Conecte-se conosco





Cotidiano

Jovem morre após levar facada no pescoço em discussão com ex-companheira no Acre

Elivelton de Souza Silva tinha ido visitar o filho na casa da ex-mulher quando os dois começaram a discutir e ela deu uma facada nele, segundo polícia. Jovem chegou a ser levado ao hospital de Tarauacá, mas não resistiu.

Publicado

em

Jovem chegou a ser levado ao hospital de Tarauacá, mas não resistiu – Foto: Duaine Rodrigues/G1

Por Iryá Rodrigues

O jovem Elivelton de Souza Silva, de 25 anos, morreu após levar uma facada no pescoço durante uma discussão com a ex-companheira, uma adolescente de 17 anos. O crime ocorreu nessa terça-feira (20), no bairro Senador Pompeu, município de Tarauacá, no interior do Acre.

Após a facada, a vítima chegou a ser levada ao hospital da cidade, mas não resistiu ao ferimento e morreu horas depois.

Conforme relatado à polícia, Silva tinha ido visitar o filho na casa da ex-mulher e os dois começaram uma discussão. A adolescente então teria deixado a criança no chão e foi até a cozinha da casa pegar uma faca. Em seguida, partiu para cima do rapaz e o acertou no pescoço.

Segundo informações da polícia, Elivelton tinha ido até à casa da ex-companheira, que é uma adolescente de 17 anos, para visitar o filho, quando acabou discutindo com a jovem, que deixou a criança no chão, foi até a cozinha e de posse de uma faca desferiu um golpe no pescoço da vítima. Ainda para tentar se livrar de mais golpes, Elivelton correu e acabou caindo em via pública.

Antes de furar o jovem, a mulher disse “você vai aprender a nunca mais enganar mulher”. Ainda segundo a polícia, essas palavras foram ditas pois Elivelton já possui outra família e acabou abandonando a agressora e o filho do casal. Após a ação, a adolescente permaneceu no local aguardando a chegada da Polícia Militar.

Quando a Polícia Militar chegou ao local, ele estava caído e tinha muito sangue ao redor. Foi acionada então uma equipe do Corpo de Bombeiros para fazer os primeiros socorros e encaminhar o rapaz ao hospital. O local foi isolado para o trabalho da perícia.

A adolescente foi apreendida em flagrante e levada à delegacia da cidade. O delegado responsável pelo caso, Saulo Macêdo, informou que ela ainda deve ser ouvida, mas que, por se tratar de menor, não pode dar muitos detalhes sobre o caso. Segundo ele, o bebê do casal está sendo acompanhado por uma equipe do Conselho Tutelar.

“Estamos fazendo o procedimento dela, ela vai ficar detida, o procedimento no caso é um auto de apreensão e estamos comunicando o fato à Justiça. O que apuramos até agora é que foi uma coisa relacionada a esse relacionamento que eles tinham. Foi uma briga de casal e ela acabou fazendo isso”, disse o delegado.

Comentários

Em alta