A noite de quinta-feira (7), terminou com dois mortos e três feridos no Sapolandia. Segundo informações da polícia, aproximadamente 20 homens que supostamente pertencem ao Comando Vermelho, invadiram o bairro na tentativa de tomar o território dominado pela facção rival: Bonde dos 13.

A polícia esteve no local para acalmar a situação/Foto: reprodução

A primeira ação dos criminosos se deu na Rua Edmundo Pinto, onde o deficiente Cleuvis de Souza e Silva, de 33 anos, foi baleado com um tiro no tórax. Ele chegou a ser levado ao Pronto Socorro, mas morreu durante o atendimento.

Nesta mesma ocasião, um homem de identidade não divulgada foi levado amarrado pelos criminosos. Ele seria integrante do B13 e para não morrer, teria entregado a localização dos demais alvos que estariam em uma residência localizada na Rua Helio Melo. Ele foi liberado e os criminosos voltaram para uma nova invasão no bairro.

Um dos mortos/Foto: reprodução

A segunda ação se deu por volta das 21h30. A casa citada pelo refém foi localizada e lá, um dos alvos conseguiu fugir, outro foi baleado e José Magalhães da Silva, de 33 anos, assassinado com dois tiros. O ferido foi socorrido por uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel Urgência (Samu).

Três pessoas acabaram feridas/Foto: reprodução

Ainda nos relatórios da polícia, quando os criminosos estavam saindo do bairro por um beco, ainda balearam um terceiro homem, o estudante Eduardo Lima, de 24 anos. Este último também foi socorrido pelo Samu e encaminhado em estado estável, com um tiro no ombro para a Unidade de Pronto Atendimento (Upa), da Sobral. Os policiais se mantiveram na área realizando patrulhamento e a calmaria retornou no bairro por volta das 23h. Ninguém chegou a ser preso.

Comentários