fbpx
Conecte-se conosco

Flash

Prefeitura de Rio Branco apresenta Plano Operacional para eventuais alagações

Publicado

em

Todas as secretarias municipais estiveram presentes à apresentação (Foto: Evandro Derze / Assecom)

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Coordenação Municipal de Defesa Civil, apresentou nessa quarta-feira (25), o Plano Operacional de Defesa Civil para o ano de 2023. A iniciativa se prende ao fato de uma eventual, e até prevista, alagação na capital acreana. Para efeitos comparativos, no ano de 2021, a cota máxima atingida pelo Rio Acre foi de 15,8m, já em 2022, a cota máxima foi de 15,1m. Na manhã desta quinta-feira (26), o nível do Rio Acre é de 6,92m.

De acordo com o comandante da Defesa Civil Municipal, Ten Cel Cláudio Falcão, no ano de 2021, o alagamento ocorreu no dia 10 de fevereiro, já em 2022, em 17 de março. Falcão diz ser preocupante a possibilidade de uma nova enchente este ano. Para tal, a prefeitura, se antecipando a possíveis emergências, apresentou o plano de ações para 2023.

Estiveram presentes à apresentação do Plano, secretários e diretores de todas as secretarias municipais.

Na ocasião, o coordenador apresentou as respectivas ações para cada marca atingida pelo Rio Acre. A partir de 10m, a medição do nível da água começa a ser feita a cada 3 horas. Quando o rio atinge 11m, a Secretaria de Cuidados com a Cidade (SMCCI) realiza o serviço de limpeza do Parque de Exposições, para receber eventuais desabrigados.

Quando o nível chega a 12m, uma série de ações já começam a ser realizadas, por exemplo, a instalação de iluminação pública no Parque de Exposições, limpeza e desinfecção do espaço, instalação de banheiros químicos e o início da construção de abrigos.

Valtim: “Enchente traz dificuldades, principalmente para os mais humildes” (Foto: Evandro Derze/Assecom)

O secretário da Casa Civil, Valtim José, disse que uma possível enchente traz dificuldades para todos e que pede a Deus que não ocorra novamente neste ano.

“Eu estou pedindo a Deus todos os dias para que não haja alagação, porque ela traz diversas dificuldades para a nossa sociedade, principalmente aos mais humildes”, destacou.

Quando o nível da água atinge 12,5m, a Secretaria de Agropecuária (Seagro), monitora e presta apoio às comunidades rurais e ribeirinhas. Cada nível atingido pelo rio é minuciosamente planejado pela prefeitura, para que possíveis desabrigados possam passar por esse período tão difícil com dignidade. Quando a marca chega a 15,4m, é decretada situação de emergência.

Vale destacar que o modelo de abrigos humanizados, que a Prefeitura de Rio Branco construiu no Parque de Exposições em 2021, foi destaque nacional e serviu de modelo para todo o país.

Falcão: “A prefeitura foi destaque nacional em abrigamento” (Foto: Evandro Derze/Assecom)

Cláudio Falcão destacou a importância do planejamento para eventuais alagações.

“Não é apenas a Prefeitura de Rio Branco mantendo o seu padrão de atendimento, mas melhorando o padrão. A prefeitura foi destaque nacional em abrigamento, é importante para nós sabermos que atendemos bem as pessoas. E mais importante é cada secretaria saber o seu papel no momento de desastre, planejando antecipadamente para que todos saibam o que fazer, sob uma coordenação, nós temos vários gerenciamentos que competem as secretarias, mas elas precisam compreender que a coordenação de socorro e resposta é da defesa civil”, afirmou.

Comentários

Continue lendo

Flash

Vítima estável: Após ser ferido nas costelas, homem recebe atendimento no hospital regional do Alto Acre.

Publicado

em

Na madrugada deste domingo (16), um homem de 29 anos, identificado pelas iniciais A.A.M., deu entrada no hospital regional do Alto Acre, em Brasiléia, com um ferimento de arma branca (faca) nas costelas.

As circunstâncias exatas do incidente ainda estão sendo apuradas pelas autoridades policiais. O homem, que foi atingido no lado esquerdo das costelas, não forneceu informações detalhadas sobre o ocorrido ou sobre quem seria o autor do ataque.

