fbpx
Conecte-se conosco

Acre

Falha no ConecteSUS deixa acreanos sem acesso a cartão de vacinação e afeta aplicação de doses contra Covid em Rio Branco

Publicado

em

PNI orienta que população aguarde normalização do aplicativo. Por conta do problema, quem precisa tomar segunda dose ou dose de reforça e perdeu a carteira não vai poder ser imunizado.

Por Iryá Rodrigues, g1 AC

Falha no ConecteSUS deixa acreanos sem acesso a cartão de vacinação e afeta aplicação de doses contra Covid em Rio Branco — Foto: Iryá Rodrigues/g1

O aplicativo e o site do ConecteSUS não estão disponíveis para a emissão do Certificado Nacional de Vacinação Covid-19, que é exigido para acessar órgãos públicos e outros estabelecimentos no Acre. Como no estado não há outra forma de emissão desse certificado, os acreanos que perderam a primeira via da carteira de vacinação estão sem acesso ao comprovante.

Além disso, aqueles que não têm mais a carteira de vacinação não vão ter como receber a segunda dose ou dose de reforço nesta sexta-feira (10) em Rio Branco, porque a equipe de saúde não tem como confirmar se a primeira dose foi aplicada. A informação foi confirmada ao g1 pela coordenadora do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde, Socorro Martins.

“Temos como fazer a aplicação de primeira dose e deixar registrado em papel para depois passar para o sistema. Mas, no caso da segunda dose e dose de reforço, a pessoa precisa levar a carteirinha de vacinação, para comprovar que recebeu a dose anterior”, afirmou Socorro.

A exigência da apresentação do cartão de vacinação contra a Covid-19 para acesso em órgãos e repartições públicas do Acre e eventos com mais de 100 pessoas passou a valer no último dia 29 no estado acreano, após publicação de decreto assinado pelo governador Gladson Cameli.

A coordenadora do Programa Nacional de Imunização do Acre (PNI), Renata Quiles, informou que não há outra forma de consulta aberta ao público e orientou que a população aguarde a normalização do aplicativo.

“O sistema para consulta de situação vacinal do cidadão está operando normalmente, mas este é interno e não é de acesso da população. Neste momento não tem outra forma de acesso [para a população], somente pelo Ministério [que está fora]. É preciso guardar o retorno do ConecteSus”, informou a coordenadora.

Ataque Hacker

Os relatos de usuários que não conseguiram acessar a plataforma nacional começaram a surgir pouco após um ataque hacker aos sites do Ministério da Saúde e do ConecteSUS. Nas duas páginas, os invasores escreveram que o portal sofreu um “ransomware” e que “50 TB de dados foram copiados e excluídos”.

Pouco antes das 7h, a mensagem não era mais exibida nos sites, mas eles continuavam inacessíveis.

Ransomware é um tipo de vírus que sequestra o conteúdo do computador da vítima e cobra um valor em dinheiro pelo resgate, geralmente usando a moeda virtual bitcoin, o que dificulta rastrear o criminoso.

Este tipo de “vírus sequestrador” age codificando os dados do sistema operacional de forma com que o usuário não tenha mais acesso.

O Lapsus$ Group assumiu a autoria do ataque cibernético ao deixar a mensagem “nos contate caso queiram o retorno dos dados” nas páginas dos sites que saíram do ar. Antes do fim da madrugada, a mensagem ficou intermitente até sumir dos dois portais.

Vacinação em Rio Branco

A Saúde de Rio Branco começa a aplicar a dose de reforço da Janssen a partir desta sexta-feira (10) nos moradores. A dose é disponibilizada apenas para quem tomou a primeira dose do grupo Johnson & Johnson.

As equipes de saúde atendem das 8h às 16h em 12 pontos de imunização. O morador precisa apresentar a carteirinha de vacinação comprovando que tomou a 1ª dose da Janssen.

Além da dose da Johnson, a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) continua disponibilizando a 1ª, 2ª e dose de reforço de outros imunizantes contra a Covid-19 nesta sexta.

A 1ª e 2ª dose é disponibilizada para pessoas com mais de 12 anos. Já a dose de reforço de outros laboratórios é aplicada em adultos acima dos 18 anos que tenham completado 5 meses desde a última dose e pessoas com baixa imunidade (imunossuprimidos).

 

Comentários

Continue lendo

Acre

Ufac retoma aulas nesta segunda (15) e redefine calendário acadêmico para o ano letivo de 2024

Publicado

em

O período de matrículas curriculares para alunos ingressantes ocorrerá de 11 a 14 de julho. Já os ajustes de matrículas para ingressantes e veteranos poderão ser feitos entre 16 e 19 de julho.

