Alexandre Lima

O governo do Acre, através da Secretaria de Segurança Pública, está mobilizando um grande efetivo para fiscalizar a BR 317 até a fronteira com o Peru. Isso acontece devido a visita do Papa Francisco ao país vizinho e que mobilizou um grande levante de fiéis cristãos que desejam acompanhar o pontífice durante sua visita na América do Sul.

Major Samir, da equipe aérea do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER).

A equipe aérea do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAER), sob o comando do Major Samir, está com base provisória no 5º Batalhão dos Bombeiros do Alto Acre, na cidade de Epitaciolândia, para dar apoio à eventuais sinistros que possam acontecer até este sábado, dia 20, quando irá acontecer o retorno dos brasileiros pela BR 317.

Papa Francisco irá visitar três cidades no Peru: Sexta-feira, 19, o dia começa bem cedo, com o encontro com as autoridades, a sociedade civil e o corpo diplomático, seguido da visita de cortesia ao presidente do país. Às 10h, depois de 2 horas de voo, um dos eventos mais aguardados da viagem: o encontro no Coliseu Regional Madre de Dios com os povos da Amazônia, na cidade fronteiriça de Puerto Maldonado e com a população local, além de uma visita à casa infantil Principito. Retornando a Lima, Francisco terá um encontro privado com os membros da Companhia de Jesus na Igreja de São Pedro, último compromisso do dia.

Sábado, 20 de janeiro: Trujillo

Sábado, 20 de janeiro, Francisco faz outro voo, de 1h30, até a cidade de Trujillo, onde preside a missa na esplanada costeira de Huanchaco, faz uma volta em papamóvel pelo bairro “Buenos Aires” e visita a Catedral. Estão previstos ainda um encontro com os sacerdotes, religiosos e seminaristas no Colégio Seminário SS. Carlos y Marcelo e uma celebração mariana na Praça das Armas, antes de retornar para a capital.

Domingo, 21 de janeiro: Lima

Domingo,21, último dia da viagem, o Papa rezará a oração da Hora Média com religiosas de vida contemplativa no Santuário do Senhor dos Milagres  na catedral de Lima, fará uma oração junto às relíquias dos santos peruanos. No final da manhã terá um encontro com os bispos no Palácio Arquiepiscopal e rezará o Angelus na Praça das Armas. O almoço com a comitiva será na Nunciatura.

À tarde, a última missa do Papa no Peru, na Base Aérea “Las Palmas”, de onde segue para o aeroporto e parte para Roma. A chegada está prevista para segunda-feira, 22 de janeiro, no aeroporto romano de Ciampino.

Comentários