O ferimento ocorreu após uma confusão envolvendo outras pessoas que estavam participando de um rodeio realizado no final de semana na parte alta da cidade. Após o evento, o grupo teria se deslocado para o bairro José Moreira, onde a agressão teria ocorrido.

A.A.M. está estável e em observação no hospital. Felizmente, a lâmina não atingiu seus pulmões por poucos milímetros, evitando uma lesão mais grave.

A polícia continua investigando o caso para identificar o autor do ataque e esclarecer os motivos que levaram à confusão. As autoridades estão coletando depoimentos e informações de possíveis testemunhas para avançar nas investigações.

Comentários

Continue lendo

Flash

Aliança controversa: PT e PP unem forças em Epitaciolândia, superando divergências ideológicas

Publicado

em

Foto: Luciano Tavares

Em uma reunião realizada na noite deste sábado (15) na Câmara Municipal de Epitaciolândia, representantes do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Progressistas (PP) decidiram unir forças para o pleito de outubro. A executiva do PT optou por retirar a pré-candidatura da professora Neide Lopes para apoiar a candidatura do PP.

A decisão foi tomada com a presença da executiva do PT, que reconheceu a falta de força política suficiente para eleger um candidato atualmente. O objetivo é unir o restante das forças políticas para obter um possível apoio no futuro a exemplo de Assis Brasil.

Apesar de o PT ser atualmente oposição ao governo do PP, que apoia o emedebista e ex-prefeito Alexandre Viana (ex-PT) na Capital, no interior do Acre, o partido tem buscado alianças que supostamente transcendem questões ideológicas em prol de um futuro mais forte politicamente. Lideranças do PP em Epitaciolândia descartaram qualquer possibilidade de indicação do PT para a chapa como vice.

“Estamos com nomes já quase pré-definidos para vice e, em breve, estaremos anunciando para nossos apoiadores”, afirmou José Menezes, líder do PP.

O pré-candidato Everton Soares, do PP, agradeceu o apoio do PT e destacou que a união é em prol do município de Epitaciolândia. “Agradecemos o apoio e reforçamos que nossa união visa o desenvolvimento e bem-estar da nossa cidade,” disse Soares.

A movimentação política em Epitaciolândia demonstra a complexidade e a flexibilidade das alianças, buscando sempre fortalecer as candidaturas e maximizar o impacto eleitoral.

Comentários

Continue lendo

Flash

Governador Gladson Cameli conduz comemoração dos 62 anos do Acre, que contou com entrega de homenagens

Publicado

em

Com a presença do governador Gladson Cameli, a solenidade em comemoração aos 62 anos do estado acreano recebeu autoridades e incluiu homenagens e honrarias durante uma vasta programação no fim da tarde deste sábado, 15, em Rio Branco, às margens do Rio Acre, que corta a capital.

A partir das 16h, teve início a solenidade de troca e hasteamento da bandeira acreana, seguida do receptivo das autoridades no Cine Teatro Recreio.

Governador do Acre liderou comemorações dos 62 anos do estado do Acre. Foto: Neto Lucena/Secom

A abertura contou com honras militares da Polícia Militar do Estado do Acre (PMAC) e do Corpo de Bombeiros Militar do Acre (CBMAC). Após o hino brasileiro e a leitura de um texto referente ao Acre, lido por Augusto Barreto da Silva, ex-aluno da escola Humberto Soares, ocorreu a substituição da bandeira ao som do hino acreano.

Um vídeo em homenagem a todos os acreanos, produzido pela Secretaria de Comunicação (Secom), foi exibido no telão.

Em seguida, a solenidade seguiu com a condecoração da Ordem da Estrela, que teve a leitura do Decreto N° 24 de 26 de fevereiro de 1976, seguido das condecorações, entrega da insígnia, leitura do currículo do agraciado, assinatura do Livro de investidura, fotos oficiais e pronunciamentos dos representantes do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), da Assembleia Legislativa, do prefeito de Rio Branco e do governador.

Homenagens

Um dos homenageados, in memorian, foi o artista acreano João Donato, que morreu em julho do ano passado. Ele recebeu a insígnia no Grau Comendador, representado pelo filho Donatinho.

