Tudo não passou de um susto. Francisco das Chagas de Abreu Souza, o “Chaguinha”, um amigo dele e um primo, que foram dados como desaparecidos depois de não retornarem de uma caçada na última quinta-feira, do seringal Guajará, no igarapé Colombo, afluente do rio Muru, região de difícil acesso em Tarauacá, estavam na casa de um morador do seringal.

Como eles não haviam retornado até esta segunda-feira, 05, à cidade, a família acionou o Corpo de Bombeiros, que se deslocou ao local indicado com o objetivo de encontrá-los.

Uma foto enviada à redação de ac24horas mostra os caçadores juntos com homens do Corpo de Bombeiros visivelmente bem.

Comentários