fbpx
Conecte-se conosco

Esporte

Internacional e Atlético-GO empatam em partida válida pela 4ª rodada do Brasileirão

Publicado

em

No último domingo, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, o Internacional enfrentou o Atlético-GO no estádio Beira-Rio e ficou no empate em 1 a 1. O gol do Dragão foi marcado por Derek, enquanto Borré balançou as redes para o Colorado.

Com esse resultado, o Internacional conseguiu somar um ponto e subiu para a sexta posição na tabela, com sete pontos conquistados. Já o Atlético-GO alcançou seu primeiro ponto na competição e ocupa a 19ª colocação. Em liderança isolada, o Botafogo segue na ponta com nove pontos.

A próxima rodada reserva mais emoções para as equipes. Na quarta-feira, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil, o Internacional receberá o Juventude no Beira-Rio, às 21h30 (horário de Brasília). Enquanto isso, o Atlético-GO enfrentará o Brusque fora de casa, no mesmo dia, às 16h.

O gol do Atlético-GO veio aos 5 minutos do segundo tempo, com Derek aproveitando uma oportunidade após lançamento do goleiro. Apesar de ter sido inicialmente anulado, o VAR revisou a jogada e validou o tento, alegando que não houve participação irregular de Maguinho.

O Internacional conseguiu o empate aos 10 minutos da etapa complementar, com Borré finalizando um cruzamento preciso de Wesley. O resultado final de 1 a 1 refletiu a partida equilibrada entre as equipes.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 X 1 ATLÉTICO-GO

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 28/04/2024
Horário: 20h
Árbitro: Edina Alves Batista (Fifa-SP)
Assistentes: Neuza Ines Back (Fifa-SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (Fifa-SP)
VAR: Daiana Muniz
Cartões amarelos: Ronaldo Strada, Roni e Rhaldney (Atlético-GO)

Gols: Derek, aos 5 minutos do 2ºT (Atlético-GO); Borré, aos 10 minutos do segundo tempo (Internacional)

INTERNACIONAL: Rochet; Bustos (Matheus Dias), Vitão, Mercado e Renê; Thiago Maia (Fernando), Bruno Henrique (Gustavo Prado), Wesley e Maurício; Lucca (Lucas Alario) e Borré. Técnico: Eduardo Coudet

ATLÉTICO-GO: Ronaldo; Bruno Tubarão, Alix Vinicius, Adriano Martins e Guilherme Romão; Rhaldney, Roni e Shaylon; Maguinho (Max), Luiz Fernando (Alejo Cruz) e Emiliano Rodríguez (Derek). Técnico: Jair Ventura

Fonte: Esportes

Comentários

Continue lendo

Esporte

Red Bull Bragantino conquista vitória de virada na Sul-Americana

Publicado

em

Por

Em uma noite emocionante em Assunção, no Paraguai, o Red Bull Bragantino demonstrou garra e determinação ao vencer de virada o Sportivo Luqueño por 3 a 2, em uma partida válida pela quinta rodada da fase de grupos da Sul-Americana, nesta quinta-feira (16). O triunfo veio com destaque para Helinho, que balançou as redes duas vezes, e Lincoln, que marcou seu primeiro gol pelo clube.

Este resultado elevou o Bragantino a doze pontos, empatando com o Racing (ARG) em pontuação, mas mantendo-se na segunda colocação do grupo H devido ao saldo de gols superior da equipe argentina. A vitória mantém viva a esperança do Bragantino na busca pela liderança do grupo e uma vaga na próxima fase da competição.

Detalhes do Jogo

O Sportivo Luqueño saiu na frente com um gol de Marcelo Ferreira nos primeiros minutos, mas o Bragantino não demorou a responder. Helinho, após assistência de Ramires, empatou a partida com um belo chute de esquerda. Apesar de um novo gol do Luqueño por Leguizamón, o Bragantino mostrou superioridade no segundo tempo.

Lincoln, com uma cobrança de falta precisa, e novamente Helinho, com um chute de esquerda após assistência de Talisson, garantiram a virada e a vitória para o time brasileiro.

A vitória do Red Bull Bragantino sobre o Sportivo Luqueño destaca a capacidade de superação e o espírito de luta da equipe. Sob a liderança de Pedro Caixinha, o time mostrou coesão e habilidade para reverter um resultado adverso fora de casa, um fator crucial em competições internacionais.

O destaque individual fica para Helinho, cuja performance decisiva foi fundamental para o triunfo do Bragantino. A equipe agora se prepara para os próximos desafios, com o objetivo de continuar sua trajetória de sucesso tanto na Copa do Brasil quanto na Conmebol Sudamericana.

O Red Bull Bragantino segue firme em sua jornada, demonstrando que tem potencial para enfrentar adversidades e sair vitorioso, consolidando-se cada vez mais no cenário do futebol sul-americano.

