fbpx
Conecte-se conosco

Geral

Suspeito de homicídio é preso pela PM durante Operação Saturação

Publicado

em

Na tarde desta segunda-feira, 17, um homem de 26 anos foi preso por uma guarnição do 3º Batalhão da Polícia Militar do Acre (PMAC), após ser abordado durante a Operação Saturação, no bairro Placas. Suspeito de homicídio, havia um mandado de prisão em seu nome.

De serviço na operação, os militares visualizaram a caminhonete Amarok de cor preta que, conforme informações repassadas pelo Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), teria sido usado para a prática de homicídios ocorridos em diferentes bairros de Rio Branco e estaria circulando na área da unidade militar.

Realizada a abordagem, o veículo foi devidamente identificado e constavam restrições no licenciamento. Em relação ao condutor, foi feita a busca pessoal e a consulta nominal, na qual verificou-se o mandado de prisão a cumprir.

O veículo foi conduzido ao pátio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) e o condutor à Delegacia de Flagrantes (Defla) para dar continuidade aos procedimentos cabíveis.

Comentários

Continue lendo

Geral

Polícia Civil do Acre resgata cães vítimas de maus-tratos em Rio Branco

Publicado

em

Nesta segunda-feira, 22, a Polícia Civil do Acre (PCAC), por meio da Delegacia de Polícia da 1ª Regional, em Rio Branco, realizou uma operação de resgate de dois cães que vinham sofrendo maus-tratos em uma residência do bairro Bela Vista. A ação contou com o apoio de peritos criminais e do Núcleo de Operações com Cães (NOC) da PCAC.

A equipe da Delegacia de Polícia da 1ª Regional recebeu denúncias de moradores preocupados com o estado de saúde e bem-estar de dois cães mantidos em condições degradantes.

Diante das informações, os policiais civis, acompanhados de peritos criminais e cães do Núcleo de Operações com Cães (NOC), deslocaram-se até o local para averiguar a situação. Ao chegarem à residência, constataram os relatos de maus-tratos, encontrando os animais em estado de desnutrição e visíveis sinais de negligência.

Sem hesitar, a equipe realizou o resgate imediato dos cães, que foram levados para receber os cuidados necessários. Os animais serão tratados e posteriormente encaminhados para adoção responsável.

O responsável pelos animais foi conduzido pela PCAC para a delegacia de flagrantes, onde serão adotadas as medidas cabíveis. Ele responderá pelo crime de maus-tratos a animais, previsto na Lei de Crimes Ambientais.

A autoridade policial destaca a importância da população em denunciar casos de maus-tratos. “É fundamental que a sociedade esteja atenta e denuncie situações de violência contra animais. As denúncias podem ser feitas em qualquer delegacia de polícia ou de forma anônima através do Disque Denúncia 181”, afirmou o delegado responsável pelo caso, Dr. Karlesso Nespoli.

A Polícia Civil reitera a importância das denúncias e orienta que qualquer pessoa que presencie ou suspeite de maus-tratos a animais pode fazer a denúncia de forma anônima através do Disque Denúncia 181, ou de forma presencial na delegacia mais próxima a sua casa.

 

Comentários

Continue lendo

Geral

Câmara dos Deputados debate dificuldades dos produtores para escoamento das safras

Publicado

em

Por

A produção agropecuária brasileira atingiu um marco histórico em 2023, com um crescimento de mais de 15%, o maior desde 1995. Esse resultado positivo, no entanto, foi contrastado com as dificuldades enfrentadas no escoamento da safra agrícola.

A má qualidade das rodovias, a oferta insuficiente de ferrovias e hidrovias e a baixa integração modal são apontados como os principais gargalos para o escoamento da produção.

Segundo dados apresentados no Senado Federal, cerca de 61% do transporte no Brasil é realizado por estradas, em sua maioria em condições precárias. Apenas 12,4% das estradas brasileiras são pavimentadas, o que coloca o país em desvantagem em relação a seus principais concorrentes no mercado internacional.

A situação se torna ainda mais crítica na região do Arco Norte, que tem registrado um crescimento expressivo na produção agrícola, mas carece de infraestrutura adequada para acompanhar esse desenvolvimento. A falta de investimentos na região tem impactado negativamente a competitividade dos produtos brasileiros no mercado internacional e também no mercado interno.

Outro ponto crítico é a questão da armazenagem, que não tem acompanhado o ritmo acelerado da produção agrícola. Em 2024, o país enfrenta um déficit de 118,7 milhões de toneladas, o que gera perdas para os produtores e aumenta os custos com logística. A falta de políticas públicas para incentivar a construção de armazéns e silos modernos, aliada às taxas de crédito pouco atrativas para o setor, contribuem para agravar o problema.

