação para prender os responsáveis por torturarem uma jovem daquela cidade.

No dia 20 maio deste ano, os três envolvidos, que supostamente são vinculados com organização criminosa, gravaram um vídeo em que uma mulher, sob ordens deles, espancam uma jovem. Na ação foram presas três pessoas com idade de 24, 28 e 33 anos.

Na tarde do mesmo dia, foi realizada uma segunda fase da operação, em que foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão em pontos conhecidos de venda de drogas. Em três das quatro residências revistadas, foram encontradas drogas, munições e uma arma de fogo, além de ser efetuada a prisão de mais cinco pessoas com idades de 19, 21, 23, 44 e 25 anos.

Ao todo a operação efetuou 8 prisões ao longo da última sexta-feira e retirou de circulação vários criminosos já conhecidos da Justiça e das forças policiais.

Comentários

Continue lendo

Geral

Fundhacre recebe prefeita de Cobija e aborda serviço em saúde fornecido ao país vizinho

Publicado

em

O governo do Acre, por meio das instituições em saúde, vem buscando ofertar um serviço assistencial que atenda a todos os que procuram um atendimento na saúde pública do Estado.

Relações internacionais, Fundhacre recebe prefeita de Cobija e aborda serviço em saúde fornecido ao país vizinho. Foto: Gleison Luz

Assim, a Fundação Hospital Estadual do Acre (Fundhacre), vem atuando no acolhimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), tanto da capital, como de municípios e países vizinhos.

A Fundhacre atende pacientes da capital, municípios e países vizinhos. Foto: Gleison Luz

Na sexta-feira, 26, a Fundhacre recebeu a prefeita de Cobija, cidade da Bolívia, Ana Lúcia Reis. Acompanhada de sua equipe a prefeita agradeceu ao governo do Acre por toda a acolhida.

“Aqui somos muitos bem atendidos, uma atenção cem por cento gratuita aos internados, e queremos fazer um agradecimento ao governo do Acre, é sempre nobre o grande apoio”, comenta Ana Lúcia.

A diretora executiva da Fundhacre, Duciana Araújo, esteve recebendo a prefeita de Cobija. A direção do complexo vem fortalecendo o trabalho humanizado e acolhedor dentro hospital.

“Queremos fazer um agradecimento ao governo do Acre, é sempre nobre o grande apoio”, comenta Ana Lúcia, prefeita de Cobija. Foto: Gleison Luz

É gratificante poder contribuir com a população da Bolívia, por meio do serviço em saúde oferecido na Fundação Hospitalar, para nós é uma satisfação recebê-los. Os países têm relações que superam as nossas fronteiras, é um cuidado que não tem barreiras”, disse a diretora.

Comentários

Continue lendo

Em alta