Próximos Desafios

Com o Campeonato Brasileiro temporariamente paralisado, o foco do Red Bull Bragantino agora se volta para a Copa do Brasil. A equipe tem um compromisso marcado para terça-feira (21), às 19h30, no estádio Nabizão, onde enfrentará o Sousa (PB) no jogo de volta da terceira fase do torneio. O confronto anterior entre as duas equipes terminou em empate, 1 a 1, na Paraíba.

FICHA TÉCNICA

Sportivo Luqueño (PAR) 2 x 3 Red Bull Bragantino

Local: Defensores del Chaco – Assunção, Paraguai;
Árbitro: Augusto Aragon-EQU;
Assistentes: Cristian Lescano-EQU e Ricardo Baren-EQU;
Cartões amarelos: Fernando Benítez e Rúben Ríos (LUQ); Eduardo, Juninho Capixaba e Lincoln (Red Bull Bragantino);
Gols: Marcelo Ferreira, aos 3min e Leguizamón, aos 37min do 1ºT (LUQ); Helinho, aos 15min do 1ºT e aos 35min do 2ºT e Lincoln, aos 29min do 2ºT.

Sportivo Luqueño: Falcón; Otálvaro (Rodi Ferreira), Ledesma, Leguizamón e Diego Vera; Fernando Benítez, Rubén Ríos, Diego Fernández (Comas); Alegre (Maná), Fretes (Alexis Villalba) e Marcelo Ferreira (Alex Álvarez). Técnico: Júlio Cáceres.

Red Bull Bragantino: Cleiton; Nathan Mendes (Nacho Laquintana), Eduardo, Luan Cândido e Juninho Capixaba (Lucas Cunha); Matheus Fernandes (Talisson), Eric Ramires (Lucas Evangelista) e Gustavo Neves (Lincoln); Helinho, Thiago Borbas e Henry Mosquera. Técnico: Pedro Caixinha.

Fonte: Esportes

Comentários

Continue lendo

Esporte

São Paulo empata em 0 a 0 com Barcelona de Guayaquil na Libertadores

Publicado

em

Por

O São Paulo empatou nesta quinta-feira (16.05), em 0 a 0 com o Barcelona de Guayaquil, do Equador, no Estádio do Morumbis, pela penúltima rodada da fase de grupos da Copa Libertadores.

Com o resultado, o Tricolor segue na segunda colocação do Grupo B, com dez pontos, três a menos que o Talleres, e segue dependendo apenas de si para ir às oitavas de final como líder da chave.

A partida marcou o retorno de Lucas Moura aos gramados, após uma lesão na região posterior da perna esquerda. O camisa 7 foi acionado no segundo tempo por Luis Zubeldía, mas não conseguiu garantir a vitória ao São Paulo.

O jogo foi marcado por uma primeira etapa sem grandes oportunidades de gol, com o Barcelona de Guayaquil se defendendo bem e o São Paulo não encontrando espaços para criar jogadas perigosas. No segundo tempo, o Tricolor voltou mais determinado, mas não conseguiu converter as chances em gols.

André Silva teve duas boas oportunidades no primeiro tempo, mas não conseguiu marcar. Já no segundo tempo, Welington e Galoppo também tiveram chances, mas não converteram. O Barcelona de Guayaquil também teve oportunidades, com Corozo obrigando Rafael a fazer uma grande defesa.

O São Paulo teve um gol anulado aos 21 minutos do segundo tempo, quando Luciano cabeceou para o fundo das redes, mas estava em posição irregular. Nos minutos finais, Erick e Juan ainda criaram oportunidades, mas não converteram.

Com o resultado, o São Paulo segue dependendo apenas de si para ir às oitavas de final como líder da chave. O próximo compromisso do Tricolor é contra o Águia de Marabá, pela volta da terceira fase da Copa do Brasil, no dia 23 de maio. O último compromisso na Libertadores está marcado para o dia 29, contra o Talleres, também em casa.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 0 X 0 BARCELONA DE GUAYAQUIL – EQU

Local: Morumbis, em São Paulo
Data: 16 de maio de 2024, quinta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Kevin Ortega (PER)
Assistentes: Stephen Atoche (PER) e Jesus Sanchez (PER)
VAR: Heider Castro (COL)

Cartões amarelos: Igor Vinícius (São Paulo); Sosa, Solano, Trindade (Barcelona-EQU)

SÃO PAULO: Rafael; Igor Vinícius (Moreira), Arboleda, Alan Franco e Welington; Alisson, Galoppo (Juan) e Michel Araújo (Luiz Gustavo); Ferreirinha (Erick), Luciano e André Silva (Lucas). Técnico: Luis Zubeldía.

