Um frentista escapou de ser atropelado por um carro por questão de segundos. A tentativa de homicídio ocorreu no último dia 21, em um posto de combustíveis, localizado no Bairro São Francisco.

O frentista estava sentado numa cadeira quando o acusado, que dirigia um carro, tentou matá-lo atropelado. O criminoso ainda fez uma segunda tentativa, mas a vítima conseguiu escapar correndo em volta da bomba de gasolina.

Toda ação criminosa foi registrada pelo circuito de câmeras da empresa. O acusado do crime, que não teve o nome revelado, foi preso durante o final de semana pela polícia civil.

O delegado Nilton Boscaro, responsável pela investigação, disse que após o registro da ocorrência, a polícia conseguiu localizar o acusado. “Com base nas provas colhidas representamos pela prisão do suspeito e, a justiça decretou a prisão preventiva”, disse o Delegado.

Consta no inquérito que o acusado queria manter um relacionamento com a ex-mulher da vítima. Mas como a jovem disse que ainda tinha esperança em retomar o casamento com o frentista, o motorista do carro decidiu matá-lo.

A Polícia Civil acredita que o crime foi premeditado.


Comentários