A pró-reitora atuou juntamente com o Núcleo de Registro e Controle Acadêmico (Nurca) para assegurar que todas as atividades acadêmicas previstas sejam cumpridas.

Com assessoria

As aulas dos cursos de graduação da Ufac são retomadas nesta próxima segunda-feira, 15, conforme decisão do Conselho Universitário (Consu) em reunião realizada na última terça-feira, 9. A reprogramação do calendário acadêmico da Ufac   foi necessária após o fim da greve dos docentes.

A pró-reitora de Graduação, Ednaceli Damasceno, explicou que essa reprogramação foi feita a partir de algumas diretrizes em comum acordo com os princípios encaminhados pela Associação dos Docentes da Universidade Federal do Acre (Adufac), entre eles o retorno das atividades acadêmicas da graduação com o cumprimento integral dos dias letivos e carga horária, mantendo os semestres com 108 dias letivos.

A pró-reitora atuou juntamente com o Núcleo de Registro e Controle Acadêmico (Nurca) para assegurar que todas as atividades acadêmicas previstas sejam cumpridas.

“A reposição dos dias em que as atividades foram suspensas, em razão da greve, será integral e presencial, sem atividades extraclasse, com flexibilização de anotação de frequência na primeira semana de aula e sem avaliações nos dias subsequentes ao retorno do semestre 2024.1”, disse Ednaceli.

Matrículas

Os alunos ingressantes terão um período adicional de oito dias letivos em comparação aos veteranos, pois os primeiros períodos não iniciaram as aulas junto com os veteranos. O período de matrículas curriculares para alunos ingressantes ocorrerá de 11 a 14 de julho. Já os ajustes de matrículas para ingressantes e veteranos poderão ser feitos entre 16 e 19 de julho.

A pró-reitora de Graduação destacou a importância de uma diretriz específica para que o retorno das aulas seja tranquilo e com possibilidade de revisar os conteúdos. “Nossa intenção é garantir a qualidade de aprendizagem aos nossos estudantes.” Ela também mencionou a importância da manutenção dos semestres integrais, com férias coletivas docentes ocorrendo apenas ao fim do semestre letivo 2024.2. “Essa foi uma conquista liderada pelos estudantes e apoiada por nossa gestão, pois entendemos que a interrupção das aulas no semestre não é uma prática pedagógica favorável ao processo de aprendizagem”, concluiu.

Encerramento das aulas

O semestre letivo 2024.1 será concluído no dia 12 de novembro, garantindo o cumprimento dos 108 dias letivos necessários. Para os ingressantes, o período contará com 116 dias, devido ao período adicional, terminando dia 23 de novembro.

https://www.ufac.br/site/noticias/2024/ufac-retoma-aulas-em-15-07-apos-redefinicao-do-calendario-academico/CalendrioAcadmicoReprogramao2024.pdf

Comentários

Continue lendo

Acre

Em todo estado, PF já deflagrou mais de 10 operações contra abuso e pornografia infantil em 2024

Publicado

em

Levantamento feito pela Polícia Federal, mostra que, pelo menos, 14 operações contra estes tipos de crimes já foram deflagradas em 2024. Em Rio Branco, 11 operações foram feitas pela PF e as outras três foram no município de Epitaciolândia.

Levantamento da PF, apenas em quatro meses de 2024, foram deflagradas oito operações relacionadas ao abuso sexual infanto-juvenil no Acre, que representa mais que o dobro das operações deflagradas em 2023

Os crimes de estupro de vulnerável, estupro e armazenamento de conteúdo de pornografia infantojuvenil têm sido alvos de diversas operações da Polícia Federal no estado do Acre.

No último dia 21 de junho, a Polícia Federal deflagrou a Operação Aquila II em Epitaciolândia. A ação resultou na execução de um mandado de busca e apreensão, com o objetivo de combater crimes de compartilhamento de material contendo abuso sexual infantojuvenil. Durante a operação, uma pessoa foi presa em flagrante.

Em menos de 24 horas, no começo de julho de 2024, duas operações foram deflagradas no estado, sendo a Operação Praesidium em Rio Branco e outra foi a Operação Aquila III, que resultou na prisão em flagrante de um homem boliviano em Epitaciolândia, pelos crimes de compartilhamento e armazenamento de material contendo imagens de abuso sexual infantojuvenil.

Um levantamento feito pela Polícia Federal, mostra que, pelo menos, 14 operações contra estes tipos de crimes já foram deflagradas em 2024. Em Rio Branco, 11 operações foram feitas pela PF e as outras três foram no município de Epitaciolândia.