BARCELONA DE GUAYAQUIL: Burrai; Rangel, Ramírez, Sosa e Chalá; Arroyo (Souza), Trindade e Gaibor (Díaz); Rojas (Corozo), Preciado (Solano) e Fydriszewski (Obando). Técnico: Ariel Holan.

Fonte: Esportes

Comentários

Continue lendo

Esporte

Fluminense vence o Cerro Porteño e se classifica para as oitavas da Libertadores

Publicado

em

Por

O Fluminense venceu o Cerro Porteño-PAR por 2 a 1 nesta quinta-feira (16/05), no Maracanã, e está garantido nas oitavas de final da Conmebol Libertadores. Em partida válida pela quinta rodada da fase de grupos, Marcelo e Ganso foram os responsáveis pelos gols da vitória diante de mais de 42 mil tricolores.

Com o resultado, o Tricolor chegou a 11 pontos e garantiu a classificação como líder do Grupo A com uma rodada de antecedência. Na última partida da fase de classificação, o Fluminense enfrenta o Alianza Lima no dia 29/05, às 21h, novamente em casa.

A equipe comandada por Fernando Diniz volta a campo no dia 22/05 (quarta-feira), às 19h, quando enfrenta o Sampaio Corrêa no Maracanã, pelo segundo jogo da terceira fase da Copa do Brasil. Com a vitória por 2 a 0 no jogo de ida, o Tricolor possui vantagem de dois gols na disputa pela vaga nas oitavas da competição nacional.

PRIMEIRO TEMPO

O Fluminense iniciou a partida com postura ofensiva e criou a primeira chance logo aos 4 minutos. Jhon Arias carregou a bola pela direita até o fundo e cruzou na área para Germán Cano pegar de primeira e exigir grande defesa do goleiro. Aos 6, após lançamento na área, Antonio Carlos dominou de peito e bateu de bicicleta, mas a bola explodiu em Arias. Na sobra, Cano mandou para o fundo da rede, porém o gol foi anulado por impedimento. Aos 13, Marcelo recebeu na área, driblou o marcador e bateu cruzado. A bola esbarrou caprichosamente na parte interna da trave direita e entrou, tirando o zero do placar. Aos 18, Wílder Vieira marcou para o adversário e empatou a partida.

Aos 26 minutos, Cano aproveitou sobra de bola na lateral da área e bateu firme para defesa do goleiro. Na sequência, Arias fez grande jogada pelo meio e achou Keno. O atacante tentou o chute colocado e parou no goleiro. Aos 34, o colombiano cobrou falta pela esquerda, mas a bola subiu demais. Aos 42, Guga arriscou de fora da área, Cano desviou no meio do caminho e o goleiro fez a defesa no último lance de perigo da primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO

Aos 7 minutos, Arias achou Lima perto da linha de fundo, o meia cruzou e Marcelo bateu forte, mas a bola foi desviada e não chegou ao alvo. Aos 13, Guga levantou na área e Cano, de cabeça, mandou perto do gol. Aos 27, o lateral realizou novo cruzamento e, dessa vez, Ganso cabeceou para o fundo da rede, colocando o Fluminense novamente à frente no placar. Aos 39, Lima mandou uma bomba de longe e a bola saiu pela linha de fundo. O Tricolor ainda teve chance de ampliar nos acréscimos com Renato Augusto em cobrança de falta, mas a bola ficou na barreira.

FICHA TÉCNICA

Fluminense 2 x 1 Cerro Porteño

Conmebol Libertadores – 5ª rodada

16/05/2024, 19h – Maracanã

Gols: Marcelo (13´ 1T) e Ganso (27´ 2T) (FLU); Wílder Viera (18´1T) (CCP)
Cartões amarelos: Martinelli (FLU); Javier Báez, Ronaldo de Jesús e Piris da Motta (CCP)

Cartão vermelho: Javier Báez (CCP)
Arbitragem: Darío Herrera auxiliado por Cristián Navarro e Maximiliano del Yesso.

Fluminense: Fábio; Guga (Renato Augusto), Antonio Carlos, Martinelli e Marcelo; Alexsander, Lima, P.H. Ganso (Felipe Andrade); Jhon Arias, Keno (Isaac), Germán Cano (John Kennedy). Técnico: Fernando Diniz

Cerro Porteño: Jean; Alan Benitez, Javier Baez, Eduardo Brock e Santiago Arzamendia; Robert Piris Da Motta, Carrascal (Morel) e Wilder Viera (Gabriel Aguayo); Cecilio Domínguez (Ronaldo de Jesús), Juan Manuel Iturbe (Carrizo) e Diego Churín (Portillo). Técnico: Manolo Jiménez

Fonte: Esportes

Comentários

Continue lendo