Os paramédicos constataram que os sinais vitais do homem estavam em perfeito funcionamento

Os funcionários do motel, então, perceberam que o homem estava fingindo ter o infarto para sair do estabelecimento sem pagar pelo tempo de permanência
ITHAMAR SOUZA

Na noite deste sábado (1°), um homem tentou simular que estava tendo um infarto para não pagar a conta de um motel que fica localizado na Estrada do Apolônio Sales, no Bairro Apolônio Sales, em Rio Branco.

Segundo informações de testemunha, o homem estava acompanhado de uma mulher e, ao chegar no motel, foi direto até uma das suítes do estabelecimento, onde o casal passou cerca de duas horas.

Após esse tempo, o homem ligou para a recepção falando que estava passando mal. Os funcionários logo pensaram que se tratava de um infarto e acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A ambulância 01 foi enviada ao local, mas quando os paramédicos chegaram no motel, constataram que os sinais vitais do homem estavam em perfeito funcionamento e respondendo a todos os estímulos.

Os funcionários do motel, então, perceberam que o homem estava fingindo ter o infarto para sair do estabelecimento sem pagar pelo tempo de permanência, mas a artimanha não deu certo.

Ainda não há mais informações sobre o desfecho da história.

Comentários