fbpx
Conecte-se conosco

Cotidiano

Sindicato questiona condições de trabalho e falta de profissionais em hospitais no Acre e monta dossiê

Publicado

em

Raio-X de um dos hospitais ainda não foi instalado e está guardado em caixas há seis meses, diz Sindmed – Foto: Arquivo/Sindmed-AC

Apontando problemas como falta de segurança e até mesmo casos assédio moral e ameaças em pelo menos quatro hospitais do interior do Acre, o Sindicato dos Médicos (Sindmed-AC) informou nesta semana que está montando um dossiê com denúncias.

A reportagem tentou durante três dias obter uma resposta da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre) sobre as denúncias, mas não obteve nenhum posicionamento até a última atualização desta reportagem.

Conforme o sindicato, os problemas são registrados nos hospitais Cruzeiro do Sul, Feijó, Tarauacá e Sena Madureira. Nestes locais, foram feitas visitas e catalogação das queixas de cada unidade e todo material vai ser transformado em um dossiê que vai passar por análise do setor jurídico para, então, serem tomadas as medidas cabíveis, de acordo com o Sindmed.

CRM também fez vistoria no hospital de Tarauacá – Foto: Asscom/CRM-AC

O sindicato lista ainda que há falta de equipamentos e furo nas escalas, além da falta de condições de trabalho. Em Tarauacá, por exemplo, no Hospital Dr. Sansão Gomes, o órgão informou que um novo raio-x permanece na caixa há seis meses e a população utiliza o antigo que apresenta baixa resolução na imagem, dificultando o tratamento.

No final de agosto, após moradores denunciarem falta de estrutura e profissionais no Hospital de Tarauacá, o Ministério Público do Acre (MP-AC) chegou a soliciar ao Conselho Regional de Medicina do Acre (CRM-AC) uma vistoria na unidade e constatou, além da falta de profissionais, sobrecarga de trabalho da equipe.

Em Feijó, o prédio do Hospital Geral apresenta uma série de problemas estruturais, além do plantão ser realizado por apenas um médico, segundo o Sindmed. Em agosto desse ano, o CRM informou que a maternidade que é anexa ao hospital podia sofrer uma interdição ética após serem encontradas várias irregularidades.

Em Sena Madureira, enquanto a construção do novo prédio não é finalizada, a população é atendida em uma unidade antiga e inadequada para a cidade, diz o Sindmed. Na cidade, o caso também já virou alvo de investigação do MP-AC por descarte irregular de lixo, falta de servidores, medicamentos e estrutura física.

Já na Maternidade Hospital da Mulher e da Criança do Juruá e no Hospital Regional do Juruá, em Cruzeiro do Sul, segundo o Sindmed, faltam especialistas, sendo que no primeiro existe a carência de obstetras e pediatras, enquanto no segundo faltam neurocirurgião, cirurgiões e dermatologistas para atender a população.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

João Renato Jácome avalia de maneira positiva Seminário Internacional

Publicado

em

Foto CBDE: O presidente da CBDE, Antônio Hora Filho e João Renato Jácome

O presidente da Federação Acreana do Desporto Escolar (Fade), João Renato Jácome, avaliou de maneira positiva a participação no Seminário Internacional do Desporto Escolar realizado na última semana em Curitiba, no Paraná.

O evento contou com a participação de profissionais de 13 países, incluindo Estados Unidos, Nigéria, El Salvador, Alemanha, Austrália, Marrocos e Peru.

“Esse troca de experiência com profissionais de outros países é fundamental para o crescimento do desporto escolar. O Acre vem evoluindo neste trabalho e precisamos seguir melhorando em todos os níveis”, comentou o presidente da Fade, João Renato Jácome.

Apresenta projeto

Durante o Seminário Internacional, a Fade apresentou o projeto Circuito de Mini Atletismo desenvolvido no Colégio Sigma no último dia 24.

“Mostramos um pouco das boas práticas adotadas no desporto escolar Acre. O Mini Atletismo, por exemplo, pode ser replicado em várias escolas pelo Brasil. Não é fácil fazer esporte na Amazônia, mas a meta é seguir superando as barreiras para criar oportunidades para os estudantes/atletas acreanos”, afirmou o dirigente.

Encontro importante

Durante o Seminário, João Renato Jácome se reuniu com o secretário de Esportes Ney Amorim e com o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), Antônio Hora Filho, com objetivo de fechar a parceria para os Jogos Escolares Brasileiros (Jeb´s) Sub-14.

“Vamos ter o Sub-14 em Recife, Pernambuco, e o nosso objetivo é ter o Estado como parceiro neste evento. A reunião foi bastante proveitosa”, declarou o presidente.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Feab vai abrir temporada 24 com mais uma Copa José Uyeno

Publicado

em

O presidente da Federação Acreana de Basquete (Feab), José Ivonaldo, confirmou para o mês de junho a abertura da temporada de 2024 com a realização de mais uma edição da Copa José Uyeno, um dos torneios mais tradicionais da modalidade.

“Fechamos a nossa programação e a ideia é termos equipes de todas as regiões do Estado na disputa da Copa. Nossa meta é abrir a temporada com um grande evento”, comentou o dirigente.

Mais dois torneios

Segundo José Ivonaldo, mais dois torneios estão programados, a Copa 3×3 e o Campeonato Estadual.

“O 3×3 vai classificar os campeões para o Regional em Manaus e o Estadual foi programado para agosto. Podemos acrescentar mais alguma competição, mas tudo vai depender da questão financeira”, explicou o presidente.

Comentários

Continue lendo

Cotidiano

Polícia Civil do Acre prende suspeito de assalto à mão armada em Rio Branco

Publicado

em

J.G.T., juntamente com dois comparsas ainda não identificados, abordou dois jovens em via pública, utilizando uma arma de fogo para subtrair pertences pessoais como carteira e smartphone.

No dia 13 deste mês, ele havia sido preso por receptação após ser flagrado com produtos provenientes de um furto em um grande comércio da capital

Assessoria/ PCAC

A Polícia Civil do Acre (PCAC), por meio da Delegacia de Combate a Roubos e Extorsões (DCORE), cumpriu na manhã desta segunda-feira, 27, um mandado de prisão preventiva contra J.G.T., expedido pelo Juízo da Vara de Delitos de Roubos e Extorsão da Comarca de Rio Branco. A decisão do magistrado baseou-se na gravidade do delito, com o objetivo de garantir a ordem pública

De acordo com o inquérito policial, J.G.T., juntamente com dois comparsas ainda não identificados, abordou dois jovens em via pública, utilizando uma arma de fogo para subtrair pertences pessoais como carteira e smartphone. O crime ocorreu na região do 2° distrito de Rio Branco.

A equipe de investigadores da DCORE monitorou o suspeito durante a manhã, conseguindo cumprir o mandado de prisão com sucesso. Este não foi o primeiro encontro de J.G.T. com a justiça. No dia 13 deste mês, ele havia sido preso por receptação após ser flagrado com produtos provenientes de um furto em um grande comércio da capital. Na ocasião, ele foi beneficiado com monitoramento eletrônico.

Com J.G.T. fora de circulação, os investigadores o apresentaram na sede da DCORE e, posteriormente, ele foi entregue à Delegacia de Flagrantes (DEFLA) para os procedimentos de praxe. O suspeito agora se encontra à disposição da Justiça e será submetido a audiência de custódia.

As investigações sobre o caso seguem em andamento, com a Polícia Civil trabalhando para identificar e prender os comparsas envolvidos no crime.

Comentários

Continue lendo