Veículo foi entregue na delegacia de Brasiléia e depois ao proprietário - Foto: Alexandre Lima
Veículo foi entregue na delegacia de Brasiléia e depois ao proprietário – Foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima

Após três dias e passarem por momentos de terror nas mãos dos bandidos sob mira de armas, policiais civis e militares da fronteira, conseguiram restituir uma camionete modelo Mitsubishi ao proprietário Francisco A. Marques (50), que estava na sede da Polícia Nacional Boliviana, na cidade de Cobija, capital de Pando/Bolívia.

O veículo foi levado por Clebson que foi preso na Bolívia.
O veículo foi levado por Clebson que foi preso na Bolívia.

Segundo o empresário, tudo aconteceu na noite de sábado para domingo passado, quando bandidos renderam um de seus irmãos e se deslocaram para sua chácara, localizada na Estrada do Quixadá, onde fizeram anunciar que seu pai estaria doente que para abrisse a porta.

Foi quando renderam sua família e deixaram oito pessoas, incluindo crianças, amarrados sob mira de armas, enquanto pegavam objetos e a pick-up. O veículo foi levado para a Bolívia, através do município de Plácido de Castro por um dos comparsas, Clebson Nascimento Farias.

Este teve ao azar de detido na comunidade de Santa Elena (Bolívia), para depois ser transferido para Cobija. Com ajuda dos policiais brasileiros, o proprietário ficou sabendo do veículo e se deslocou até fronteira para recuperar seu patrimônio que ainda está pagando.

Somente após dois dias de burocracia por parte da Polícia boliviana e ajuda de uma advogada do consulado do Brasil na Bolívia, foi possível o repatriamento do veículo e entrega ao proprietário.

Clebson também foi transferido para uma das celas da delegacia de Brasiléia, onde estará a disposição das autoridades para ajudar a identificar o restante de seus comparsas no crime.

Segundo Francisco, sua família ainda está se recuperando do susto e todos estão bem fisicamente.

IMG_6515

Comentários