Por G1 RO

A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) divulgou os nomes e fotos dos sete detentos que conseguiram escapar do Centro de Ressocialização de Ariquemes (RO), no último domingo (2). Durante a fuga, dois presos acabaram mortos e outros dois foram baleados.

Os presos que conseguiram escalar as grades e fugir da unidade são:

  1. Carlos Alberto Santana Santos
  2. Miqueiras Pereira da Silva
  3. Rafael Fonseca de Paula
  4. Luan Henrique Felipe Cassol
  5. Erivan Andrade dos Santos
  6. Diego Gomes da Silva
  7. Dhione Costa do Santos

Segundo a direção do Centro de Ressocialização, ainda não foi localizado nenhum dos sete foragidos. Quem tiver informações sobre o paradeiro dos fugitivos pode entrar em contato através do telefone 190, da Polícia Militar (PM), ou 197, da Civil.

Abaixo, veja as fotos dos sete foragidos:

Carlos Alberto dos Santos é procurado pela polícia em RO — Foto: Reprodução
Dhione Costa é procurado após fuga em presídio — Foto: Reprodução

Erivan dos Santos é procurado após fugir de presídio em RO — Foto: Reprodução
Luan Henrique Felipe Cassol é procurado após fugir de presídio em Ariquemes — Foto: Reprodução
Miqueias Pereira da Silva é procurado após fugir de presídio — Foto: Reprodução
Rafael Fonseca é procurado após fugir de presídio em Ariquemes — Foto: Reprodução

Fuga filmada

Onze presos tiveram acesso a área externa do presídio de Ariquemes, no domingo, e começaram a pulas as grades de segurança. Toda a fuga foi registrada pelo circuito interno de monitoramento (veja abaixo).

Para tentar conter a fuga, a polícia penal atirou e ordenou que os presos voltassem, mas eles não obedeceram.

Segundo a Sejus, quatro presos acabaram sendo atingidos pelos tiros, sendo que dois ficaram feridos e outros dois morreram na hora. Os feridos foram socorridos e levados à Unidade de Saúde para receber atendimento médico.

Na segunda-feira (3), a Sejus informou ter aberto uma apuração minuciosa no intuito de apurar os óbitos e a fuga no presídio de Ariquemes.

“Independente das circunstâncias, a morte de qualquer pessoa não é objetivo da atuação do Estado no cumprimento de suas obrigações”.

Em nota, a pasta ainda disse que a Equipe de Inteligência da Secretaria e o GAPE trabalham em conjunto com a Polícia Civil e Militar para recapturar os foragidos.

“A Secretaria de Justiça lamenta que a situação em questão tenha obtido como uma das consequências a morte de duas pessoas privadas de liberdade, haja vista que, independente das circunstâncias, a morte de qualquer pessoa não é objetivo da atuação do Estado no cumprimento de suas obrigações”, afirma a pasta.

Vídeo da fuga

Os apenados Leandro Ferreira De Oliveira e Willian Aparecido Garcia, na tentativa de fuga, se lesionaram ao pular o alambrado. Estes foram socorridos pelo SAMU e encaminhados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para avaliação com a equipe médica de plantão e logo após, encaminhados escoltados para o Hospital João Paulo II em Porto Velho, em virtude da gravidade das lesões que sofreram ao pular os obstáculos.

Os corpos dos apenados em óbito foram removidos pela funerária de plantão e entregues no Instituto Médico Legal para exame de corpo delito e posterior liberação para os procedimentos fúnebres. 

O registro do Boletim de Ocorrência Policial sob n° 113.353/2020 ressalta que a unidade em questão foi projetada para acomodar 196 internos, sendo que na data da fuga abrigava o total de 590 apenados, com o efetivo de apenas 12 Policiais Penais. 

Comentários