fbpx
Conecte-se conosco

Cotidiano

Grêmio vence o Caxias e conquista o hexacampeonato gaúcho na Arena

Publicado

em

Grêmio vence o Caxias e conquista o hexacampeonato gaúcho na Arena | Foto: Fabiano do Amaral

Tricolor foi superior na partida e chegou à vitória com gol de Suárez, de pênalti

Pela sexta vez consecutiva, o Rio Grande do Sul foi pintado de azul, preto e branco. Neste sábado, o Grêmio venceu o Caxias por 1 a 0, na Arena, e chegou ao seu 42° título do Gauchão na história. O gol foi marcado por Luis Suárez, de pênalti.

Como esperado, o confronto em Porto Alegre foi duro. Se enganou quem pensou que os comandados de Renato teriam vida fácil. A campanha Grená não foi à toa. Muito bem postado defensivamente, o Caxias impôs muitas dificuldades. Mesmo assim, foi o Tricolor que criou as melhores chances, principalmente no primeiro tempo. Na etapa final, após revisão do VAR, o camisa 9 uruguaio definiu o confronto da marca da cal.

O Tricolor volta a campo na próxima quinta-feira, às 21h30min, para enfrentar o ABC, em Natal, na partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil. Depois, no domingo, estreia no Brasileirão contra o Santos, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, às 18h30min.

Tricolor cria, mas não marca

Com o apoio da Arena lotada, o Grêmio iniciou a decisão no campo de ataque, pressionando o Caxias. Porém, a primeira chegada foi da equipe Grená. Aos 2, Marcelo cruzou da direita e Diego Rosa desviou de cabeça para fora. Aos 7, o Tricolor tentou chegar com mais perigo. Em boa troca de passes, Suárez recebeu dentro da área, mas ediantou demais e a bola ficou com o goleiro Bruno Ferreira.

Aos 12, Renato foi obrigado a fazer a primeira mudança na equipe. Reinaldo sentiu dores no joelho direito e foi substituído por Diogo Barbosa. Cinco minutos depois, o Grêmio quase abriu o placar. Após erro de Marlon na saída de bola, Cristaldo rolou para Suárez. Sozinho, o camisa 9 finalizou de bico e a bola, caprichosamente, beijou a trave direita de Bruno Ferreira.

Aos 20, Suárez ganhou da marcação e deu toque de cabeça para Bitello. Dentro da área, o camisa 39 girou e finalizou em cima da marcação. A bola saiu para escanteio. Três minutos depois, Villasanti construiu bela jogada pela meia esquerda, trocou passe com Bitello e finalizou de dentro da área. A bola passou tirando tinta da trave esquerda de Bruno Ferreira.

A pressão gremista seguiu a todo vapor. Aos 26, após nova troca de passes, Carballo recebeu na entrada da área e finalizou para ótima defesa do goleiro do Caxias. Seis minutos depois, Cristaldo cobrou escanteio da direita e Suárez desviou de cabeça por cima do gol.

Aos 37, Cristaldo cobrou falta da meia esquerda direta para o gol. O goleiro Bruno Ferreira deu um tapa na bola e colocou para escanteio. Na última chegada da etapa inicial, aos 45, Luis Suárez tentou o chute de fora da área, mas pegou mal na bola.

Suárez resolve

A tônica partida seguiu a mesma na etapa final, com o Tricolor pressionando para abrir o placar. Aos 4, após boa troca de passes, Cristaldo finalizou de esquerda da entrada da área, e a bola passou por cima da meta de Bruno Ferreira. Três minutos depois, Bitello cobrou falta da meia esquerda com muito perigo. O goleiro do Caxias ficou estático embaixo das traves, mas teve a sorte da bola ir para fora.

Na primeira chegada com perigo, aos 10, o Caxias quase abriu o placar. Peninha tabelou com Eron e finalizou da entrada da área para grande defesa de Adriel. Dois minutos depois, Marlon recebeu na intermediária, avançou e finalizou de perna esquerda para fora.

