Por Raimari Cardoso

Mesmo com os números indicando que não há uma trégua da pandemia do novo coronavírus no Acre, a Associação de Ministros Evangélicos de Xapuri (Amex) pretende realizar a 14ª Semana Evangélica, um dos maiores eventos religiosos e culturais do município, que costuma acontecer no começo de agosto.

Em reunião realizada na semana passada, envolvendo representantes das igrejas e da administração municipal, a prefeitura propôs que o evento ocorra de maneira virtual, ou seja, por meio das “lives” transmitidas via internet. Os pastores prometeram analisar a ideia, mas não gostaram da proposta.

O vice-presidente da Amex, pastor Moisés Madeira, da igreja Assembleia de Deus – Ministério de Madureira, considera que é possível que a Semana Evangélica seja realizada no mês de setembro, com base no decreto estadual que liberou o funcionamento dos templos com 20% de ocupação.

Normalmente realizado na Praça de Eventos de Xapuri, este ano, segundo Madeira, o evento ocorreria no ginásio de esportes do município, com o respeito à porcentagem de capacidade de público prevista no decreto, além da observância a todas as medidas de prevenção exigidas pelas autoridades em saúde.

A Assessoria de Divulgação Social da prefeitura afirmou que uma nova reunião sobre o assunto está marcada para o próximo dia 10, com os líderes religiosos, mas adiantou que a intenção do município é mesmo oferecer suporte técnico para que os eventos da festa evangélica ocorram por meio de lives diárias.

Igrejas podem voltar a fechar

É importante salientar que na última quarta-feira, 29 de julho, o Comitê do Pacto Acre sem Covid decidiu recomendar ao governo do estado que o funcionamento dos templos religiosos – com capacidade de até 20% do público – volte a ser liberado somente na bandeira amarela e não na fase laranja, como está vigorando há alguns dias.

Antes da recomendação do Comitê, os Ministérios Públicos Estadual e Federal já haviam feito a mesma orientação e dado prazo de 48 horas para que o governo se manifestasse. Ao que tudo indica, o governador Gladson Cameli está aguardando a nova avaliação do Pacto Acre sem Covid, que deve sair na próxima quarta-feira, 5, para tomar uma decisão a respeito do assunto.

Coronavírus em alta

Em Xapuri, os números divulgados diariamente pela Secretaria de Saúde não conspiram a favor da realização de eventos públicos. Com uma constante oscilação no registro de novos casos no decorrer dos meses de junho e julho, na última sexta-feira (31/7), o município voltou a apresentar uma nova elevação na curva de contágios.

Foram 76 novos casos apenas no último dia de julho, mês que terminou com um acúmulo de 223 confirmações para o novo coronavírus, quase a mesma quantidade (240), registrada no período anterior desde o início da pandemia – 27 de abril a 30 de junho. Até a última atualização do Boletim Municipal, Xapuri tinha 463 casos confirmados e 6 mortes por Covid-19.

Comentários