Pranchas soltas estão oferecendo perigos aos condutores na ponte - Foto: Alexandre Lima
Pranchas soltas estão oferecendo perigos aos condutores na ponte – Foto: Alexandre Lima

Alexandre Lima, de Brasiléia/Acre

A falta de cumprimento da promessa de campanha por parte do governador Sebastião Viana (PT) 16 meses atrás, vem trazendo transtornos aos moradores de Brasiléia e Epitaciolândia, quando se refere a nova ponte que numa saiu do papel e apenas serviu para propaganda política durante o pleito eleitoral.

Já se perdeu as contas nas reformas, além do dinheiro gasto, que poderia ter feito um trabalho de recapeamento asfáltico de vergonha. Isso se pode ver atualmente com as ‘crateras’ que teimam em aparecer na velha ponte que liga os dois municípios.

Pranchas soltas batendo na lataria dos veículos - Foto: Alexandre Lima
Pranchas soltas batendo na lataria dos veículos – Foto: Alexandre Lima

Pelo o que se parece, o governador Sebastião Viana, vem cumprindo sua promessa de ‘virar as costas’ para sua cidade de origem, como fez após a maior enchente da história no mês de fevereiro passado, retirando todo o maquinário do Deracre em pleno período de calamidade, dizendo não ter dinheiro para ajudar os munícipes.

A ponte em questão, novamente está com sua estrutura asfáltica abalada com enormes rachaduras e buracos, colocando em risco os patrimônios e a vida dos transeuntes em seus veículos. Dias antes da alagação, já havia feito um trabalho de tapa-buracos que já foi embora.

Talvez o governo de Sebastião Viana tenha que ver novamente, pessoas sendo machucadas após cair nos buracos, e resolva fazer algo em relação ao descaso de sua administração na fronteira.

Buracos vem oferecendo perigo aos motoqueiros principalmente - Foto: Alexandre Lima
Buracos vem oferecendo perigo aos motoqueiros principalmente – Foto: Alexandre Lima

Caso nada seja feito, as carretas e caminhões que diariamente passam com combustível e alimentos oriundas do Peru e Bolívia, fiquem paradas prejudicando a tal economia de escoamento que de tanto falam e ninguém vê.

Aliado a esses problemas, os buracos vem causando transtornos como engarrafamento diários, com filas enormes que chegam próximo ao 10º Batalhão da Polícia Militar e Câmara Municipal de Brasiléia, levando os motoristas ter que esperar cerca de 20 minutos ou mais para passar e o semáforo já não dá mais conta e ninguém respeita.

Flagrante quando um veículo de pequeno porte caiu no buraco após passar um caminhão - Foto: Alexandre Lima
Flagrante quando um veículo de pequeno porte caiu no buraco e bateu sua dianteira após passar um caminhão – Foto: Alexandre Lima
Veículos de várias nacionalidades passam pela ponte - Foto: Alexandre Lima
Veículos de várias nacionalidades passam pela ponte – Foto: Alexandre Lima
Ponte José Augusto poderá fechar caso o governo do Acre não tome alguma atitude - Foto: Alexandre Lima
Ponte José Augusto poderá fechar caso o governo do Acre não tome alguma atitude – Foto: Alexandre Lima

 

Matérias relacionadas:

Sebastião anuncia obra de 12 milhões para nova ponte e isenção de comerciantes depende do TRE

Sebastião Viana virá à Brasiléia para isentar comerciantes e anunciar construção de nova ponte na fronteira

Após seis meses, governo coloca placas anunciando construção de ponte na fronteira

Comentários