Aos 14, Vina teve a chance de marcar. Após troca de passes entre Suárez e Bitello, o camisa 11 recebeu dentro da área e finalizou para defesa excepcional de Bruno Ferreira. Na jogada, o centroavante uruguaio foi puxado, e o VAR chamou Leandro Vuaden. Após revisão, o árbitro marcou a penalidade.

Aos 19, Suárez cobrou com perfeição para explodir a Arena. O camisa 9 bateu à meia altura no canto direito, Bruno Ferreira foi na bola, mas não conseguiu alcançar, 1 a 0. Festa dos mais de 51 mil torcedores.

Com o gol sofrido, o Caxias buscou sair mais para o jogo. Aos 21, Dudu Mandai avançou pela intermediária e finalizou. A bola passou à direita da meta de Adriel. Aos 25, o Pistolero quase marcou o seu segundo gol. Vina deu uma bela assistência por elevação e Suárez completou para ótima intervenção de Bruno Ferreira.

Um minuto depois, o Caxias quase empatou o confronto em Porto Alegre. Após cobrança de falta, Fernando desviou  e Adriel fez grande defesa. Na sobra, Marlon, sozinho dentro da área, finalizou muito mal e perdeu a melhor chance grená. Aos 35, Suárez recebeu cruzamento da direita e cabeceou no meio do gol. O goleiro Bruno Ferreira fez defesa tranquila.

Renato Portaluppi aproveitou os minutos finais para fazer substituições com a intenção de garantir o resultado. Lucas Silva, Gustavinho e Bruno Uvini foram a campo nos lugares de Carballo, Bitello e Cristaldo. O Caxias, por sua vez, tentou ter uma maior presença ofensiva, mas esbarrava na própria qualidade.

Aos 54, Lucas Silva poderia ter definido o confronto. Em passe de Luis Suárez, o camisa 16 completou para o fundo das redes. Porém, o VAR, mais uma vez, chamou Leandro Vuaden, que anulou o gol por falta no jogador do Caxias na origem da jogada. Na cobrança, Marcelo acertou a barreira, e a bola saiu pela linha de fundo. Foi a última grená para tentar o empate.

Quando Leandro Vuaden apitou o final da partida, os mais de 51 mil torcedores fizeram a festa na Arena. O sexto título consecutivo e o 42° na história. O Rio Grande do Sul foi mais uma vez pintado de azul, preto e branco.

Gauchão 2023 – Final – Jogo 2

Grêmio 1  
Adriel; João Pedro, Bruno Alves, Kannemann e Reinaldo (Diogo Barbosa); Villasanti, Carballo (Lucas Silva), Cristaldo (Bruno Uvini), Bitello (Gustavinho) e Vina (Zinho); Luis Suárez. Técnico: Renato Portaluppi

Caxias 0
Bruno Ferreira; Marcelo, Dirceu (Adriel), Fernando e Dudu Mandai; Marlon (Marciel), Vini Guedes (Vinícius) e Peninha (Marcão); Diego Rosa (Yago Taborda), Jean Dias e Eron. Técnico: Thiago Carvalho.

Gol: Luis Suárez, aos 19 minutos do segundo tempo (G)
Cartões amarelos: Bruno Alves (G); Dirceu, Vini Guedes, Marlon e Diego Rosa (C);
Cartões vermelhos: Diogo Barbosa (G); Vinícius (C)
Árbitro: Leandro Vuaden (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
VAR: Pablo Ramon Pinheiro (RN)
Data e hora: 08/04, sábado, às 16h30
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 51.556 torcedores

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Pai de Marina Ruy Barbosa se ofende e sai em defesa da filha devido sucesso: ‘Inveja’

Publicado

em

Por

A atriz Marina Ruy Barbosa está no Festival de Cannes 2024, na França, e o pai dela, o empresário Paulo Ruy Barbosa, não gostou das críticas que viu sobre a herdeira e saiu em defesa dela em um comentário na rede social.

