fbpx
Conecte-se conosco

Flash

Em Tribuna Popular, Câmara debate sobre pessoas em situação de rua

Publicado

em

Atendendo a requerimento do senhor José Janes Gomes da Silva, vulgo Peteca, a Câmara Municipal de Rio Branco realizou na terça-feira, 12, uma Tribuna Popular no qual debateu sobre as pessoas em situação de Rua na capital acreana. O requerente integra o Movimento Nacional de Pessoas em Situação de Rua do Acre.

Na ocasião, o parlamento recebeu ainda os senhores Rudson Nunes, Daniel Segundo e André Vitor, todos do Comitê Estadual do Movimento de Pessoas em Situação de Rua.

Janes destacou a reunião ocorrida com o ministro dos Direitos Humanos, onde debate-se sobre o tema em questão. “É uma problemática em todo Brasil e precisa ser resolvida. Se o governo federal não mandar esse recurso não vai adiantar nada e esse número só vai aumentar”, disse ao pontuar ainda que o trabalho desenvolvido pelo movimento ajuda o governo e prefeitura. “Hoje, cerca de 600 pessoas encontram-se em situação de rua. É muita gente, portanto, então o governo federal precisa se alinhar com o estadual.

E acrescentiu: “essas pessoas querem dignidade, um emprego, renda, trabalho e moradia. Nem todos são bandidos, precisamos separar o joio do trigo. Algumas pessoas estão na rua, mas tem seu trabalho, como é o caso da dona Maria que está no Terminal Urbano vendendo jujuba. A casa dela foi tomada pela alagação e mora de aluguel e vive em situação de rua e todo mundo pensa que essas pessoas usam drogas.

Janes reforça a importância do trabalho em conjunto entre governo e prefeitura. “Se o governo não fizer a parte dele não vai adiantar. A Prefeitura de Rio Branco tem feito seu papel mais do que o Estado”, disse ao lembrar que o município distribui café da manhã, além de possuir um abrigo.

“Lá eles podem almoçar, jantar, dormir, mas capacidade é do máximo 30 pessoas. Temos muito o que avançar e para isso ocorrer precisamos ampliar esse debate. Se não tivermos ajuda do governo federal, estadual e a prefeitura, sairemos de 600 pessoas em situação de rua para 1.500, por que todos os dias cresce”, disse.

Representando o comitê Estadual do Movimento de Pessoas em Situação de Rua, Daniel Segundo, disse: “precisamos, de fato e de direito, de políticas públicas voltadas a todos as áreas que tratam sobre pessoas, especialmente as que vivem em situações de rua. Essas pessoas também são dignas, portanto, debatemos o auxílio do Estado, no sentido de elaborar mais políticas públicas voltadas as pessoas em situação de rua.

Comentários

Flash

Manhã, tarde e noite. Em trabalho intenso prefeitura de Epitaciolândia realiza limpeza em locais atingidos pela alagação para o retorno das familias

Publicado

em

Uma triste realidade, muitos estragos, casas arrancadas pelas aguas da cheia, pontes destruídas e muito entulho para ser retirado, porem nada disso é maior do que disposição do prefeito Sérgio Lopes e toda a sua equipe.

Uma verdadeira operação de guerra está montada para realocar todas as famílias de forma segura em suas casas, equipe de todos os setores e voluntários estão fazendo a limpeza das ruas e pontes para garantir a trafegabilidade de carros, motocicletas e pedestres.

O prefeito Sérgio Lopes junto com sua equipe está trabalhando para realojar todas as famílias que já tem condições seguras para voltarem para suas casas, é um trabalho árduo e intenso que atravessa do dia e entra pela noite, os atendimentos acontecem simultaneamente na zona urbana e rural.

Durante todo o dia, equipes coordenadas pelos parceiros PC Gesse e o vereador Rosimar Menezes atenderam 12 famílias atingidas pela cheia no Ramal da Filipinas. Foram fornecidos água potável, alimentos e kits de limpeza.

Aqui na cidade, as equipes juntamente com a defesa civil fizeram diversas vistorias, e outras continua na limpeza das ruas, enquanto um batalhão de mulheres prepara os alimentos que são servidos três vezes por dia ás pessoas que ainda estão nos abrigos e as que já estão em suas casas ainda se restabelecendo.

Segundo o prefeito o trabalho não para, enquanto tiver uma família que for precisando de ajuda, a prefeitura vai estar lá para dar total apoio.

“ Muito obrigado a todas as pessoas que estão enfrentando, juntamente comigo, essa situação difícil, mas são guerreiros e guerreiras valentes que não se abatem em nenhum momento. Quando chego em casa depois de um dia exaustivo de trabalho, porém, lembro de cada um de vocês fico emocionado, minhas forças se renovam e agradeço a Deus pela vida de cada um. Por ter colocado ao meu lado pessoas maravilhosas! Muito obrigado! Deus continue abençoando a todos nós e respectivas famílias. ” Disse o prefeito em postagem no grupo de apoio as pessoas desalojadas.

 

Comentários

Continue lendo

Flash

Após vistoria técnica, Deracre autoriza liberação da ponte que liga os municípios Epitaciolândia e Brasileia

Publicado

em

A pedido do governador Gladson Cameli, a equipe técnica do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre) realizou, nesta sexta-feira, 1º, uma inspeção técnica na Ponte José Augusto, que liga os municípios Brasileia e Epitaciolândia.

A pedido do governador Gladson Cameli, a equipe técnica do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre) realizou, nesta sexta-feira, 1º, uma inspeção técnica na Ponte José Augusto, que liga os municípios Brasileia e Epitaciolândia.

O anúncio da liberação foi feito na presença da prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem, e do prefeito de Epitaciolândia, Sérgio Lopes. A liberação da ponte vai tirar Brasileia do isolamento.

Brasileia sai do isolamento terrestre. Foto: Marcos Vicentti/Secom

Comentários

Continue lendo

Flash

Animais de famílias desalojadas recebem assistência veterinária da Prefeitura de Epitaciolândia

Publicado

em

A secretaria Municipal de Saúde de Epitaciolândia por meio do Setor de Vigilância Sanitária, está fazendo serviços de vacinação antirrábica   dos animais das famílias que estão desalojadas em abrigos.

Segundo o Veterinário responsável é imprescindível esse acompanhamento para garantir a saúde desses animais.

“A equipe de Vigilância Sanitária está mobilizada para prestar assistência aos animais que estão nos abrigos temporários, confirmando o compromisso da prefeitura em cuidar também da saúde e bem-estar dos pets do Município. Prestamos assistência veterinária, e através de doações e parcerias estamos fornecemos ração, vacina antirrábica e levamos orientação quanto aos cuidados necessários neste momento tão sensível em que o contexto familiar encontra-se fragilizado”, explicou Dr. Luiz médico veterinário da prefeitura.

Além disso, é feito o acompanhamento das condições de cada animal, orientações sobre a higiene apropriada para cada pet, qualidade da água, comportamento e o tipo de ração adequado para cada raça.

Comentários

Continue lendo






Em alta