fbpx
Conecte-se conosco

Flash

Equipe do Ministério da Cidadania visita imigrantes em Assis Brasil e conversa com governo peruano sobre conflito na fronteira

Publicado

em

O secretário Nacional de Assistência Social, do Ministério da Cidadania, Miguel Ângelo Gomes esteve nesta sexta- feira, 19, em Assis Brasil para conhecer a situação em que estão os imigrantes estrangeiros que ocupam desde o último domingo, 14, a ponte da Integração, na fronteira do Brasil com o Peru.

Secretário Nacional de Assistência Social, do Ministério da Cidadania, Miguel Ângelo Gomes esteve nesta sexta- feira, 19, em Assis Brasil para conhecer a situação em que estão os imigrantes estrangeiros que ocupam desde o último domingo, 14. Foto: Diego Gurgel/Secom

Acompanhado por uma equipe técnica e pela secretária de Estado de Assistência Social dos Direitos Humanos e de Políticas para Mulheres (SEASDHM), Ana Paula Lima, Gomes foi até o local onde mais de oitenta estrangeiros, a maioria haitianos, estão acampados em barracas do lado brasileiro da ponte. O representante do governo federal foi recebido pelo governador da Província se Madre De Dios, Luis Guillermo Hidalgo Okimura e pelo prefeito de Iñapari, Abraão Cardoso.

Lado peruano permanece fechado até que governo peruano se posicione novamente Foto: Diego Gurgel/Secom

As autoridades peruanas disseram que o governo do país está estudando uma forma para liberar a passagem dos imigrantes pelo território, mas que por enquanto a fronteira não será liberada. Luis Guillermo falou que o ministro do Meio Ambiente do Peru, Gabriel Quijandria estará em Iñapari no próximo domingo, 21, trazendo uma posição do presidente do Peru. Ele lamentou a invasão praticada pelos estrangeiros e ressaltou que a atitude pode atrasar as tratativas entre Brasil e Peru.

Autoridades peruanas disseram que o governo do país está estudando uma forma para liberar a passagem dos imigrantes pelo território, mas que por enquanto a fronteira não será liberada. Foto: Diego Gurgel/Secom

“Queremos resolver da forma mais democrática possível esse impasse, mas a decisão de abrir a fronteira depende do presidente. Vamos aguardar as orientações vinda de Lima, mas até lá estamos abertos para qualquer conversa”, garantiu.

O representante do governo federal disse que o problema exige uma solução imediata, mas reconhece que por se tratar de uma situação diplomática, ele também depende da instância superior. Ângelo garantiu que o Ministério da Cidadania vai intervir e ajudar o estado e o município no enfrentamento da crise humanitária na fronteira. “Viemos para conhecer a realidade e ouvir as demandas da prefeitura que está na linha de frente dessa situação. De posse do relatório detalhado iremos agilizar a ajuda dentro daquilo que a urgência nós permite”, diz.

Enquanto a ajuda federal não chega, o Estado vai continuar dando suporte ao município, garante a secretária da SEASDHM, Ana Paula Lima. Foto: Diego Gurgel/Secom

Enquanto a ajuda federal não chega, o Estado vai continuar dando suporte ao município, garante a secretária da SEASDHM, Ana Paula Lima, que levou também uma equipe de técnicos para auxiliar a equipe municipal na execução das ações de assistência aos imigrantes. Desde o início da crise na fronteira, o governo do Estado já destinou mais de duas toneladas de alimentos e outros itens para os abrigos onde estão os estrangeiros.

“Trouxemos aqui o governo federal para que eles vissem que o problema exige a união de forças. O Estado vem fazendo a parte dele, mas é preciso a ajuda do governo federal. Acredito que essa visita vai resultar em uma ação capaz de canalizar recursos e ações urgentes em favor dos imigrantes”, acredita.

Comentários

Continue lendo

Flash

Prefeitura de Brasiléia promove formação para professores de Educação Infantil

Publicado

em

A cidade de Brasiléia, por meio da Secretaria de Educação, dá início a um importante percurso formativo para os professores do Ensino Infantil. Com o objetivo de promover a oralidade, leitura e escrita nesta etapa crucial da educação, a iniciativa faz parte do Compromisso Nacional Criança Alfabetizada.

Na noite de terça-feira, 23 de abril, cerca de 70 professores da rede municipal de Educação Infantil se reuniram para o primeiro encontro desta formação. O evento contou com a presença de autoridades educacionais, incluindo o Coordenador de Ensino, Jesus Bispo, a Coordenadora de Ensino Infantil, Elizangela Ferreira, e a Gestora da Escola Menino Jesus, Maria Castro.

O principal objetivo desta iniciativa é garantir uma educação de qualidade desde os primeiros anos de vida escolar. A formação visa capacitar os professores para proporcionar um ambiente propício ao desenvolvimento das habilidades de comunicação e alfabetização das crianças, fundamentais para o seu sucesso acadêmico futuro.

Este compromisso com a formação continuada dos educadores reflete o empenho da Prefeitura de Brasiléia em oferecer uma educação infantil de excelência, preparando as novas gerações para os desafios do mundo moderno.

Comentários

Continue lendo

Flash

Vídeo: Alvo da Operação “Portas Abertas” tem habeas corpus negado

Publicado

em

O policial penal Romilson da Silva, foi preso no dia cinco deste mês, em Rio Branco. O agente de segurança pública, foi um dos alvos da Operação Portas Abertas, deflagrada pela Policia Civil.

A ação policial investiga uma possível facilitação de agentes públicos, na rebelião que deixou cinco mortos, em julho do ano passado, no presídio de Segurança Máxima Antônio Amaro Alves.

Quase três semanas após a operação da operação. A defesa do policial penal ingressou com a liminar de um habeas corpus.

No recurso, o advogado alegou que não há justificativa para a decretação da prisão preventiva e destacou que o Romilson, tem condições pessoais favoráveis, como bons antecedentes e residência fixa.

Mas na decisão, que negou o pedido, o desembargador Francisco Djalma disse, que a concessão de medida liminar em sede de habeas corpus, só é admitida em caráter excepcional, quando houve flagrante ilegalidade ou abuso de poder.

Ele disse também, que o juiz de primeiro grau, justificou a prisão do policial penal para a garantia da ordem pública.

Ainda na operação deflagrada no dia cinco deste mês, outros quatro policiais penais foram afastados das funções por 90 dias.  O inquérito do caso, ainda não foi finalizado.

Comentários

Continue lendo

Flash

OPERAÇÃO PF PF deflagra operação contra o abuso sexual infantojuvenil no Acre

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou, nesta quarta-feira (24/4), a Operação Videochamada, que visa combater a produção, o compartilhamento e o armazenamento de conteúdo de abuso sexual infantojuvenil.

Participaram da ação seis policiais federais, que deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão, expedido pela 2ª Vara da Infância e Juventude da Comarca de Rio Branco/AC.

Os policiais objetivam encontrar elementos probatórios que ratifiquem a participação do investigado nos fatos em apuração, o que poderá resultar em novas diligências e na identificação de outros envolvidos na prática criminosa.

A investigação teve início em dezembro de 2023 a partir de notícia de crime encaminhada à Polícia Federal.

Se confirmada as hipóteses criminais, o investigado poderá responder pelos delitos de produção, compartilhamento e armazenamento de conteúdo pornográfico infantojuvenil, cujas penas, somadas, podem chegar a 18 anos de reclusão.

Comentários

Continue lendo