“É com muito prazer que recebo essa homenagem, que é mais do que merecida. Acho que é muito legal essa iniciativa, porque só assim conseguimos dar destaque aos nossos artistas. Estou feliz de estar aqui neste ano em que João Donato faria 90 anos e espero em agosto estar novamente aqui para fazermos um grande tributo”, agradeceu.

Além de Donato, foram condecorados a desembargadora do Tribunal de Justiça do Estado do Acre (TJAC), Waldirene Oliveira da Cruz Lima Cordeiro, no Grau Grande Oficial, e o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Escolar (CBDE), Antônio Hora Filho, no Grau Comendador. Ambas as homenagens foram oficializadas pelos decretos nº 7.089-P e nº 7.090-P, respectivamente.

Evento contou com autoridades e homenagens. Foto: Neto Lucena/Secom

História de luta

O governador do Estado, Gladson Cameli, começou seu discurso declamando o início do hino acreano e destacando a história de luta e resiliência do estado acreano.

“O hino também fala sobre nós. Sobre o que cada acreano traz dentro de si. O primeiro valor é a nobreza de um coração que acolhe, respeita e partilha. Somos um povo que recebe de braços abertos, convive e aprende com as diferenças e mesmo quando tem pouco, sabe doar muito”, destacou.

O chefe de Estado também reforçou que tem levado como uma missão a gestão do Acre, pontuando que tem seguido com fé, ânimo e confiança. “Os nossos valores estão presentes hoje no brilho do olhar das nossas crianças, na sabedoria dos mais experientes, no empenho dos jovens que ainda tem muito a conquistar.”

Ao finalizar, reforçou a mensagem que tem levado como governador do Estado para o país e todo mundo ao dizer que o Acre deve estar sempre no topo, com as mesmas oportunidades e com os olhares voltados para a riqueza cultural do território.

“Para todo o resto lutaremos e conquistaremos, como fizemos ao longo da nossa história, porque a grandeza do Acre não é apenas uma vontade, é o nosso destino!”

Em entrevista à imprensa, ao ser questionado como tem sido estar à frente do Estado, Cameli disse que, apesar dos desafios, tem se mantido otimista com o progresso do Acre.

“Vou permanecer mantendo sempre o equilíbrio financeiro do Estado, gerando oportunidades de emprego e renda, sem esquecer da saúde financeira e olhando sempre para as pessoas. Esse é o grande desejo de um Estado aberto para todos. O Acre está no caminho de avanços, e isso são os números que mostram”, ressaltou.

Mais uma vez, o gestor reforçou a parceria com as prefeituras para o bem-estar de todas as cidades. “Eu digo sempre que o estado do Acre não pertence a um grupo político, pertence a todas as famílias, às pessoas, homens e mulheres que aqui vivem, que aqui nasceram, que aqui escolheram para viver e para trabalhar.”

População acompanhou desfile cívico em homenagem ao estado. Foto: Neto Lucena/Secom

Acreanos com orgulho

O público presente destacou a importância da solenidade para reforçar a história do estado e o patriotismo nos jovens que desfilam pelas escolas.

“Nosso filho é do Colégio Dom Pedro II e vai participar da solenidade do hasteamento da bandeira e viemos também prestigiar a solenidade. Este ato cívico deve ser reforçado todo o ano para que nossas crianças tenham conhecimento dessa história”, disse Paulo Araújo, que foi acompanhar a comemoração ao lado da esposa e da mãe.

Maria Auxiliadora Moraes faz questão de sempre estar presente nestes atos cívicos. “Hoje minha neta vai desfilar, mas sempre venho e faço questão de trazer meus netos também. São datas cívicas importantes que fazem nossos jovens entenderem a história do Acre”, pontuou.

João Boaventura foi acompanhar a filha que está na terceira série do ensino médio na escola Dom Pedro. “Sou acreano e essa data é importante para todos nós. É uma comemoração muito bonita, desde o fardamento e toda a programação”, disse.

O evento finalizou com um coquetel na Galeria Juvenal Antunes, que contou com a presença do governador e demais autoridades, além do show da banda de Cruzeiro do Sul, Garotos do Sótão.

Comentários

Continue lendo