Falando sobre a ruiva ser destaque no local e ter seu papel recohecido até pela imprensa internacional, Paulo enalteceu a herdeira e falou sobre as pessoas terem despeito dela. Afinal, Marina Ruy Barbosa está impressionando no local com seus looks poderosos e cheios de elegância. “Semana muito difícil para aquelas que morrem de inveja da Marina! Destaque total em Cannes, muito elogiada pela mídia internacional que acompanha o festival”, escreveu o pai da atriz sobre ela estar se dando bem no evento.

Nos últimos dias, a empresária do ramo da moda tem impressionado com seus looks. Com um vestido branco e joias com pedras vermelhas, a ruiva se destacou no tapete do festival na última sexta-feira, (17).

Fonte: TOP FAMOSOS

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Caminhão carregado com gado tomba em trecho crítico da BR-364 no Acre

Publicado

em

O resgate dos animais, por sua vez, foi uma tarefa desafiadora, exigindo várias horas de trabalho e até mesmo o uso de motosserras para liberar os bois presos dentro do caminhão.

O tombamento ocorreu quando ele tentava desviar de um dos buracos na via, perdendo o controle do veículo e saindo da pista. Foto: cedida

Um acidente envolvendo um caminhão carregado com gado ocorreu nesta tarde próximo à comunidade do Rio Liberdade, em um trecho problemático da BR-364. O veículo, que vinha de Tarauacá com destino a Cruzeiro do Sul, tombou devido às péssimas condições da estrada, marcada por inúmeros buracos.

O motorista do caminhão, apesar do susto, saiu ileso do acidente. O tombamento ocorreu quando ele tentava desviar de um dos buracos na via, perdendo o controle do veículo e saindo da pista. O resgate dos animais, por sua vez, foi uma tarefa desafiadora, exigindo várias horas de trabalho e até mesmo o uso de motosserras para liberar os bois presos dentro do caminhão.

Embora tanto o caminhão quanto a carga tenham sofrido danos, estes foram considerados reparáveis. Contudo, os esforços para recolocar o veículo na pista prolongaram-se por mais de um dia, impactando o tráfego na região.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Emily Garcia exibe hematomas após se machucar ao tentar pegar buquê: ‘Sonho’

Publicado

em

Por

Na madrugada desta quinta-feira (23), aconteceu a festa de casamento das influenciadoras, Thamara Maia e Mayara Bouvier, que fazem parte do grupo de amigos de Carlinhos Maia, e aconteceu uma confusão no momento em que as influenciadoras jogaram o buquê para os convidados solteiros.

A influenciadora Emily Garcia estava em frente ao palco da festa e até conseguiu pegar um dos buquês, mas foi derrubada no chão as duas vezes em que as noivas jogaram as flores. Ao chegar em casa, ela mostrou os hematomas na perna causados pela pancadaria.

Nas redes sociais, Emily desabafou sobre a confusão. “Em certos eventos, temos que ser educados até com quem é capaz de nos apunhalar pelas costas, ou até já apunhalou de fato. Mas isso não significa que somos obrigados a levar esse tipo de pessoa para nossas vidas. Exemplo: observem quem são meus amigos e andam comigo no dia a dia. Pouquíssimas pessoas, e tá tudo bem. Enquanto vocês mandam eu abrir os olhos, já abri até demais e sei quem é cada um”, disse ela.

“Odeio gente sonsa, principalmente os que querem mostrar bondado o tempo todo, nome de Deus na boca aqui, nome de Deus na boca ali, mas por trás é maldade, malícia, fofoca, rancor. Por isso mesmo, não sou uma delas, posso ser odiada ou amada, mas pelo que sou, por meus defeitos e qualidade, não por máscaras”, completou a amiga de Carlinhos Maia.

Emily Garcia mostra hematomas após briga por buquê — Foto: Reprodução/Instagram

Fonte: TOP FAMOSOS

Comentários

Continue lendo