Dados apontam que a situação das internações nas UTIs COVID tem diminuído no Acre

“Passamos o período do pico da doença, dificilmente nos meses seguintes teremos elevação dos casos, mas precisamos nos cuidar, usar máscaras sempre, porque senão, vamos ver muita gente morrer antes da chegada da vacina”
SAIMO MARTINS

O médico infectologista e deputado estadual Jenilson Leite (PSB), fez um alerta nesta segunda-feira (31) sobre a necessidade dos acreanos em manter os cuidados necessários para evitar o contágio da Covid-19. Segundo ele, caso isso não ocorra, muitos acreanos podem morrer antes da vacina chega ao Acre.

O infectologista que está atuando na linha de frente do pandemia, destacou que conforme os gráficos e os boletins epidemiológico, a situação das internações nas UTIs COVID tem diminuído. Além disso, o pico de novos casos e óbitos está em queda. “Passamos o período do pico da doença, dificilmente nos meses seguintes teremos elevação dos casos, mas precisamos nos cuidar, usar máscaras sempre, porque senão, vamos ver muita gente morrer antes da chegada da vacina”, explicou.

Jenilson ponderou que o governo Gladson Cameli não tem medido esforços para garantir uma melhor qualidade de vida aos acreanos. “A partir de agora, o governo mesmo precisa ter como principal bandeira de luta contra a covid-19, conseguir a vacina para o estado do Acre tão logo que ela esteja disponível”, salientou.

Comentários