Em busca de soluções para os desafios do escoamento da safra, a Comissão de Agricultura, Pecuária e Abastecimento da Câmara dos Deputados realizou uma audiência pública para debater o tema.

O encontro reuniu especialistas e representantes de diversas entidades, como a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Ministério dos Transportes, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Ministério dos Portos e Aeroportos, Organização das Cooperativas do Brasil (OCB), Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa) e Associação Nacional dos Transportes Ferroviários (ANTF).

Durante o debate, diversas propostas foram apresentadas para superar os desafios do escoamento da safra. Entre as principais medidas estão:

  • Melhorias na infraestrutura: Investimentos em rodovias, ferrovias e hidrovias para aumentar a capacidade e reduzir os custos de transporte;
  • Modernização dos portos: Ampliação da capacidade e eficiência dos portos para agilizar o embarque de produtos agrícolas;
  • Incentivos à armazenagem: Criação de políticas públicas para incentivar a construção de armazéns e silos modernos;
  • Integração modal: Melhoria da integração entre os diferentes modais de transporte para otimizar a logística;
  • Desburocratização: Simplificação dos processos burocráticos para facilitar o escoamento da produção.

Superar os gargalos logísticos é fundamental para garantir a competitividade do agronegócio brasileiro no mercado internacional e para impulsionar o desenvolvimento do país. As medidas propostas no debate na Câmara dos Deputados representam um passo importante na busca por soluções para esse desafio crucial.

Veja o vídeo do debate:

Fonte: Pensar Agro

Comentários

Continue lendo

Geral

Armazém prepara caldo gigante na festa regional da tilápia

Publicado

em

Por

Um grande evento culinário promete agitar a cidade de Armazém (140km da capital, Florianópolis), em Santa Catarina, no próximo final de semana (27 e 28.04), com a preparação de um caldo de tilápia que utilizará mais de 700 kg de peixe em uma panela de quase 12 toneladas, com cerca de 2500 litros de caldo. A terceira edição da Festa Regional da Tilápia de Armazém oferecerá, gratuitamente, o caldo do peixe para aproximadamente 4.500 pessoas.

A escolha da tilápia como prato principal desta festa não é por acaso. O Brasil é o quarto maior produtor mundial da espécie, com produção de 579 mil toneladas em 2023. Esse número representa um crescimento de 5,28% em relação ao ano anterior e demonstra o interesse crescente dos consumidores pela tilápia.

O aumento na produção de tilápia no Brasil é evidenciado pelo mais recente levantamento da Associação Brasileira da Piscicultura (Peixe BR). A produção de tilápia no país saltou de 285 mil toneladas para 579 mil toneladas nos últimos dez anos. Atualmente, o Brasil ocupa a quarta posição no ranking mundial de produtores de tilápia, ficando atrás apenas de China, Indonésia e Egito.

Em 2023, a produção nacional de peixes de cultivo atingiu 887.029 toneladas, um crescimento de 3,1% em relação a 860.355 toneladas no ano anterior. Dessa totalidade, a tilápia representou 579.080 toneladas, ou 65,3% do total. Outras espécies, como peixes nativos, carpa, truta e pangasius, também tiveram participação significativa, mas em menor escala.

O Paraná destaca-se como o líder em produção no setor, enquanto a região Sul do país mantém sua posição predominante, abrigando um terço do total nacional. Segundo Francisco Medeiros, presidente da Peixe BR, a tilápia vem ganhando espaço no mercado devido ao aumento do interesse dos consumidores pela espécie, conhecida por sua qualidade e presença em cardápios nacionais.

A FESTA – A prefeitura de Armazém, autodenominada Capital Catarinense da Tilápia, destaca que a festa não só promove o prato como também oferece aos visitantes a oportunidade de experimentar uma iguaria única, preparada na maior panela do mundo. Além do caldo de tilápia, os visitantes poderão degustar um molho especial preparado com banha suína, tomate e caldo de galinha, prometendo uma experiência gastronômica rica.

O evento contará ainda com atrações variadas, proporcionando entretenimento e diversão para todos os presentes. A preparação do caldo será auxiliada por uma retroescavadeira, destacando a escala monumental do prato servido. A Festa Regional da Tilápia em Armazém demonstra a importância cultural e econômica da piscicultura na região, bem como seu impacto na culinária local e nacional.

Serviço:

O quê: Festa Regional da Tilápia
Quando: 27 e 28 de abril
Onde: Armazém, Santa Catarina
Entrada: Gratuita

Fonte: Pensar Agro

Comentários

Continue lendo