Os policiais foram informados que Raimundo estava preso na penitenciária José Mário Alves da Silva, o Urso Branco, onde responde pelos crimes de furto, roubo e receptação.

Com rondoniagora

Após seis meses de intensas investigações, policiais da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Porto Velho identificaram e localizaram o apenado Raimundo A. A. F., 35 anos, acusado de ter estuprado uma criança de 9 anos na manhã do dia 14 desde fevereiro deste ano.

_________________

O criminoso se passou por um amigo da mãe da vítima e levou a criança da Escola Municipal Estela Compasso, localizada no Bairro Marcos Freire, na Zona Leste da Capital.

_________________

Durante as investigações, os policiais descobriram a real identidade do autor do crime praticado contra a criança, já que ele estava sendo procurado pela Polícia através de um retrato falado, divulgado no dia 28 de fevereiro, no mesmo mês em que aconteceu o crime.

Com as informações, os investigadores iniciaram as diligências e chegaram até o endereço do criminoso. Os policiais foram informados que Raimundo estava preso na penitenciária José Mário Alves da Silva, o Urso Branco, onde responde pelos crimes de furto, roubo e receptação.

Na quarta-feira (5), os policiais se deslocaram até o presídio para ouvir Raimundo, que confessou o crime, mas alegou teria apenas falado palavras pornográficas para a criança. Ele chegou a ficar de frente com a mãe da vítima e pediu perdão.

A vítima reconheceu Raimundo como o autor do crime. Agora, ele será indiciado pelo crime de estupro de vulnerável. Após passar por exames no Instituto Médico Legal (IML), o apenado será encaminhado para o presídio, onde permanecerá à disposição da justiça.

Investigações

A mãe da criança relatou que a filha foi abordada pelo criminoso assim que ela chegou na escola. “Ele começou a fazer perguntas íntimas para minha filha, disse pra ela que era meu amigo, que estava me devendo um dinheiro e que eu o teria mandado busca-la na escola”, disse.

Mesmo desconfiada, a criança acabou indo com o criminoso. No meio do trajeto, o homem, que estava em uma motocicleta Honda Biz, de cor vinho, mudou o caminho e levou a menina para uma casa abandonada, no Bairro Porto Cristo.

No local, o criminoso começou a fazer várias perguntas para a vítima e passou a mão nas partes intimas da criança. Nesse momento, a menina começou a chorar e pedir para ir embora.

Como a criança não parava de chorar e pedia para ir embora, o homem acabou levando-a de volta para a escola e fugiu. Questionada pela professora por que estava chegando atrasada na aula, a vítima relatou o ocorrido e a Polícia Militar foi acionada.

Câmeras de segurança registraram parte do percurso do estuprador com a vítima na garupa da motocicleta. As imagens também registraram o momento em que o criminoso chega à escola e sai com a criança disfarçadamente.

Comentários