A droga após a sua preparação, iria render aproximadamente 150 papelotes de Crack

Joanira foi conduzia ao hospital de Xapuri para exames e foi encontrado cocaína dentro de sua vagina
Joanira foi conduzia ao hospital de Xapuri para exames e foi encontrado cocaína dentro de sua vagina

Alexandre Lima

Uma operação realizada pela polícia da cidade de Xapuri, sob a coordenação do delegado Sérgio Lopes e do investigador Eurico Feitosa, os agentes civis abordaram um taxi que tinha a cidade como destino final.

As investigações davam conta que um casal estaria levando entorpecentes com a finalidade de serem comercializados na cidade. Bastante conhecido no sub mundo do crime, depois de espera que durou por horas na BR 317, para o veículo com o casal Joanira Souza de Lima e de seu companheiro, Sebastião de Souza Brito, vulgo ‘Negão’.

foram quase 110 gramas de cloridrato de cocaína escondidos dentro da vagina da mulher
foram quase 110 gramas de cloridrato de cocaína escondidos dentro da vagina da mulher

Ambos passaram por uma intensa revista e desconfiaram que a mulher poderia estar transportando droga nas partes íntimas. O casal foi conduzido para o hospital da cidade e Joanira passaria pelo procedimento para a retirada do entorpecente caso houvesse.

Vendo que seria descoberta, a mulher passou a agredir os profissionais da saúde no hospital, sendo necessário a intervenção e uso da força para imobilizar até a retirada do que estava dentro da suspeita.

Foi constatado que havia embalado dentro de uma camisinha, várias pedras de cloridrato de cocaína que seriam comercializadas na cidade de Xapuri. A droga após a sua preparação, iria render aproximadamente 150 papelotes de Crack.

No momento da confusão dentro do hospital, Sebastião aproveitou um descuido e fugiu tomando rumo ignorado, mas seria questão de horas para prende-lo. Joanira recebeu voz de prisão por tráfico de droga e associação ao tráfico de entorpecentes.

No momento que Joanira estava sendo conduzida, a mesma tentava agredir os investigadores com chutes e pontapés. O casal já vinha sendo investigado pelo investigador Eurico Feitosa e sua equipe por estarem vendendo droga em uma boca de fumo, localizada  no bairro do laranjal e a outra, na rua da Cerâmica, as duas na cidade de Xapuri.

Mulher deu trabalho e tentou agredir os agentes quando era colocada dentro da viatura
Mulher deu trabalho e tentou agredir os agentes quando era colocada dentro da viatura
DSC01465
Joanira vinha sendo investigada juntamente com seu companheiro que fugiu

Comentários