Vereadores caminharam pela BR 317, sentido Assis Brasil e viram 'in-loco' as condições da mesma - Foto: Assessoria
Vereadores caminharam pela BR 317, sentido Assis Brasil e viram ‘in-loco’ as condições da mesma – Foto: Assessoria

Da Assessoria

Na manhã desta quinta-feira (21) o Presidente da Câmara Municipal de Brasiléia, Mário Jorge (SOLIDARIEDADE), juntamente com os vereadores Marquinhos (PSDB) e Marivaldo (PMDB) estiveram visitando a BR 317 sentido Brasiléia-Assis Brasil, e constatando aquilo que já sabem e sentem todos que trafegam por ali. No momento em que os vereadores estiveram no local, o fluxo de carros estava bastante alto, e com isso, puderam ver de perto o real transtorno que está sendo para os motoristas de carros de pequeno e grande porte.

A BR 317 é uma rodovia muito importante, uma das principais do Estado do ACRE, pois esta dá acesso ao PACIFICO. Recentemente pudemos observar várias obras com o intuito de consertá-la, contudo observamos o fracasso total, não sabemos bem o porquê. Vimos que ela foi toda recoberta por uma fina camada de brita eventualmente misturada com asfalto, dando uma boa impressão de rodovia “nova” porém em poucas semanas já pudemos vislumbrar a aplicação do dinheiro público, constatando a falácia deste asfalto já com buracos, trechos perigosos para os transeuntes, buracos que forçam desvios, e a inexistência do asfalto nos trechos a partir do km 38 sentido Assis Brasil, pondo em risco a vida de quem por lá trafega constantemente.

As principais reclamações são vindas dos que precisam da BR para viver, como os motoristas de táxis - Foto: Assessoria
As principais reclamações são vindas dos que precisam da BR para viver, como os motoristas de táxis – Foto: Assessoria

Está um verdadeiro descaso com a aplicação dos tão altos impostos pagos pela população acreana, buracos e mais buracos é o que encontramos nestes percursos de nossas estradas, em especial a BR 317. Precisa-se saber das verbas destinadas ao DNIT, considerando que este é o órgão responsável para manter nossas estradas em condições de trafegabilidade. Qual o motivo de ser tão frágil estes recapeamentos, será se está sendo realmente empregado a tecnologia necessária e os materiais que são pagos pelos nossos impostos estão sendo realmente utilizados? Pela sua precariedade nos parece que não, que alguma coisa, por algum motivo, deixou de ser feito de forma devida.

Em consequência de tudo isso que está acontecendo com a BR 317 sentido Brasiléia – Assis Brasil, os vereadores que lá estiveram, estarão tomando as medidas necessárias e recorrendo as autoridade responsáveis para que seja resolvido esse caos o mais rápido possível, deixando bem claro que será responsabilizado quem realmente deveria já ter feito os trabalhos de melhorias na BR 317.

VEJA RECLAMAÇÃO DE UM MORADOR DA CIDADE DE ASSIS BRASIL ABAIXO.

Comentários