Os números são apenas do primeiro semestre de 2024. Até maio, de acordo com outro levantamento da PF, apenas em quatro meses de 2024, foram deflagradas oito operações relacionadas ao abuso sexual infanto-juvenil no Acre, que representa mais que o dobro das operações deflagradas em 2023, que foram apenas três. Dos mandados judiciais cumpridos até maio de 2024, três pessoas foram presas em flagrante, segundo o delegado da Polícia Federal, Kennedy Barbosa.

Relembre algumas operações de 2024

Em 30 de janeiro, a Operação Alcateia foi deflagrada pela PF, com objetivo de combater o armazenamento de conteúdo pornográfico infantojuvenil. Nesta operação, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão em Rio Branco.

Em 13 de março, em Rio Branco e Cruzeiro do Sul, a PF deflagrou as operações Maverick e S.O.S Kids, com objetivo de reprimir a posse, compartilhamento e comercialização de imagens com conteúdo de abuso sexual infantojuvenil pela internet. Na operação, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão.

No dia 21 do mesmo mês, a PF deflagrou a operação Anônimo, com o mesmo objetivo, sendo cumprido um mandado de busca e apreensão em Rio Branco. Além disso, um homem foi preso em flagrante por armazenar arquivos de abuso sexual infantojuvenil no celular.

No final de março, no dia 27, a Polícia Federal deflagrou uma operação nacional, chamada Share, com 59 mandados de busca e apreensão expedidos. No Acre, 1 mandado foi cumprido na operação.

No mês de abril, no dia 11, a PF deflagrou mais uma operação em Rio Branco. A Operação User Hacker tinha como objetivo reprimir o abuso sexual infantojuvenil pela internet, dando cumprimento a mandado de prisão preventiva e outro de busca e apreensão. Além disso, um mandado de prisão também foi cumprido e o alvo da operação foi preso em flagrante por armazenamento de conteúdo pornográfico infantojuvenil.

Já no dia 24, também em Rio Branco, a PF deflagrou a Operação Videochamada, com o mesmo objetivo de combater a produção, compartilhamento e armazenamento de conteúdo de abuso sexual infantojuvenil. Participaram da ação seis policiais federais, que deram cumprimento a um mandado de busca e apreensão.

Em 16 de maio, a Operação Short Net foi deflagrada pela Polícia Federal para combater o armazenamento e divulgação de conteúdo de abuso sexual infantojuvenil. Foi cumprido um mandado de busca e apreensão na cidade de Rio Branco e durante a ação o investigado foi preso em flagrante por armazenar e disponibilizar conteúdo de abuso sexual infantojuvenil.

No final de maio, no dia 30, a Polícia Federal apreendeu um grande volume de arquivos contendo imagens de abuso sexual infantojuvenil durante a Operação Aquila, em Epitaciolândia. A ação era voltada ao combate da divulgação de crimes de violência sexual contra menores por meio da internet.

No mês de junho, uma pessoa foi presa durante a Operação Asfixia, no dia 6. Além do mandado de prisão preventiva, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão na cidade de Rio Branco.

Já no dia 20, a PF deflagrou a Operação Escudo em Rio Branco, com o objetivo de coibir o compartilahmento de conteúdo de abuso sexual infantojuvenil pela internet, dando cumprimento a mandado de busca e apreensão. No dia seguinte, 21 de junho, a PF deflagrou a Operação Aquila II, em Epitaciolândia. A ação resultou no cumprimento de um mandado de busca e apreensão, desencadeada com o objetivo de combater crimes de compartilhamento de material contendo abuso sexual infantojuvenil e uma pessoa foi presa em flagrante.

Comentários

Continue lendo

Acre

Apostador de Epitaciolândia está entre os que acertaram na quadra da Mega-Sena e faturam no sorteio

Publicado

em

Cada um levou R$ 1.619,97 para casa por ter acertado quatro das seis dezenas sorteadas

O sorteio da Mega-Sena 2748, que daria um prêmio de R$14.674.301, acumulou mais uma vez, com nenhuma pessoa acertando as seis dezenas sorteadas.

“A premiação acumulada agora totaliza R$ 21 milhões. No entanto, um montante menor chegou ao Acre, onde cinco sortudos acertaram a quadra e dividiram mais de R$8 mil. Os prêmios foram distribuídos entre os municípios de Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia e Rio Branco, cada um recebendo R$1.619,97.”

Outros 2.906 também acertaram a quadra ao redor do país, embolsando o mesmo valor das acreanos. Já a quina foi acertada e 41 apostas, com cada um levando mais de R$ 80 mil de premiação.

Os números sorteados foram 19 – 32 – 43 – 46 – 50 – 52

Comentários

Continue lendo