“Apagão financeiro”. Espera-se que com o retorno do presidente Nicolau Júnior, afastado após uma decisão do TRF1, o caso possa ser solucionado.

A empresa responsável pelo contrato, já está empenhada fazendo a migração de dados entre o sistema anterior e o atual, o qual requer uma checagem de dados para segurança das informações a serem transmitidas.
 Notícias da Hora

Um problema no sistema de envio da folha de pagamento da Assembleia Legislativa do Acre para a Caixa Econômica Federal deixou deputados, servidores e assessores no ‘apagão financeiro’. O pagamento que era para ter sido efetuado no último dia 20, sexta-feira, não aconteceu.

De acordo com o deputado Fagner Calegário, o caso nunca visto antes é um absurdo, isso porque a maioria dos servidores e assessores dependem exclusivamente dos proventos pagos pela Assembleia. Muitos deles com empréstimos bancários. Ou seja, juros sobre juros.

Nas redes sociais, o assunto tem sido motivo de chacota. O internauta Ismael Silva postou em sua rede o seguinte: “Deputados do Acre com salários atrasados…kkkkk…”, ironizou.

Oficialmente não se sabe o que causou o “apagão financeiro”. Espera-se que com o retorno do presidente Nicolau Júnior, afastado após uma decisão do TRF1, o caso possa ser solucionado.

COMUNICADO DA MESA DIRETORA DA ALEAC

Senhores servidores, deputados estaduais e terceirizados.

A Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), informa que foi efetuado um Contrato emergencial de folha de pagamento e sistema financeiro, que repassa ao banco o pagamento dos servidores da Casa, parlamentares e terceirizados.

A empresa responsável pelo contrato, já está empenhada fazendo a migração de dados entre o sistema anterior e o atual, o qual requer uma checagem de dados para segurança das informações a serem transmitidas.

Os servidores responsáveis pela área, assim como também a nova empresa tecnológica, estão atuando para que seja efetuado com urgência o pagamento do mês de novembro.

Comentários