O furto de um aparelho de telefone celular levou três indivíduos ao xadrez na tarde deste sábado, 7, em Xapuri.

João Alves Pereira, 36 anos, conhecido na cidade alcunha de “Lombriga”, é, segundo a polícia local, um conhecido especialista na arte da “mão leve”.

Aproveitando-se da situação de estar prestando serviços braçais em uma residência localizada na região central da cidade, Lombriga foi flagrado por uma câmera de monitoramento roubando o aparelho de telefone celular da proprietária.

Acionada pela vítima, que é mãe de um policial militar, a viatura de plantão logo avistou o suspeito tentando se evadir com o produto do roubo. Preso, Lombriga apontou dois cúmplices no crime.

Mário Jorge Gonzaga da Conceição, 38, e Wislley Ferreira de Lima, 20, que possui passagens pela polícia por tráfico e porte ilegal de arma, foram apontados por Lombriga como responsáveis pela receptação do roubo em troca de três “paradas” de maconha.

Encontrados pela polícia, os dois partícipes confessaram o crime e receberam voz de prisão. Junto com Lombriga, foram conduzidos à Delegacia Geral de Polícia de Xapuri para os procedimentos e costume.

Veja o  vídeo:

Comentários